Início » Celular » Qualcomm 215 é um chip para smartphones baratos que não leva o nome Snapdragon

Qualcomm 215 é um chip para smartphones baratos que não leva o nome Snapdragon

Processador Qualcomm 215 é voltado para modelos de massa e suporta 64 bits, câmeras duplas e bateria de múltiplos dias

Paulo Higa Por
18 semanas atrás

A Qualcomm anunciou nesta terça-feira (9) mais um chip básico para celulares: o Qualcomm 215, que estará dentro de smartphones de entrada, mas já com recursos como câmera dupla, 4G mais rápido e arquitetura de 64 bits. Assim como o Qualcomm 205, ele não leva o nome Snapdragon — que é restrito aos chips a partir da série 400, como uma tentativa de reforçar o aspecto “premium” da marca.

Chip Qualcomm

O Qualcomm 215 é um processador feito para ser barato — o que fica bem claro pelo processo de fabricação, de 28 nanômetros (!). A CPU tem quatro núcleos Cortex-A53 de até 1,3 GHz, enquanto o chip gráfico é uma Adreno 308, mesma GPU que já equipou alguns processadores intermediários da Qualcomm, como o Snapdragon 425.

Mas a Qualcomm decidiu incluir alguns recursos para adaptar o chip aos novos celulares. Primeiro, o processador de sinal de imagem (ISP) é duplo, suportando aparelhos que tenham duas câmeras — é a primeira vez que isso acontece na série 200, permitindo que smartphones básicos tirem fotos de 13 megapixels e tenham zoom óptico ou detecção de profundidade para desfocar fundos em retratos.

Além disso, a GPU Adreno 308 está preparada para suportar telas com resolução HD+ de até 1560x720 pixels, em linha com os produtos que têm sido lançados nos últimos meses, com telas “esticadas”, de proporções maiores que o tradicional 16:9. Diz a Qualcomm que o novo chip gráfico é até 28% mais poderoso em games que o da geração passada.

Qualcomm 215

O modem é o Snapdragon X5, que suporta agregação de frequências no 4G para oferecer velocidades maiores (2CA), além de tecnologia VoLTE para fazer ligações telefônicas sem ser derrubado para o 3G. Trata-se de um chip LTE Cat 4, com velocidades de download de até 150 Mb/s e upload de até 50 Mb/s (se a sua operadora oferecer tudo isso, claro).

O Qualcomm 215 suporta ainda Wi-Fi 802.11ac, Bluetooth 4.2, pagamentos por NFC no Android e tecnologia de carregamento rápido Quick Charge — mas na antiga versão 1.0, com potência de até 10 watts, o que já é melhor do que nada. Um modelo de referência, com bateria de 3.000 mAh, aguentaria mais de 10 horas de reprodução de vídeo, 20 horas de chamadas e 5 dias de música.

Os primeiros smartphones com Qualcomm 215 devem aparecer ainda no segundo semestre.

Mais sobre: ,