Início » Internet » Google Chrome vai bloquear anúncios abusivos em 9 de julho, avisa AdSense

Google Chrome vai bloquear anúncios abusivos em 9 de julho, avisa AdSense

Google Chrome bloqueia 12 tipos de anúncios abusivos no PC e celular; regra vale para propagandas do AdSense

Por
03/07/2019 às 12h12

O Google Chrome vai bloquear anúncios abusivos no mundo inteiro a partir da próxima terça-feira (9), incluindo propagandas que cobrem a página, vídeos em autoplay com som, e banners grandes sem a opção de fechar. A regra vale no PC e celular inclusive para anúncios do Google AdSense, por isso a empresa está emitindo alertas para donos de sites.

Foto por Stephen Shankland/Flickr

O aviso para usuários do AdSense diz: “Better Ads Standards para todos. O Google Chrome passará a aceitar os Better Ads Standards no mundo todo a partir de 9 de julho. Se você não obedecer ao padrão, os anúncios poderão ser filtrados no Chrome”.

Os Better Ads Standards (Padrões Melhores para Anúncios) foram desenvolvidos pelo grupo Coalition for Better Ads, do qual fazem parte dezenas de empresas como Facebook, Microsoft, Google, Outbrain e Taboola.

Google AdSense - aviso

Google Chrome vai bloquear 12 tipos de anúncios abusivos

Existem 12 tipos de anúncios abusivos. No desktop, são estes:

  • anúncios em pop-up;
  • anúncios que cobrem o conteúdo ao abrir a página e têm contagem regressiva;
  • anúncios em vídeo com autoplay e som ativado;
  • banners grandes e fixos.

Enquanto isso, em dispositivos móveis (celulares e tablets), são estes:

  • anúncios em pop-up;
  • anúncios que cobrem o conteúdo ao abrir a página (com ou sem contagem regressiva);
  • anúncios que cobrem o conteúdo ao rolar a página e têm contagem regressiva;
  • anúncios de tela cheia que aparecem durante a rolagem;
  • anúncios em vídeo com autoplay e som ativado;
  • anúncios com densidade maior que 30%;
  • anúncios animados que piscam;
  • anúncios grandes e fixos.

Better Ads Standards

Donos de sites podem usar a ferramenta Relatório de experiências ofensivas para verificar se estão violando alguma regra.

O Chrome já realiza o bloqueio desses anúncios na América do Norte e na Europa desde dezembro de 2018. Isso será expandido para o mundo inteiro na semana que vem, com o lançamento da versão 76; ela também vai limitar conteúdo em Flash e impedir que sites detectem quando o acesso está sendo feito em aba anônima.

Usuários podem desativar bloqueio de anúncios no Chrome

Google Chrome - bloqueador de anúncios abusivos

Os usuários podem desativar o bloqueio de anúncios abusivos indo em Configurações > Avançado > Configurações do site > Anúncios ou seguindo o endereço chrome://settings/content/ads. A opção padrão é “Bloqueados em sites que mostram anúncios invasivos ou enganosos (recomendado)”; você pode mudar isso para “Permitido”.

Esse bloqueador de anúncios abusivos é diferente da mudança no Chrome que pode impedir o funcionamento de ad blockers. O Google quer aposentar a API WebRequest utilizada pelo uBlock Origin e semelhantes, mas isso ainda segue em discussão e será implementado apenas em 2020.

Com informações: Bleeping Computer.