Início » Negócios » Linux já é mais usado que Windows Server na nuvem da Microsoft

Linux já é mais usado que Windows Server na nuvem da Microsoft

Microsoft Azure suporta máquinas com distribuições Linux desde 2012

Paulo Higa Por

Quase ninguém acreditava na conversa da Microsoft quando a empresa anunciou que investiria em software livre e lançaria distribuições Linux em seu serviço de nuvem, o Microsoft Azure. Ainda mais em 2012, quando o CEO era Steve Ballmer. Mas a investida deu tão certo no mundo open source que, segundo um desenvolvedor da empresa, o pinguim já é mais usado que o Windows Server na nuvem da própria Microsoft.

Microsoft Linux

O crescimento foi gradual. As primeiras instâncias com Linux apareceram em junho de 2012 no Microsoft Azure — que ainda era chamado de Windows Azure. Em 2015, o CTO Mark Russinovich disse que uma em cada quatro instâncias rodavam Linux. Dois anos depois, o sistema operacional de código aberto ultrapassou 40% de participação nas máquinas virtuais da nuvem da Microsoft.

Agora, em uma lista de discussão de segurança, o desenvolvedor Sasha Levin, responsável pelo kernel Linux na Microsoft (que estranho falar isso), comenta que “o uso do Linux na nossa nuvem ultrapassou o Windows”. No site do serviço de nuvem, a Microsoft já afirmava que “aproximadamente 50% de todos os núcleos de computação do Azure são Linux”.

Não é tão surpreendente considerando o mercado global de servidores, em que o Linux já lidera com 68% de participação, como mostra o ZDNet, mas não deixa de ser curioso.

O Microsoft Azure suporta atualmente máquinas virtuais com oito distribuições Linux: Red Hat, SUSE, openSUSE, Ubuntu, CentOS, Debian, CoreOS e Oracle Linux. Recentemente, a empresa licenciou 60 mil patentes de graça para o Linux. E, desde 2018, a Microsoft tem sua própria distribuição, o Azure Sphere OS, focado em internet das coisas.

Nada mal para uma empresa cujo CEO já declarou que o Linux era um câncer!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João Silverado

Nenhuma das 3 gandes de tecnologia vão falir, estava imitando os haters dela.

Comentário Mil Grau℗

Tá mais do que certo, povo paga uma nota aqui no Brasil por MacBook usado! Kkkk

Kevin - Suki Desu

Antes de comprar um mac eu tentei fazer hackintoshi mas só tive dores de cabeça ehuehuehueh... Ai quando fui ao exterior comprei um macmini. Sempre que preciso fazer um upgrade vendo o mac antigo e compro o novo com o valor da venda no exterior kkkkkk

Comentário Mil Grau℗

Minha vontade de ter MacOS é só em hackintosh naqueles Pocket PCs como o novo GPD P2 Max e o One Mix 3 Yoga.

Kevin - Suki Desu

Eu gosto do macOS, é uma espécie de linux com mais programas e facilidades... Pra mim windows só ganha pelos jogos. Mas pra isso tenho console...

VaGNaroK Alkimist

Só usei aquilo como exemplo, (mais parece que não sabem diferenciar exemplos se não for bem específico)... nunca se pode duvidar e dizer que algo não pode acontecer até ter alguém que faça.

Jefferson Silva

Já usei muito ubuntu, mas tô mais de ano com o mint. Achei mais simples de usar, consigo focar no que quero mais que no ubuntu puro.

Flavio Ever

Windows = Desktops
Linux = Servidores

Cada um no seu quadrado kkk

Sidney Moraes

Podem reclamar a vontade do Windows e com razão, mas não há dúvidas que ainda não se faz necessário um alternativa ao Windows, ele funciona muito bem para o usuário doméstico.

Sidney Moraes

É muito improvável a Microsft abrir o código do Windows por questão de logística. Agora é possível um sistema de código aberto do zero feito pela Microsoft.

Vitor Hugo

concordo que isso reduziria custos e tal, mas isso é extremamente improvável de acontecer (mas não impossível, verdade).

ps: KDE é muito mais que o Plasma e o KWin. Eles tem programas pra praticamente tudo dentro da comunidade (além dos "necessários" pra usar o computador como Konsole, Dolphin etc.). Os mais conhecidos são Krita, Kdenline, Kdevelop, KMail, Falkon, KTorrent, Konversation, Amarok etc.. você pode ver os programas aqui: https://kde.org/applications/ (sendo que o KDE tem muitos projetos além desses programas, muitos mesmo)

Sidney Moraes

Exato, a Microsoft nunca abandonaria os usuários domésticos.

hetfieldh

Linux é um sistema operacional e também um kernel. Na página oficial da própria Linux Foundation diz isso, informando claramente que “Just like Windows XP, Windows 7, Windows 8, and Mac OS X, Linux is an operating system”. Não caia nessa de Linux é kernel!

Jonathan Santos

Aqui tem algumas opções que talvez ajudem --> https://www.how2shout.com/t...

Jonathan Santos

Uso Linux Mint desde 2010 de preferência com XFCE!

Exibir mais comentários