Início » Aplicativos e Software » FaceApp nega armazenar todas as fotos dos celulares de usuários

FaceApp nega armazenar todas as fotos dos celulares de usuários

O FaceApp diz não compartilhar dados com terceiros, mas seus termos permitem enviá-los a empresas do mesmo grupo

Victor Hugo Silva Por

O FaceApp, que usa selfies para mostrar como você ficará no futuro, é visto por alguns como mais um aplicativo criado para violar a privacidade dos usuários. Com quase a mesma velocidade com que se tornou viral, o aplicativo teve que explicar o que faz com as fotos que recebe.

Em nota ao 9to5Mac, o FaceApp afirmou que, ao contrário de algumas suspeitas, não armazena todas as imagens salvas no celular dos usuários. “Nós fazemos o upload de apenas uma foto selecionada para edição”, diz a empresa.

Segundo o aplicativo, a imagem precisa ser enviada porque boa parte de seu processamento é feito na nuvem. “Nunca transferimos quaisquer outras imagens do telefone para a nuvem”, informa o FaceApp, em seu comunicado.

Ainda assim, a empresa mantém as fotos dos usuários na nuvem por um tempo. O FaceApp indica que, por motivos de “perfomance e tráfego”, a maioria é removida até 48 horas após o envio. “Queremos garantir que o usuário não envie a foto repetidamente para cada operação de edição”.

A empresa afirma que, apesar de sua equipe de pesquisa e desenvolvimento estar localizada na Rússia, o governo não tem acesso aos dados de usuários. “Não vendemos nem compartilhamos dados de usuários com terceiros”, diz o comunicado.

O FaceApp destaca ainda que seus recursos podem ser usados mesmo sem uma conta. “Como resultado, 99% dos usuários não fazem login; portanto, não temos acesso a nenhum dado que possa identificar a pessoa”, continua a companhia.

O FaceApp é seguro?

O principal problema do FaceApp é sua política de privacidade genérica. Nela, a empresa informa que coleta “fotos e outros materiais que você publica” no aplicativo, além de dados como a localização e o modelo do celular.

O texto também indica que o FaceApp pode compartilhar informações com empresas do mesmo grupo ou afiliados, mas não detalha quem eles seriam. O aplicativo, que pode ser baixado gratuitamente e oferece opções pagas, não possui nenhum elemento malicioso, segundo especialistas da Kaspersky.

“A foto é enviada para os servidores do app que fazem a modificação e enviam de volta para o usuário”, diz o analista sênior de segurança da Kaspersky, Fabio Assolini. “Tudo muito normal”. Apesar disso, o especialista não garante que o FaceApp esteja livre de riscos.

“Por utilizar inteligência artificial para fazer as modificações a partir do reconhecimento facial, a empresa dona do app pode vender essas fotos para empresas desse tipo, além desses dados facilmente caírem nas mãos dos cibercriminosos e serem utilizados para falsificar nossas identidades”.

Em casos como o do FaceApp, a Kaspersky sugere verificar se o aplicativo está realmente disponível em lojas oficiais. A empresa também recomenda a leitura dos termos de privacidade e uma análise sobre as permissões solicitadas pelo aplicativo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

johndoe1981

kkkkk

Felipe Liʍa

Aproveita e bota uma etiqueta na camera frontal!

Felipe Liʍa

O app tem menos de 20 MB! Ele eh so um meio para fazer o upload das fotos. O processo pesado esta na nuvem

Anderson

Tem mais que se preocupar com os dados no Google, Facebook, conta do whatspp e Instagram que coletam muito mais informação do que esse app com os Termos de uso retirados da web, super copy and paste.

Tiago Sousa

🙉🙉🙉

Amigo Geek

De tempos em tempos surge um app que dizem fazer isso e isso sem falar em muitos e muitos outros que capturam não só fotos, como voz e vídeo... Normal pessoal. Quem não deve não tem com o que se preocupar.

Eu tb desconfiei disso na hora. Nao tem pq fazer o upload. Eles estão fazendo um banco de dados gigante. É inegavel.

Tiago Faustino

😁

Trovalds

Quem vive fazendo aqueles quiz de facebook que pedem autorização até pra ver nude da mãe (e que ninguém presta atenção) acha mesmo que vai estar preocupado com o fim que essas fotos levam? É muita inocência presumir que eles não se valham das fotos como uma fonte valiosa de recursos pra projetos futuros.

Bil

Não consigo ver grande problema nisso. Basta jogar o nome de qualquer um de nós no Google que aparecerão várias fotos. Qual o problema de upar mais uma? Alguém me explica?

Wellington Gabriel de Borba

Por isso que eu só uso o Instagram, que é seguro.

William Fogiatto

Sim eu li tudo. e eu não concordo com o que eles falam, de precisar fazer o processamento na "nuvem" pois como eu disse "tem vários apps de filtros que não fazem isso"
entendeu?
isso é só uma desculpa pra armazenar as fotos.

Higo

Pq fazer o upload? Está escrito no texto da matéria... leu tudo?

William Fogiatto

Eu tirei esse app do meu celular no momento que tentei usar ele sem internet e ele sequer abriu a foto que eu queria editar. Ou seja, é feito o upload de tudo.
"ain mas a gente não usa". Mas então porque precisa fazer o upload da foto pros servidores deles?
tem vários apps de filtros que não fazem isso, não tem desculpa.

tuneman

esperavam que eles falassem o contrário??
sempre que dá esse tipo de notícia é o mesmo papo.

Exibir mais comentários