Início » Celular » LG G8S ThinQ é o G8 que provavelmente teremos aqui

LG G8S ThinQ é o G8 que provavelmente teremos aqui

G8S ThinQ tem mesmo processador do smartphone G8, mas deixa alguns recursos de fora e tem câmeras inferiores

Paulo Higa Por

Enquanto o G8 ThinQ não desembarca no Brasil, a LG apresentou nesta terça-feira (2) mais informações do G8S ThinQ, um celular topo de linha que continua trazendo processador Snapdragon 855, tela grande e câmera frontal com sensor ToF (time of flight), mas deixa alguns recursos de fora para ser vendido por um preço mais competitivo em mercados como a América Latina.

LG G8S ThinQ

O G8S ThinQ já havia sido divulgado em fevereiro. Não se trata de um novo G5 SE, com processador inferior: a LG manteve o chip octa-core mais poderoso da Qualcomm, os 6 GB de RAM e o armazenamento interno de 128 GB — mas adicionou uma opção mais acessível de 64 GB. Já a capacidade da bateria aumentou de 3.500 mAh para 3.550 mAh.

E no que ele perde em relação ao G8 ThinQ, então? Primeiro, na tela OLED: ela aumenta de 6,1 para 6,2 polegadas, mas diminui a resolução para Full HD+ (2248×1080 pixels) em vez do Quad HD+ do aparelho mais caro. Depois, nas câmeras, que possuem sensores menores e lentes com aberturas mais fechadas, o que deve impactar nas fotos noturnas.

A LG também eliminou algumas funcionalidades. O Boombox Speaker, que vibra a tela OLED para emitir som estéreo e graves mais potentes, saiu de cena, assim como os microfones com reconhecimento de voz à distância e o Quad DAC Hi-Fi de 32 bits para dar conta de fones de ouvido de alta qualidade.

LG G8S ThinQ

Um dos recursos que a LG destaca é a Z Camera, que se baseia em um sensor de tempo de voo (ToF) para oferecer reconhecimento por biometria de forma mais precisa. Além da leitura facial em 3D, a LG afirma que o componente é capaz de ler sua mão com o Hand ID, que “escaneia o padrão circulatório exclusivo de um usuário com luz infravermelha, tornando o desbloqueio no escuro tão preciso quanto durante o dia”.

Segundo a fabricante, o reconhecimento da palma da mão é mais seguro que o de digitais, que também está presente no aparelho. Outra utilidade para o sensor é o Air Motion, que ajuda os usuários a controlarem o smartphone por meio de gestos. Ideal para quem está dirigindo, ele permite atender ou encerrar ligações, fazer capturas de tela, trocar de aplicativo e aumentar ou reduzir o volume.

O preço do G8S ThinQ ainda não foi divulgado. Ele estará disponível “a partir deste mês em mercados selecionados na Europa, América Latina, África, Oriente Médio e outros”, segundo a LG. Nos Estados Unidos, o irmão mais completo, G8 ThinQ, foi lançado por US$ 849, ligeiramente menos caro que o concorrente Samsung Galaxy S10 (US$ 899).

LG G8S ThinQ – ficha técnica:

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 855 octa-core
  • Tela: OLED de 6,2 polegadas com resolução de 2248×1080 pixels (proporção 18,7:9)
  • Memória: 6 GB de RAM e 64 ou 128 GB de armazenamento interno
  • Câmeras:
    • Traseiras: 13 megapixels ultrawide (f/2,4, campo de visão de 137 graus), 12 megapixels (f/1,8, campo de visão de 78 graus) e 12 megapixels telefoto (campo de visão de 48 graus, f/2,6 — boo!)
    • Frontal: 8 megapixels (f/1,9, campo de visão de 80 graus) e Z Camera (ToF)
  • Bateria: 3.550 mAh
  • Dimensões: 155,3 x 76,6 x 8 mm
  • Peso: 181 gramas
  • Sistema operacional: Android 9.0 Pie
  • Conectividade: 3G, 4G, Wi-Fi 802.11a/b/g/n/ac, Bluetooth 5.0, NFC e USB-C 3.1

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alan Bouillet

LG G8s não perde o IP68

Alan Bouillet

Se nesse país cobram 3000 reais num pocophone,não duvido que ele não chegue mais de 4500 reais

Alan Bouillet

Notch desse formato só se popularizou na metade de 2018

Carlos Eduardo

O povo reclama que é o mesmo desing do G7, a powa da Apple passou 3 a 4 anos com o mesmo desing e ninguém reclama.
Também reclamam de preços alto.
O note 9 chegou custando até 4500$, 5000$ e hoje ta de 2700.
O LG G6 era para ser lançado com snap 835, mais ouve uns problema com a Samsung e fudeu o role da LG.
Também vem reclamar que a LG não tem cell bom o cara ta usando um K8 que pagou 800$ parcelado e ainda quer quê rode pubg.
Olha o v40 que delícia de cell.
Superior ate o note 9 em recurso de gravação.

Maicon Bruisma

Exato, não é superior em câmera, nem tela, provavelmente nem desempenho, nem design nem construção ou som. É um intermediário premium, algo visto hoje em dia, como o Mi9 SE, que tem tudo bom exceto o processador intermediário

só pela spec sim, concordo, mas tem sempre mais do que só isso né..

Brotherhood of HUE

A LG parece que quer morrer mesmo no mercado...ela até que tem bons smartphones, mas essa "nerfada" nos specs e com um preço próximo ao S10, fica difícil dela subir o marketshare da linha G.

Antony

Daqui há um ano será uma ótima compra

Felipe Liʍa

Daqui a 8 meses quem sabe

rmcrys

+1

Aqui na Europa a LG não faz nada mais que lançar celulares a um preço muito Premium com ecrãs e câmaras muito "intermediárias" e normalmente CPU da geração anterior. Um DAC ou som superiores são "pormenores" que muito poucos procuram, já que um qualquer celular Premium com bons phones tem um som muito bom.

rmcrys

Os recursos que vocês perdem não são importantes, com exceção das câmaras, aí sim a LG não deveria ter poupado ou então, com estas câmaras inferiores, baixado muito o preço para se distanciar do S10. Sendo o preço tão próximo do S10, eu iria para o Samsung. A LG tem pouco mercado e não faz nada para ser competitiva: o celular não deverá custar mais que uns 200-250$ em fabricar e os preços estão altos, perdendo mercado. Mas eles é que sabem...

Carlin

A LG continua apresentando aparelhos que não condizem com o selo "premium" que ela teima em dar para alguns dos seus! Esse telefone definitivamente se encaixa na categoria "top de entrada", que no fim não passa de um "SUPER INTERMEDIÁRIO". Mais uma vez a LG apresentando aparelhos que no fim a impressão que fica é que são ultrapassados!

Rod

Esse notch é tão 2017.

Jairo ☠️

Pelas specs vale.

Maicon Bruisma

Eu não chamaria de perfumaria a parte do som ou das câmeras. É um mercado competitivo. Claro, dizem que ele custará 650 dólares, e aí compete com o S10e que já está por 700 ou menos lá fora. Se é superior ao aparelho da Samsung? Provavelmente não. Principalmente pq o modelo base da linha S10 mantém as principais câmeras dos aparelhos mais caros, continua a prova d'água e com som estéreo.

Exibir mais comentários