Início » Celular » Qualcomm 215 é um chip para smartphones baratos que não leva o nome Snapdragon

Qualcomm 215 é um chip para smartphones baratos que não leva o nome Snapdragon

Processador Qualcomm 215 é voltado para modelos de massa e suporta 64 bits, câmeras duplas e bateria de múltiplos dias

Paulo Higa Por

A Qualcomm anunciou nesta terça-feira (9) mais um chip básico para celulares: o Qualcomm 215, que estará dentro de smartphones de entrada, mas já com recursos como câmera dupla, 4G mais rápido e arquitetura de 64 bits. Assim como o Qualcomm 205, ele não leva o nome Snapdragon — que é restrito aos chips a partir da série 400, como uma tentativa de reforçar o aspecto “premium” da marca.

Chip Qualcomm

O Qualcomm 215 é um processador feito para ser barato — o que fica bem claro pelo processo de fabricação, de 28 nanômetros (!). A CPU tem quatro núcleos Cortex-A53 de até 1,3 GHz, enquanto o chip gráfico é uma Adreno 308, mesma GPU que já equipou alguns processadores intermediários da Qualcomm, como o Snapdragon 425.

Mas a Qualcomm decidiu incluir alguns recursos para adaptar o chip aos novos celulares. Primeiro, o processador de sinal de imagem (ISP) é duplo, suportando aparelhos que tenham duas câmeras — é a primeira vez que isso acontece na série 200, permitindo que smartphones básicos tirem fotos de 13 megapixels e tenham zoom óptico ou detecção de profundidade para desfocar fundos em retratos.

Além disso, a GPU Adreno 308 está preparada para suportar telas com resolução HD+ de até 1560x720 pixels, em linha com os produtos que têm sido lançados nos últimos meses, com telas “esticadas”, de proporções maiores que o tradicional 16:9. Diz a Qualcomm que o novo chip gráfico é até 28% mais poderoso em games que o da geração passada.

Qualcomm 215

O modem é o Snapdragon X5, que suporta agregação de frequências no 4G para oferecer velocidades maiores (2CA), além de tecnologia VoLTE para fazer ligações telefônicas sem ser derrubado para o 3G. Trata-se de um chip LTE Cat 4, com velocidades de download de até 150 Mb/s e upload de até 50 Mb/s (se a sua operadora oferecer tudo isso, claro).

O Qualcomm 215 suporta ainda Wi-Fi 802.11ac, Bluetooth 4.2, pagamentos por NFC no Android e tecnologia de carregamento rápido Quick Charge — mas na antiga versão 1.0, com potência de até 10 watts, o que já é melhor do que nada. Um modelo de referência, com bateria de 3.000 mAh, aguentaria mais de 10 horas de reprodução de vídeo, 20 horas de chamadas e 5 dias de música.

Os primeiros smartphones com Qualcomm 215 devem aparecer ainda no segundo semestre.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

RODRIGO
Já tem algum aparelho com este processador à venda???
Ed. Blake
Haja bateria pra essa litografia. Quem teve o Zenfone 2 com o chip Intel sabe como é massa ter que adotar uma tomada pra chamar de sua!
Ed. Blake
Pelo visto aquele 'processador' Qualcomm SiP1 projetado no Brasil para o Zenfone Max Shot flopou né?
Keaton
Hum... ou seja, virtualmente lixo.
Calma moça :D
Nao dá, android tv precisa ter um bom ISP e GPU senao trava tudo.Isso ai é pra celular Xing ling ou de marca desconhecida, daqueles que ficam bem abaixo de um Moto E ou Galaxy J1&2
Keaton
28nm? Deve ser ótimo pra Android TV... mas pra celular... nemfu.
Wellington Gabriel de Borba
A Alcatel agradece.
Maicon Bruisma
Olha, com aparelhos com snapdragon 650 e 625 por menos de 400 reais importando, ou seja, pouco menos de 100 doletas, aparelhos com esse processador teriam de vir por 60 doletas, só pra ter uma experiência no mínimo agradável sem cobrar muito.
Alexandre Roberto
Se não tem coragem de se assumirem pais da criança, o pimpolho não deve ser lá muito belo
thejorsias
"essa bomba não é nossa".