Início » Negócios » Mercado Livre lança Itaucard com anuidade grátis, cashback e NFC

Mercado Livre lança Itaucard com anuidade grátis, cashback e NFC

Mercado Livre tem cartão de crédito internacional sem anuidade para concorrer com Nubank; cashback é de até 10%

Felipe Ventura Por

O Mercado Livre está lançando um cartão de crédito para concorrer com o Nubank: ele tem anuidade zero e cashback, no qual você recebe de volta até 10% do valor das compras feitas nas lojas oficiais da plataforma de e-commerce. Trata-se de um Itaucard Visa internacional que você pode usar em vários estabelecimentos no Brasil e no exterior; é possível pagar por aproximação graças ao NFC integrado.

Você pode solicitar um cartão neste site do Mercado Livre. Ele será liberado inicialmente para clientes pré-aprovados que receberam o convite do ML por e-mail. Os demais pedidos serão analisados a partir de julho.

Para solicitar o cartão, você insere alguns dados pessoais como data de nascimento, renda mensal e nome da mãe. Será possível escolher a data de vencimento da fatura. Então, você precisará confirmar seu endereço físico e número de celular. Feito isso, você será avisado por e-mail se o pedido for aprovado; o Mercado Livre vai ligar caso precise de mais informações.

O cartão tem NFC integrado, então permite realizar pagamentos contactless, apenas aproximando o plástico da maquininha. Para valores abaixo de R$ 50, não é necessário digitar senha. Este é o primeiro Itaucard com NFC.

Os gastos são controlados através de “um aplicativo criado especialmente para o cartão Mercado Livre” (deve ser uma versão do app para o Itaucard). Ele permite criar um cartão virtual que pode ser usado em apenas uma compra, ou recorrentes; além de fazer bloqueio temporário do plástico.

O atendimento ao cliente é realizado via chat no aplicativo do cartão de crédito. Se você tiver algum problema ou quiser cancelar, pode ligar para o SAC 24 horas ou para a ouvidoria.

Mercado Livre - cartão de crédito

Cashback e benefícios do Mercado Pontos e Itaucard

O programa de cashback é realizado pelo Mercado Livre e Visa: a cada compra online de pelo menos R$ 100 nas 970 lojas oficiais do ML, o cliente recebe um crédito equivalente a 10% da compra, limitado a R$ 50 por vez. O valor aparece na fatura do cartão. O regulamento diz que esta promoção vale até abril de 2020.

Além disso, as compras no Mercado Livre permitem ganhar benefícios do programa Mercado Pontos: você recebe 10 pontos ao solicitar o cartão; 20 pontos na primeira compra no site; e mais 50 pontos a cada R$ 1.000 gastos no ML.

É possível realizar parcelamento em até 15 vezes sem juros. Você também receberá os benefícios do Itaucard, como 50% de desconto em cinemas e teatros; e da Visa, como seguro para compras e serviços de viagem (para cartões Gold).

Tela de solicitação do cartão de crédito do Mercado Livre:

Mercado Livre - cartão de crédito

Anuidade e tarifas do cartão de crédito Mercado Livre Visa

Quanto à anuidade, o site do Mercado Livre diz: “É grátis, sério! Sem anuidade nem custo de renovação. Você solicita e recebe seu cartão sem pagar nada”.

O contrato menciona dois tipos de anuidade, uma para “Cartão Básico” e outra para “Cartão Diferenciado”, e diz que essa tarifa poderá ser cobrada após a adesão, sem mencionar valores. No entanto, um trecho explica que, “para os cartões que não tem incidência da tarifa de anuidade, essa cobrança não se aplica”.

O Nubank é mais direto em garantir a anuidade gratuita: “na Função Crédito… o Emissor não cobrará tarifas relacionadas à anuidade do Cartão, 2a via de Cartão, retirada de recursos (saque) na Função Crédito, ou avaliação emergencial de Crédito”.

No cartão do Mercado Livre, você estará sujeito às seguintes tarifas:

  • saque no país: R$ 12 por retirada
  • saque no exterior: R$ 22 por retirada
  • avaliação emergencial de crédito (caso contratado): R$ 18,90 por ocorrência, limitada a uma vez por mês
  • aviso SMS (caso contratado): R$ 5,50 por mês
  • 2ª via do cartão de crédito: R$ 9,90 por ocorrência
  • 2ª via de comprovante e documentos: R$ 3 por cópia

O Mercado Livre teve prejuízo em 2018, mas tomou diversas medidas para reverter a situação: pedidos abaixo de R$ 120 pagam taxa fixa de R$ 5, além da comissão de 11% (anúncio Clássico) ou 16% (anúncios Premium); e o frete grátis é oferecido com menos frequência. Um cartão de crédito que estimula compras na plataforma também deve ajudar.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Baio-kun

Mas falando sério, vendedor que flooda a plataforma com anuncios iguais, e ainda categorizados nas tags erradas merece levar prejuizo. Chega a dar raiva procurar algum produto lá.

Alexandre Marx

Quero não, gracias, thanks, Obrigado! Ah! No Itaú jamais terá almoço grátis,e só não te cobra ao passar pela porta giratória pq não pode...

Thiago Mocci

Alguém sabe se esse cartão tem limite "transferível" entre outros cartões Itaucard, como da Netshoes, da própria Itaucard, do Pão de Açucar ou é igual o Magazine Luiza que não dá pra transferir o saldo?

Thiago Mocci

O contrato é padrão Itaucard pra todos os cartões. No final ele sugere que existem cartões sem anuidade e portanto a tarifa não se aplica, é este o caso.

João

Vc q devia seguir esse conselho. Ficar com medo de um mero cartão em pleno 2019 é engraçado.

Mercadolivre é rei dos reis com relação a mudanças de regras. nem a pau que ficarei sujeito a isso.

Felipe Xavier

Eu não sei por que sempre comparam com o Nubank. Ele já deixou há muito de ser o rei dos cartões sem anuidade.
A fidelização do Nubank agora se dá pelo excelente atendimento que tem.

Harry Specter

Sai da bolha querido.

Moisés Lima

Interessante. O cartão do Méliuz é bem parecido. Iniciaram a propaganda dizendo que era "sem anuidade". Porém li o contrato um pouco e percebi que posteriormente poderá ser cobrado um valor mensal, se não me engano, pelo cartão. Então assim, um belo dia a "conta" chega rs

Marcelo

Mas olha só... vc vai parecer bacanudo encostando um celular na maquina do cartão...
Isso que é importante... rsss

Guilherme da Silva Manso

Hoje em dia, eles estão piores que a grande maioria dos cartões. Nem o app, que era o trunfo deles, presta mais. Uma bagunça: cada funcionalidade parece um app diferente enfiado dentro de outro.

Guilherme da Silva Manso

Perfeito. Já posso reclamar com o Nubank. É o cartão que menos uso atualmente. O mais atrasado no app e o menos inovador.

Guilherme da Silva Manso

Já era para ter se tornado padrão em todos os bancos.

Guilherme da Silva Manso

Sim, sempre digitar o valor antes, selecionar Crédito ou Débito, e só depois inserir ou cartão ou usar o NFC/MST.
Eu já instrui uma dezena de operadores com isso. Estou vendo as pessoas cada vez mais acostumadas a fazer assim.

João

Difícil é criar máquina do tempo, cancelar um cartão é fácil.

Exibir mais comentários