Início » Gadgets » Qual a diferença entre monitor de áudio e caixas de som tradicionais?

Qual a diferença entre monitor de áudio e caixas de som tradicionais?

Descubra a diferença entre caixas de som tradicionais e um monitor de áudio, indispensável para profissionais de som e música

Ronaldo Gogoni Por
TB Responde

Você já deve ter ouvido falar a expressão “monitor de áudio“, geralmente ligada a edição de áudio em estúdios. No entanto, muita gente acha que os aparelhos são melhores do que as caixas de som tradicionais e poderiam substituí-las tranquilamente no dia a dia de usuários comuns. Na verdade, não é bem assim que a banda toca.

Edifier Monitor de Audio

O que é um monitor de áudio?

Um monitor de áudio, também conhecido como caixa de som de referência é um dispositivo de saída de áudio que faz exatamente o que o nome diz: ele serve como uma referência sonora para estúdios de som e profissionais, ao reproduzir um áudio sem nenhum tipo de equalização (vem com todas as frequências equilibradas). O que a caixa reproduzir vai estar o mais próximo possível do que foi gravado em estúdio.

Em geral, caixa de som (desde a simples de um computador a uma potente de um sistema de som de ponta) possuem uma série de ajustes e pré-definições para que elas possam executar diversos tipos de músicas da melhor maneira possível. Já um monitor de áudio é sempre ajustado a uma reprodução “flat”, 100% fiel ao áudio de origem.

Dessa forma, todas as frequências de um monitor de áudio estão equilibradas, o que é muito útil para engenheiro de som: o ato de mixar uma música pede que o som seja fiel à gravação, permitindo modificações. Para estúdios de gravação, um monitor de áudio também é essencial para permitir a correta afinação e ajuste dos instrumentos.

andre-hunter-audio-monitor_9A-unsplash

Tais conjuntos de caixas são muito mais indicados para aplicações profissionais do que para uso cotidiano (por exemplo, como caixas de som de um Home Theater ou de um computador), até porque eles costumam ser bem mais caros que as caixas comuns.

Ativo ou passivo?

Há um segundo fator que deve ser levado em conta na hora de comprar um monitor de áudio, que é se o modelo é ativo ou passivo. As caixas “ativas” possuem potência própria, você só precisa ligar na tomada, conectar os pares e ligar o cabo de saída da fonte de som. Já um conjunto “passivo” depende de um amplificador para funcionar .

Não há diferença na performance sonora entre nenhum dos dois tipos de monitores de áudio, mas tal escolha pode representar uma boa economia para profissionais. Estes podem optar por um conjunto “passivo” pois muito provavelmente já possuem amplificadores de qualidade, enquanto outros tipos de usuários podem optar pela versão “ativa”, embora estes sejam mais caros, entre R$ 300 e R$ 400 mais.

Vale a pena comprar um monitor de áudio?

Se for para usar como uma caixa de som tradicional, no dia a dia? Sendo direto, pode não ser a melhor opção esse investimento se você não tem experiência com áudio.

amplifier-audio-bass-pixabay

Primeiro, um monitor de áudio é tradicionalmente mais caro do que um conjunto de caixas de som, o que já deve inibir boa parte dos interessados. Segundo, como a equalização padrão do som é “flat”, pode ser que os resultados e os ajustes que você precise fazer não agrade para ouvir músicas, assistir filmes ou jogar games em seu computador, videogame, ou simplesmente ligar no seu aparelho de som e etc.

Há de se levar em conta também de que para reproduzir sons de qualidade com monitores de áudio, será preciso equalizar manualmente todos os pormenores do som, para cada fonte que você pretende utilizar, isso considerando que tipo de uso você pretende dar para as caixas de referência. É preferível escolher um bom conjunto de som tradicional, como caixas de som ou uma soundbar e um subwoofer.

Monitores de áudio são importantes para profissionais?

Importantes não, indispensáveis.

Em qualquer estúdio que se preze, são as caixas de referência que reproduzem o áudio original captado em uma master, para posteriores mixagens e edições. Sem uma saída de som que reproduza a fonte sem equalizações, os resultados de edição podem ser muito ruins. Se você pretende editar músicas ou podcasts com qualidade profissional, um monitor de áudio pode vir a se tornar o seu próximo melhor amigo no estúdio.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação