Início » Negócios » Yellow e Grin chegam a 10 milhões de viagens de bicicleta e patinete

Yellow e Grin chegam a 10 milhões de viagens de bicicleta e patinete

Grow, fusão entre Grin e Yellow, atua em 23 cidades da América Latina; são 5 milhões de usuários, 1,5 milhão deles em São Paulo

Por
27/06/2019 às 18h25

A Grow, que resultou da fusão entre as empresas de micromobilidade Grin e Yellow, registrou 10 milhões de viagens de patinetes elétricos e bicicletas compartilhadas no Brasil e em mais 6 países da América Latina, informa o TechCrunch. Ela atua em 23 cidades, e vem enfrentando desafios com a regulamentação da atividade em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Yellow - bicicleta elétrica

A Grin começou a operar há cerca de um ano no México. Ela realizou uma fusão com a Ride, startup brasileira de patinetes, em 2018; e se fundiu com a Yellow no início deste ano.

No total, a Grow atua em sete países da América Latina: Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Peru, Colômbia e México. São cerca de dois mil funcionários em toda a região, dos quais 1,4 mil estão em cidades brasileiras: a maioria deles trabalha nas ruas recolhendo os veículos. No escritório central, recém-inaugurado em São Paulo, há 322 empregados.

Grin e Yellow registraram 2,7 milhões de viagens nos últimos seis meses. Elas possuem uma frota de 135 mil bicicletas e patinetes elétricos; o plano é dobrar esse número nos próximos meses, segundo a Exame.

mapa grin yellow

Mapa de atuação da Grin e Yellow

Grin e Yellow lidam com regulamentação no Brasil

A Grow atende 5 milhões de usuários na América Latina; destes, 1,5 milhão estão em São Paulo. Por isso, a empresa precisa ficar atenta à regulamentação de patinetes e bicicletas na capital paulista: a prefeitura apreendeu 1.067 patinetes e está cobrando multa de quase R$ 915 mil para devolvê-los.

Enquanto isso, no Rio de Janeiro, um projeto de lei pedia que usuários de patinete elétrico tivessem autorização do Detran ou carteira de motorista. O deputado estadual Alexandre Knoploch (PSL) pediu ao governador Wilson Witzel (PSC) para vetar o PL após a repercussão negativa.

Em breve, a Grow terá uma nova concorrente: a americana Lime vai oferecer seus serviços de patinete elétrico em São Paulo e no Rio de Janeiro nas próximas semanas. Buenos Aires (Argentina) e Lima (Peru) também serão contempladas. A empresa já realizou um total de 65 milhões de viagens.

Com informações: TechCrunch.

Tecnocast 120 – Patinetes e a regulamentação

A micromobilidade chegou para ficar, mas vem causando algumas polêmicas. O Rio de Janeiro, por exemplo, quase aprovou um projeto de lei que exigia que o condutor fizesse uma prova do Detran (!!!) para andar com os patinetes. Já em São Paulo, a prefeitura recolheu os modais das ruas e cobrou multas altíssimas das empresas.

Conforme os dispositivos se popularizam, fica clara a necessidade de criar algum tipo de norma, até para aumentar a segurança dos usuários. Mas qual seria o caminho mais sensato? Dá o play e vem com a gente!