Início » Jogos » 3 truques com a Mercy em Overwatch

3 truques com a Mercy em Overwatch

Veja algumas dicas para mandar bem com a healer Mercy em Overwatch

Por
16/07/2019 às 17h48

Overwatch, jogo de tiro multiplayer da Blizzard, coloca o jogador em um time de combatentes que precisa derrotar a equipe adversária para completar objetivos próprios de cada arena e, é claro, eliminar todos os outros lutadores. Há vários personagens disponíveis e cada um traz habilidades próprias para o time. Gosta de jogar de suporte? Então veja como mandar bem com a healer Mercy em Overwatch.

mercy-overwatch

1. Perfil da personagem

Mercy é uma healer (curandeira) e também a principal personagem com essa função no jogo. Como suporte, sua alta mobilidade e alto poder de cura fazem dela quase que um membro indispensável em qualquer equipe. Especialmente se tratando de times focados em dano pesado.

Ela, controlada por alguém habilidoso, pode facilmente substituir qualquer outro personagem de suporte na equipe. Falando sobre mapas, a personagem é bem equilibrada e não há uma arena em que ela tenha alguma vantagem ou desvantagem especial.

2. Vantagens e desvantagens da Mercy

Pontos Fortes

Como uma personagem de suporte, a maior vantagem dela é sua incrível e eficiente capacidade de cura. Como é bem ágil, Mercy é capaz de alcançar e curar companheiros de time que estejam tanto perto quanto longe da heroína. E tudo isso evitando ser atingida pelos adversários.

Estar bem posicionado no mapa (e sempre próximo do seu time) é a chave para tirar vantagem de suas habilidades. Veja sempre onde estão seus aliados, mas evite ser facilmente visto pelos adversários. É quase paranoico, mas observe bem a sua volta para evitar surpresas.

Nem sempre vai dar para curar todos ao mesmo tempo. Priorize manter vivo quem da equipe dá mais dano ou quem está com a saúde mais baixa. Observar sempre o seu time é determinante nesse aspecto. A agilidade de Mercy é sua aliada nessa questão, novamente.

mercy-overwatch

Pontos Fracos

O principal ponto fraco de Mercy é ser muito dependente da proteção do próprio time. Ela é extremamente vulnerável se deixada sozinha, especialmente se for flanqueada ou entrar na mira do Reaper ou da Widowmaker, por exemplo. A regra é sempre a mesma: proteja o healer (neste caso, a healer)!

3. Quando escolher a Mercy

Mercy é uma combatente bem versátil e se encaixa bem em qualquer equipe (quem não precisa de um curandeiro?), mas ela é particularmente uma ótima escolha em times focados mais em personagens do tipo tank, ou seja, que causam dano massivo. Como são mais lentos, Mercy consegue chegar até eles mais rapidamente e curá-los.

Como dito no início, ela é a melhor escolha para ser uma “solo healer”, graças a sua alta mobilidade e elevado poder de cura. Ana e Moira também são capazes de serem healers solo em um time, mas Ana não é tão ágil e tem mais dificuldade para se curar – por exemplo.

Já a capacidade de cura de Moira depende de recursos, que podem correr o risco de esgotar nos momentos mais importantes. Portanto, na dúvida de qual healer escolher (se só houver espaço para mais um jogador) é uma boa pensar na Mercy – desde que todo o time esteja alinhado para protegê-la.

Mais dicas para Overwatch

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.