Início » Negócios » App Store tem 26% dos downloads de apps, mas fatura quase o dobro do Google

App Store tem 26% dos downloads de apps, mas fatura quase o dobro do Google

Usuários gastaram US$ 25,5 bilhões na App Store e US$ 14,2 bilhões no Google Play no primeiro semestre de 2019

Por
04/07/2019 às 15h49

A App Store reduziu sua participação na quantidade de downloads de aplicativos móveis, mas aumentou seu faturamento no primeiro semestre de 2019. De acordo com a SensorTower, as lojas de aplicativos da Apple e do Google arrecadaram juntas US$ 39,7 bilhões entre janeiro e junho de 2019, um aumento de 15% em relação ao mesmo período do ano passado.

App Store

O relatório mostra que, em todo o mundo, houve 14,8 bilhões (26,1%) de downloads de aplicativos na App Store e 41,9 bilhões (73,9%) no Google Play nos seis primeiros meses do ano. O Google viu um aumento de 16% no número de downloads, enquanto a Apple sofreu queda de 1,4%. Segundo a consultoria, a desaceleração na China foi o principal motivo pela redução na App Store.

SensorTower / Downloads de apps

A situação se inverte quanto consideramos o dinheiro gasto pelos usuários. Apesar de a Apple responder por apenas um terço dos downloads, o faturamento da empresa com aplicativos foi 80% maior que o do Google. A empresa de Tim Cook arrecadou US$ 25,5 bilhões (64,2%) do montante, contra US$ 14,2 bilhões (35,7%) do Google Play no mundo.

SensorTower / Faturamento em apps

O faturamento considera tanto a compra do aplicativo quanto as transações in-app, como desbloqueio de fases em games e assinaturas de serviços, mas não leva em conta as aquisições em m-commerce, como corridas na Uber ou pedidos na Amazon.

Tinder e Netflix lideram ranking de faturamento

Tinder

Quem deve estar feliz com os resultados do primeiro semestre é o Tinder: o aplicativo de encontros viu seu faturamento aumentar 32% em relação ao mesmo período de 2018, para US$ 497 milhões. Esta foi a maior receita obtida por um aplicativo móvel nas lojas entre janeiro e junho de 2019, sem considerar os jogos. A lista é seguida pela Netflix (US$ 399 milhões) e pelo Tencent Video (US$ 278 milhões).

Já o game de maior sucesso no período foi Honor of Kings, da Tencent, com pelo menos US$ 728 milhões de receita — o valor considera apenas a App Store e o Google Play, não as lojas de aplicativos chinesas, por isso pode ser maior. O top 3 é formado ainda por Fate/Grand Order, da Sony Aniplex (US$ 628 milhões); e Monster Strike, da Mixi (US$ 566 milhões).

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.