Início » Celular » Samsung é acusada de enganar sobre smartphones resistentes à água

Samsung é acusada de enganar sobre smartphones resistentes à água

Na Austrália, Samsung teria exagerado em anúncios sobre smartphones Galaxy resistentes à água

Por
04/07/2019 às 16h07

A Comissão Australiana de Concorrência e Consumidores (ACCC, na sigla em inglês) abriu um processo contra a Samsung sob alegação de propaganda enganosa: a companhia teria promovido smartphones da linha Galaxy como sendo resistentes à água, mas de modo exagerado, levando o consumidor ao erro.

Samsung Galaxy S7 Edge - resistência à água

Para iniciar o processo, a ACCC afirma ter constatado que a Samsung destacou a resistência à água em mais de 300 anúncios diferentes da linha Galaxy veiculados desde 2016. Entre eles estão aparelhos da linha Galaxy S (do Galaxy S7 ao S10), Galaxy Note (do 7 ao 9) e Galaxy A (como os modelos Galaxy A5 e A8).

Alguns desses anúncios mostram os aparelhos sendo efetivamente molhados. Outros não são diretos, mas, no entendimento da ACCC, induzem o consumidor ao erro ao mostrar os celulares perto de piscinas ou praias, por exemplo.

De modo geral, os aparelhos em questão têm certificado IP68, portanto, podem resistir a imersões em água de até 1,5 m de profundidade por, no máximo, 30 minutos.

A ACCC alega, porém, que os anúncios davam a entender que essa resistência vale para todo tipo de água, o que não é o caso. A entidade destaca que a própria Samsung alerta em nota de rodapé nas páginas do Galaxy S10, por exemplo, que não é recomendado o uso do aparelho em praia ou piscina.

Ainda de acordo com a ACCC, a Samsung não realizou testes suficientes para comprovar a resistência à água de seus celulares nas circunstâncias mostradas em seus anúncios, razão pela qual não poderia ter recusado pedidos de consumidores para reparo ou troca sem custo de unidades danificadas pela água.

Em nota à Reuters, a Samsung disse que segue as leis australianas e que irá se defender do processo. Apesar disso, a companhia parece ter removido todos os anúncios relacionados sobre resistência à água de seus canais. É o caso do tweet abaixo, por exemplo (era para ter um vídeo ali):

Vale lembrar que a Samsung não é a primeira companhia a enfrentar um processo do tipo. Nos Estados Unidos, a Sony teve que reembolsar clientes por sugerir que determinados aparelhos da linha Xperia tinham ampla resistência à água. Depois disso, a companhia deixou de enfatizar essa característica em seus anúncios.

Com informações: Mashable, Reuters.

Mais sobre: , ,