Início » Telecomunicações » Novo padrão de TV aberta transmite em 4K HDR a 120 Hz

Novo padrão de TV aberta transmite em 4K HDR a 120 Hz

ATSC 3.0 já começou a ser adotado por emissoras, mas TVs ainda não estão disponíveis para consumidores

Por
10/07/2019 às 14h34

Enquanto o 4K se populariza e as primeiras TV 8K começam a desembarcar no Brasil, o nosso padrão de TV digital continua apenas no Full HD. Nos Estados Unidos, isso começou a mudar: as emissoras de TV aberta estão iniciando as transmissões na tecnologia ATSC 3.0, que permite enviar sinais de vídeo pelo ar em 4K com HDR e até 120 quadros por segundo.

TV OLED LG B8

O padrão ATSC é adotado em países como Estados Unidos, Canadá, México e Coreia do Sul — onde a versão 3.0 entrou no ar em maio de 2017, em preparativo para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em PyeongChang. Segundo o CNET, várias emissoras americanas já começaram a transmitir na nova tecnologia em paralelo com a atual, que suporta conteúdos em 1080p.

E o que tem de novidade? Primeiro, a qualidade de imagem. O ATSC 3.0, que também está sendo chamado de Next Gen TV pelos americanos, transmite imagens em 3840×2160 pixels com ampla gama de cores, de acordo com a especificação Rec. 2020, a mesma adotada pelo HDR10 e Dolby Vision, o que deve melhorar o contraste e o alcance dinâmico em TVs compatíveis.

A taxa de atualização chega a 120 Hz, o dobro da atual, para tornar os movimentos das cenas mais suaves sem necessidade de interpolação. Como o novo padrão utiliza o codec HEVC, mais eficiente para altas resoluções, ele não precisa de mais banda — nos Estados Unidos, as emissoras continuarão com 6 MHz de espectro, mesmo tamanho adotado no ISDB-T brasileiro.

Mas a versão 3.0 do ATSC também chega com um ponto polêmico: as emissoras de TV conseguirão saber exatamente o que você está assistindo, sem necessidade de consultar empresas de audiência como o Ibope. Não que isso já não seja possível na TV por assinatura, mas trata-se de algo novo para a TV aberta. Com a mudança, os canais poderão transmitir propagandas direcionadas aos espectadores.

Apesar de as transmissões já terem começado, ainda não há TVs ou sintonizadores disponíveis para compra nos Estados Unidos. A transição deverá ocorrer nos próximos anos e será opcional para as emissoras, que poderão continuar no atual ATSC 1.0.

No Brasil, o padrão de TV aberta em uso desde 2007 é o ISDB-T International (antes conhecido como ISDB-Tb ou SBTVD), uma variação do padrão japonês ISDB-T, que suporta conteúdos em 720p ou 1080i a 60 Hz. Em 2016, o governo chegou a falar em transmissões 4K para a TV aberta, mas o assunto não voltou mais ao noticiário.

Mais sobre: , , ,