Início » Aplicativos e Software » Uber cria ferramenta para validar passageiros com dados da Serasa

Uber cria ferramenta para validar passageiros com dados da Serasa

A Uber terá mais informações de usuários que optam por não incluir um cartão de crédito no momento do cadastro

Victor Hugo Silva Por

A Uber quer melhorar a análise de usuários que não incluem um cartão de crédito ao se cadastrarem na plataforma. Para isso, a empresa usará uma nova ferramenta para validar os dados no sistema da Serasa Experian.

Batizada de U-Check, ela permite que a Uber use dados como CPF para obter informações adicionais sobre usuários via API. Segundo a companhia, a verificação começará a ser feita ainda este mês com quem não informa o cartão no momento do cadastro.

Uber

A empresa afirma ainda que a parceria com a Serasa abre possibilidade para realizar outras verificações no futuro. Criada por uma equipe da Uber no Brasil, a ferramenta será aproveitada pelo aplicativo em outros países.

A U-Check foi desenvolvida no Tech Center, primeiro centro de desenvolvimento tenológico criado pela Uber na América Latina, em 2018. Ele receberá investimentos de R$ 250 milhões nos próximos anos e conta com mais de 150 profissionais como engenheiros, desenvolvedores e pesquisadores de software, cientistas de dados e gestores de produto.

Em abril, a Uber anunciou uma parceria com o Serpro (Serviço de Procesamento de Dados) para analisar dados de motoristas. A empresa passou a ter informações em tempo real sobre veículos e motoristas que já estão rodando com o aplicativo ou que pretendem começar a usá-lo.

O objetivo é validar dados sobre a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) dos parceiros. A Uber também consegue confirmar a identidade dos motoristas ao comparar as fotos enviadas por eles com as que estão arquivadas com autoridades de trânsito.

Com informações: Uber.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Arthur Soares
Esse povo nos comentários é retardado? Não é análise de crédito, é validação de informações pessoais. MDS.
mc
Não vão fazer analise de credito,vão apenas verificar a autenticidade dos dados da pessoa,assim evita cadastro falso de assaltante.
Cazalbé
hehehehehe
Cazalbé
Beleza, tive uma ideia!Vou criar a CUber!Transporte por aplicativo para negativados.Sem análise de crédito, rápido e sem burocracia!
Weuller Faria
Cadastros falsos, usados por assaltantes, por exemplo.
Buldego
hahahahaa
Qohen Leth
Esta parceria com o SERPRO é mais importante... para verificar os veículos e motoristas.Mas ninguém parece dar muita atenção à ela.
Cleyton Rodrigues
Pse. Pensei isso tbm.
Keaton
E aqueles Acesso Cards (um cartão prépago da Mastercard)?
S Y N T H W A V E + L O V E R
Nos EUA e país do mesmo nível é só no cartão.Só aqui e alguns outros que insistem no dinheiro, haja vista do país ter o quê, uns 50 milhões de pessoas sem crédito, fora os outros mais de 60 milhões com nome sujo?O dinheiro é a única opção.Lembre-se: Brasil, terceiro mundo.
Deealt Noubeza ( ͡° ͜ʖ ͡°)
é o futuro.
Cleyton
Não é para olhar se tem nome sujo. É pra ver se não são dados fraudados. Quem coloca cartão já teve os dados pessoais checados pelo banco que emitiu o cartão e por isso não tem necessidade de checar no Uber novamente. Mas quem não coloca, pode colocar o que quiser no Uber. E isso pode facilitar fraude.
Victor Hugo
Na verdade a pergunta seria: qual a necessidade de verificar dados do Serasa de quem nem tem cartão de crédito?
Welbert Lanna
Cê o camarada não tiver 6,00 pra pagar uma corrida de apps e ter que usar cartão pode ir morrer junto com os motoristas pra lá por que os manes dos motoristas já carrega nós de graça e o povo ainda que passa cartão?
S Y N T H W A V E + L O V E R
Dados, dados, dados...Gados, gados, gados...kkk
Baidu feat MC Brinquedo
Se o cidadão vai pagar em dinheiro, qual a diferença se ele tem nome sujo ou não?E outra... Cartão de crédito ainda não é uma realidade para muitos brasileiros, mas as fintechs estão chegando pra resolver uma parte desse problema.