Início » Negócios » EUA mandam Facebook interromper lançamento de criptomoeda Libra

EUA mandam Facebook interromper lançamento de criptomoeda Libra

Representantes querem analisar riscos do Libra à segurança nacional e ao mercado financeiro global

Paulo Higa Por

Não será tão fácil implantar o Libra: o Facebook deverá enfrentar problemas regulatórios na China e na Índia, onde as criptomoedas são banidas, e também terá que se explicar em sua própria casa. Na terça-feira (2), os representantes na Câmara dos Estados Unidos pediram que o Facebook suspenda imediatamente o lançamento do Libra até que eles analisem os riscos da moeda digital à economia.

Libra, a criptomoeda do Facebook

Na carta enviada ao Facebook, o comitê de serviços financeiros da Câmara, liderado pelos democratas, declara que “como o Facebook já está nas mãos de mais de um quarto da população mundial, é necessário que o Facebook e seus parceiros imediatamente cessem os planos de implementação até que os reguladores e o Congresso tenham a oportunidade de examinar essas questões e tomar medidas”.

Os representantes dizem que os investidores e consumidores que utilizarem o Libra “podem estar expostos a sérios problemas de privacidade e segurança nacional, riscos de cibersegurança e riscos de negociação”. O receio é de que falhas de segurança ou regulações impróprias possam ameaçar a estabilidade do sistema financeiro dos Estados Unidos e do mundo.

O documento ressalta que os riscos do Libra são evidentes porque o histórico do Facebook em proteção de dados não é bom — os representantes lembram o caso da Cambridge Analytica, que obteve acesso a informações de mais de 50 milhões de usuários para influenciar nas eleições. Além disso, o próprio Facebook revelou que, entre janeiro e março de 2019, removeu mais de 2 bilhões de contas falsas.

O Facebook afirma que as regras do Libra serão definidas pela Associação Libra, que é formada por cerca de 30 empresas, incluindo Visa, Mastercard, PayPal, Mercado Pago, Spotify, Uber e a Calibra — uma subsidiária do Facebook para oferecer serviços financeiros. A rede social diz que não terá acesso a dados financeiros dos usuários, e que as transações não serão utilizadas para melhorar a precisão dos anúncios.

Tecnocast 121 - Libra, a criptomoeda do Facebook


Se o Facebook fosse um banco, você confiaria o seu dinheiro a ele? E se houvesse uma moeda digital mundial, controlada por uma associação de mais de 100 empresas e ONGs, você usaria? No Tecnocast de hoje falamos sobre o Libra, a criptomoeda do Facebook.

O objetivo da Libra Association é lançar uma moeda digital baseada em blockchain, mas sem a volatilidade do bitcoin. Se o projeto vingar e a moeda for adotada em massa, a Libra Association se tornaria uma espécie de banco central mundial, controlado por diversas empresas privadas e ONGs.

A ideia é um pouco assustadora, mas a gente explica tudo nesse episódio do Tecnocast. Dá o play e vem com a gente!

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe
Criptomoeda do Facebook do Google da Microsoft do Telegram e da Amazon todas competindo num futuro próximo loucura talvez
André Dias
Você não quer prova sobre o que comentei, você quer provar que está certo.Mais um exemplo típico do “contra argumentos não há fatos”.Sem ideologia comigo rapaz.Inté!
André Dias
Típica resposta de preguiçoso que não vê 5 metros à frente. Só vê o que interessa.Acorda brother, não sou teu empregado não.
Dayman Novaes
Pensa no seguinte:bitcoinExiste instituição que a regula? Então pronto, basta um contra exemplo para provar que o seu "esquema de sociedade" não é necessário.
André Dias
Ah brother, pesquisa vai. Tá na história.
André Dias
Óbvio que não garante tudo.Mas garante que o mercado todo não seja contaminado e quebre de uma vez.Seja menos superficial.
Marcos Trausi
Bem-vindos a nação Facebook, aqui você compra e vende com toda comodidade sem sair de casa pois aqui é o seu mundo ...
Bruno Sousa
Sim, eu sei que você estava sendo sarcástico. Por isso eu disse que você admitiu implicitamente que livre mercado é algo bom.Ah, outra coisa. O Brasil é muitas vezes mais interventor que os Estados Unidos.No último ranking mundial de liberdade econômica, os Estados Unidos ficaram no 18º lugar, categoria de países majoritariamente livres, e o Brasil ficou no 153º lugar, categoria de países majoritariamente não livres.https://especiais.gazetadop...
Qohen Leth
Q?
Omar
Eu estava sendo sarcástico. O país que seria um exemplo de livre mercado é muitas vezes mais interventor que o Brasil.
Hemerson Silva
Só lembrando que foi uma crise causada e mantida pelo Estado, essa de 2008 pode colocar um ciclo vicioso antes da bolha .com. Se ele não "keynesianasse" na economia, esses ciclos de boom e bust não ocorreriam.
Rodrigo Gomes
São dois pontos bem interessantes nessa discussão. 1 - O Estado não deveria de meter na economia dessa forma. Isso afeta o livre comércio e isso nunca é bom. 2 - Imagina o poder que o Facebook terá com a base de usuários que eles já possuem, o acesso aos dados, gostos, costumes, comportamento e etc dessa base, e, além disso, o "controle" do dinheiro dessas pessoas também. É algo a se considerar.
Qohen Leth
Onde a economia é 100% desatrelada do Estado?RELEIA o que eu escrevi!EU ESTAVA SENDO IRÔNICO, DEMONHO!Pensei que a última frase tivesse deixado isto bem claro... acho que terei que exagerar mais ainda para vocês entenderem. ;)
Qohen Leth
Eu? Ancap?Pô, pode me chamar de tudo menos de ancap.Não sou aborrescente! :(
Neves
Geração Y odeia o Facebook mais não larga o Instagram e WhatsApp. Ou seja..o mesmo
David Lana
Esse Qohen é o típico ancap retardado que não entende um caralho de economia e cai no papo furado de influenciadores digitais que deve rachar de rir quando veem alguém reproduzindo as asneiras deles por aí 🤣
Stanley
O pessoal se encanta com a desvinculação virtual da economia do estado que esquece o próprio fundamento da economia moderna, ligada sim ao passado-base e a materialidade (por mais que hoje não seja atrelada aos metais, sempre haverá uma substância, nem que seja o próximo homem). O Estado vai SEMPRE regular a economia, pois ele tem as ARMAS, as LEIS, e aplica os IMPOSTOS. Controla a ENERGIA. O dia que a Matrix ao avesso vencer isso, vai ser louco de ver. Por enquanto, cuidado quando cair na toca do coelho. Lá o chão só é chão enquanto vc acreditar que ele existe.
Luiz Henrique
Impressão minha ou estamos caminhando pra um futuro tipo Mr. Robot com Evil Corp e tudo mais?
Matheus Alexandre
Todo estatista é um comunista de roupa, então são tudo cornos sim kkkkkkkkkkk
Lairton Gomes
Kkk
junior
Só eu que fico preocupado por ser o FACEBOOK por trás disso tudo? Além do Facebook praticamente controlar nossas vidas e dominar a internet de um modo muito tóxico. Agora quer entrar na economia? Não entendo quase nada de economia mas uma empresa dessa que usa os dados dos usuários como moeda de troca, praticamente inventar "o novo Bitcoin" não seria perigoso?
André Dias
Assunto complexo.Legal ler os comentários. Divertido...rs
André Dias
Sim, até o teu patrão - caso você seja funcionário - ou seus clientes - caso seja empreendedor, não tiverem dinheiro para te pagar porque o Facebook quebrou, aí você vai correr para onde?Pro “governo que não garante nada?”, corre pro seguro desemprego sem contribuir em nada de seus impostos porque tudo tá em Libra?
Felipe Costa Gualberto
Não, amigo. Nada pode ser pior que o governo controlando emissão de moeda e economia via banco central, nem mesmo uma organização privada com as empresas porcas capitalistas mais vorazes do mundo.
Alexandre Roberto
Pense da seguinte forma:O que aconteceria se de um dia para o outro o banco do brasil quebrasse e não houvesse mais um único centavo para se movimentar...Nenhuma entidade (pobre, rico, empresa, orgão governamental, ONG) teria mais um único centavo para comprar algo ou pagar algo (inclua seu salário nisso)Quem não quebrar na hora, corre sacar seu dinheiro dos outros bancos...e esses quebram por não terem liquidez para esse montante todo que é depositado nelesE em 2 ou 3 dias, vc tem uma economia inteira quebrada e sem chance de salvação....o que se passa hoje na Venezuela seria fichinhaO modelo financeiro de todo mundo (inclua os países de economia socialista) se baseia nessa instituição "banco"...seja ele pulverizado e aberto ou concentrado em um único banco estatal
Marcos William Ferretti
Já assistiu la casa de papel? O estado sempre imprimi papel moeda quando lhe convém, gerando inflação e roubando o dinheiro da grande massa. As criptos descentralizadas (bitcoin) são uma alternativa para se libertar disso. Porem não apoio a libra, ela é centralizada. O bitcoin representa a verdadeira liberdade financeira, não possui dono.
Dayman Novaes
injetar dinheiro kkkkk leia-se "proteger os mais ricos à custa de todos sob o argumento de 'salvar a economia'".
­­­­­­­­­­­­­­­
Bitcoin não é, e jamais será, controlada pelo estado, hoje e sempre.
Edy Regy
Moeda do Anticristo fim dos tempos.
Bruno Sousa
É bom ver a galera admitindo, implicitamente, que livre mercado é algo bom.
combater a ilegalidade.
Como disse, não é assim que funciona, "deixa eles se fudendo"...É complexo esta questão mas sinceramente não to afim de debater aqui pelo Disqus.
Lord Cheetos
E se quiser saber o que vem acontecendo na economia graças a intervenções estatais:https://www.youtube.com/wat...
johndoe1981
Foicebook tem mais é que se lascar mesmo, quanto menos poder pra essa empresa asquerosa melhor.
Lord Cheetos
"E uma história: na crise de 2008 nos EUA se o país não intervisse injetando dinheiro pra salvar empresas da falência o mundo inteiro seria algo próximo a uma Venezuela da vida." A crise de 2008 foi causada pelos próprios governos. Tanto que tem dezenas de economistas que previram a crise."como que é possível que você sabia disso na comissão bancária de 2003 e ninguém mais sabia até depois do colapso?"https://www.youtube.com/wat...
Lord Cheetos
Oxe, deixe elas investirem em piramide, o estado não consegue impedir as piramides de existirem e nem das pessoas investirem nelas. Pesquise ai, deve ter uma 20 piramides funcionando nesse exato momento e nem por isso eu, você e boa parte das pessoas irão investir dinheiro nelas (com exceção das piramides estatais que todos são obrigados a investir).
Omar
Não porque os EUA são um Livre mercado! Blá, blá, bláSei...
Trovalds
Onde a economia é 100% desatrelada do Estado? E uma história: na crise de 2008 nos EUA se o país não intervisse injetando dinheiro pra salvar empresas da falência o mundo inteiro seria algo próximo a uma Venezuela da vida. E lá nos EUA o FED (equivalente ao nosso Banco Central) é totalmente independente de Estado.Intervenção do Estado na economia sempre vai existir. Pode ser mínima mas sem ela dá ruim. Aliás basta ver as crises de corretoras de bitcoin que magicamente somem com as carteiras dos clientes. Quem garante os seus suados caraminguás que tu colocou lá?PS: sim, sei que o conceito do Bitcoin se perde ao se deixar a carteira aos cuidados de um terceiro e etc (e acho isso uma tremenda burrice) MAS infelizmente pra cada esperto no mundo existem milhares (ou milhões) de otários pra serem ludibriados.PPS: não, não existe economia perfeita.
LekyChan
Libra ficou de mãos atadas.
Não é bem assim,....senão daria pra falar, se as pessoas querem investir em piramides, deixa ela. Nao pode esquecer o conceito de sociedade e bem estar da população.O tema é complexo.
Queen
https://uploads.disquscdn.c...
Qohen Leth
Não é questão de "defender o Estado" e sim questão de defender a própria sobrevivência da economia como se conhece.IMPUSSIBRU!Se não tem intervenção do Estado, a economia é livre!Você ainda não aprendeu, seu "defensor do Estado" que Ele é responsável pelos malefícios da economia?Tem vários países utópicos onde o Estado não mais se mete em nada e são paraísos na Terra!
Trovalds
Infelizmente nesse caso eles tem razão. A "moeda" do facebook tem empresas poderosas por trás que podem muito bem usar artifícios maléficos pra impulsioná-la. Ou explicando diferente: elas podem muito bem tornar desvantajoso o uso da moeda oficial em favor da criptomoeda que eles criaram. Daí se a migração de moeda se tornar grande demais pode haver uma crise de liquidez no mercado financeiro e isso pode levar a uma crise séria. Não é questão de "defender o Estado" e sim questão de defender a própria sobrevivência da economia como se conhece.
danbrg
Quero distância.
Matheus Alexandre
Apoiado também!Todo estatista é corno!
Cristiano
E tem bastante.
Tjago
Eu apoio o movimento "Desça a porrada em um defensor do Estado hoje mesmo"