Início » Gadgets » Samsung diz que Micro LED é o futuro e não fala de Android TV

Samsung diz que Micro LED é o futuro e não fala de Android TV

Não que o Tizen faça feio, mas seria bacana ter uma alternativa com Android TV

Por
14 semanas atrás

Direto da Coreia do Sul – Além de informações frescas sobre o Galaxy A80, passei algum tempo conversando com outros executivos de outras áreas da Samsung. Um dos que marcou a visita falou sobre as TVs comercializadas pela empresa e deixou claro que o Android TV sequer pode ser mencionado, nem mesmo em uma variante solitária da marca.

The Wall - TV modular microLED

Micro LED é o futuro, mas não fale de Android TV

Quando o assunto da entrevista era o mercado de TVs, Seong Cho, que trabalha na Samsung como responsável por marketing de produto em todo o planeta, a empresa passou alguns detalhes interessantes e deixou claro que o Android TV não está sequer no livreto de termos do papo.

De acordo com Cho, o Brasil faz parte de uma lista com os cinco mercados mais importantes para a marca e que modelos que são lançados primeiro na Coreia do Sul, certamente chegam ao nosso país em pouco tempo – com exceção da The Sero, uma TV que pode exibir conteúdo na vertical e que é vendida apenas aqui, na Coreia.

Ele também deixou claro que Micro LED, tecnologia que está embarcada em modelos ultra sofisticados como a The Wall, é uma aposta forte para o momento. O executivo escapou de dizer abertamente, mas paira a sensação de que o Micro LED é o futuro que a Samsung quer deixar ainda mais visível e presente para as pessoas. Hoje a tecnologia predominante é o QLED e o maior foco da empresa está nas telas com mais de 75 polegadas – e eu me senti todo pimpão quando comprei minha TV (que não é QLED) no ano passado, com míseras 40 polegadas.

Android TV

Por fim, uma das perguntas feitas pelos convidados presentes levou em consideração o Android TV. Ok, o Tizen já se mostrou extremamente competente nas TVs da marca, mas seria interessante ver ao menos um modelo, sozinho de canto e com menor importância, que apresente a plataforma do Google para TVs – que hoje, no Brasil, quase que só existe em modelos da TCL e da Sony.

Depois do fim da pergunta, Cho apenas disse que Tizen é uma ótima plataforma e esquivou de sequer mencionar a palavra “Android TV”. Fica a sensação de que, ao menos por enquanto, Tizen é o sistema e não há espaço para outro. Fiquei triste e afoguei minhas mágoas em um churrasco coreano – drama queen!

André Fogaça viajou para Coreia do Sul a convite da Samsung.

Mais sobre: , ,