Início » Jogos » Nintendo sugere que Switch Online terá jogos do SNES e outros consoles

Nintendo sugere que Switch Online terá jogos do SNES e outros consoles

Empresa já tem experiência com jogos retrô de outros consoles com o Virtual Console

Por
28/06/2019 às 18h10

Shuntaro Furukawa, presidente da Nintendo, afirmou que a Big N estuda a possibilidade de levar mais plataformas para o pacote de jogos retrô que são liberados na assinatura do Switch Online. O pronunciamento aconteceu durante reunião com os acionistas da empresa japonesa e reacendeu os rumores de jogos do Super Nintendo no console híbrido.

Atualmente a assinatura do Switch Online, serviço que permite a jogatina pela rede, saves na nuvem e que oferece 41 jogos do Nintendinho (NES) para download sem custos extras – com mais jogos adicionados a cada mês. Em janeiro foram encontradas evidências de que 22 games do Super Nintendo (SNES) estavam listados para chegarem ao mesmo serviço.

“Neste momento não podemos dar novas informações sobre o futuro do hardware Classic, mas estamos pensando em prover uma extensão do serviço online que atualmente está fornecendo jogos do Famicon (NES fora do Japão), assim como outros métodos de fornecimento,” comentou Furukawa durante a reunião após ser questionado sobre novos consoles Classic – que hoje contam com o Nintendinho e o Super Nintendo nas lojas.

A Nintendo já teve uma plataforma de jogos retrô chamada Virtual Console, onde a emulação é feita nativamente no Wii, Wii U e no portátil 3DS. As plataformas que estavam disponíveis incluiam o Nintendinho, Super Nintendo, Game Boy, Game Boy Color, Nintendo 64, Game Boy Advance e Nintendo DS do lado da própria Nintendo.

Outras empresas também entraram neste mercado online, como Master System e Mega Drive da Sega, TurboGrafx-16 da NEC e o Neo Geo AES da SNK. Alguns países específicos também receberam jogos do Commodore 64 e do MSX. Jogos da SNK já estão disponíveis na eShop para o Switch, mas em modo de compra e não estão vinculados com a assinatura do Nintendo Switch Online.

Com informações: CNET.