Início » Celular » Comparativo: Huawei P30 Pro vs. Galaxy S10+, qual o melhor?

Comparativo: Huawei P30 Pro vs. Galaxy S10+, qual o melhor?

Huawei P30 e P30 Pro vs. Galaxy S10 e S10+, qual o melhor smartphone Android de top de linha em 2019 no Brasil? Veja comparativo

Por
19/07/2019 às 10h56

A linha P30, da Huawei, e a linha Galaxy S10, da Samsung, trazem aparelhos de ponta (com exceção do P30 Lite, já falamos sobre ele em outra oportunidade) e despertam o interesse de quem está buscando um novo celular para chamar de seu. Se você está em dúvida entre um dos modelos da chinesa, P30 ou P30 Pro, ou da sul-coreana, S10 e 10+, acompanhe o comparativo e veja qual deles cabe no seu bolso e atende seu desejo.

P30 Pro vs. Galaxy S10+

Uma observação importante é que a Huawei não trouxe (pelo menos, ainda) o modelo P30 para o Brasil. Apenas o P30 Pro. No entanto, optei por incluir o smartphone no comparativo caso você tenha a oportunidade de encontrá-lo e comprá-lo numa viagem.

COMPARATIVO Galaxy S10 Huawei P30 Pro

P30 Pro vs. Galaxy S10

Design e Cores

Para o P30 e o P30 Pro, a Huawei preparou cinco cores lindas Amber Sunrise (laranja) Breathing Crystal (azul claro/lilás) Pearl White (perolado) Aurora (azul/verde) e Black. No Brasil, porém, você vai encontrar o P30 Pro nas cores Black e Aurora (com degradê). Os aparelhos com dois tons tem uma mistura gradual de uma ponta a outra o que dá um diferencial enorme da traseira do celular e saem do óbvio (preto ou cinza/prata).

Huawei P30 Pro

Já a Samsung, preparou cores sólidas para o S10 (branco, verde, preto, com traseira de vidro) e S10+ (branco, verde, prata ou preto com traseira de vidro e preto com traseira de cerâmica). Na loja oficial do Brasil, porém, estão apenas azul, branco e preto.

Samsung Galaxy S10 Plus

Outro diferencial entre os modelos é o notch, ainda que bem pequeno no P30 e no P30 Pro, nos modelos S10 e S10+ foi usado o modelo entalhe Infinity-O, um notch circular que funciona como um furo na tela para abrigar a câmera. É bem discreto e rende algumas brincadeiras com wallpapers. O leitor de impressões digitais fica sob a tela em todos, com uma diferença importante: a Huawei usa leitor óptico, enquanto a Samsung o ultrassônico, que é mais rápido, mais seguro e funciona com o dedo molhado.

Fora isso, são bastante parecidos: cantos de tela arredondados, bordas de alumínio bem acabadas e uma traseira de vidro (em alguns modelos Samsung, são de cerâmica). No P30 e no P30 Pro a bandeja para os chips fica embaixo, perto da entrada USB-C.

A Samsung ainda conserva as saídas para fones de ouvido tradicionais em P2, enquanto a Huawei oferece um fone de ouvido USB-C (e, claro, você ainda tem o Bluetooth).

Tamanho e peso

Os quatro aparelhos têm uma pegada bem parecida:

  • P30: 7,6 mm de espessura, 165 g.
  • P30 Pro: 8,1 mm de espessura, 192 g.
  • S10: 7,8 mm de espessura, 157 g.
  • S10+: 7,8 mm de espessura, 175 g.
  • S10+ (cerâmica): 7,8 mm de espessura, 198 g.

Vencedor: Galaxy S10 e S10+ (mais finos, mais leves e notch inovador)

Tela

Estamos falando de aparelhos grandes, com telão. Na Samsung, as especificações são: resolução QHD (3040 x 1440), 550 ppi, entalhe Infinity-O, painel AMOLED Dinâmico com HDR10+, brilho de até 800 nits, Gorilla Glass 6. No S10 de 6,1 polegadas e no S10+ 6,4″.

Na Huawei, falamos um display OLED, Full-HD+ (2340 x 1080), proporção 19,5:9 (é ligeiramente mais estreito) com notch em forma de gota (dewdrop). A diferença de tamanho das telas é a mesma: P30 tem display de 6,1 polegadas e P30 Pro de 6,4″.

Você deve ter notado que a tela do P30 e do P30 Pro tem menos definição que a tela do Galaxy S10 e do S10+. Em testes feitos pelo Tecnoblog, isso não incomodou. Trata-se de um display de boa qualidade, com ótimo ângulo de visão e brilho forte para visualização sob a luz do Sol. Sobre as telas da Samsung, a definição é impecável. O ângulo de visão segue perfeito, enquanto brilho e contraste estão mais fortes em ambientes com Sol.  

Seja qual for a sua escolha, não vejo motivos para arrependimentos. Porém, a tela da Samsung oferece resolução um tanto maior, ainda que pouco perceptível, e HDR10+.

Vencedor: Galaxy S10 e S10+

Câmera

Agora, os aparelhos começam a se diferenciar e se você gosta de tirar fotos, preste atenção neste quesito. Primeiro, vamos checar o conjunto de câmeras (sim, são várias).

Câmera Galaxy S10 Galaxy S10+ Huawei P30 Huawei P30 Pro
Frontal 10 MP f/1,9,
grava vídeos em 4K
10 MP f/1,9

8 MP f/2,2,
grava vídeos em 4K

32 MP f/2,0,
grava vídeos em Full HD
32 MP f/2,0,
grava vídeos em Full HD
Traseira 12 MP f/2,4 zoom telefoto, estabilização óptica de imagem

12 MP f/1,5 e f/2,4 grande-angular (77 graus), estabilização óptica Dual Pixel

16 MP f/2,2 Ultra Wide (123 graus)

12 MP f/2,4 zoom telefoto, estabilização óptica de imagem

12 MP f/1,5 e f/2,4 grande-angular (77 graus), estabilização óptica Dual Pixel

16 MP f/2,2 Ultra Wide (123 graus)

40 MP f/1,6 com estabilização óptica de imagem;

8 MP f/3,4 telefoto com estabilização óptica de imagem;

20 MP f/2,2 Ultra Wide

40 MP f/1,6 com estabilização óptica de imagem;

8 MP f/3,4 telefoto com estabilização óptica de imagem;

20 MP f/2,2 Ultra Wide

HUAWEI Time-of-Flight (TOF) Camera

Samsung:

O principal diferencial é que o S10+ tem câmera de profundidade junto com a de selfie.

Samsung Galaxy S10 5G

Huawei:

O principal diferencial é que na versão P30 há um conjunto Leica Triple Camera na parte traseira, quanto na versão P30 Pro estamos falando de um Leica Quad Camera (com 4). 

Huawei P30 Pro

E agora?

As empresas brigam para ver quem coloca mais câmeras no mesmo celular, a Samsung conseguiu colocar três. No entanto, não há muitas novidades no sensor principal, nem na câmera telefoto, que continuam tirando fotos de ótima qualidade, em qualquer condição de iluminação, como você esperaria do modelo caríssimo e premium.

A Huawei, porém, entrou em campo com quatro sensores. O principal é de 40 megapixels e traz um arranjo de cores diferente: em vez do tradicional RGB (vermelho, verde e azul), o sensor é do tipo RYB (vermelho, amarelo e azul) que, segundo a Huawei, consegue capturar mais luz. Além disso, o P30 Pro tem uma câmera ultrawide, uma teleobjetiva com zoom óptico de 5x e um sensor de profundidade na parte traseira.

E, claro, é a câmera que tira foto da Lua.

Huawei P30 Pro

Porém, a câmera frontal do P30 e do P30 Pro não grava em 4K, a chinesa investiu todo o poder na câmera traseira. Essa sim, filma em 4K e em até 60 fps. O zoom superpoderoso também só funciona no modo “Foto”. De resto, impressiona qualquer um.

Ambos tiraram Nota 10 nos reviews do Tecnoblog e eu escolheria entre as demandas que você tem para câmera frontal ou traseira. Dependendo, um é melhor que outro.

Vencedor: a critério do comprador.

Processador, RAM e Armazenamento Interno

Este é outro assunto com o qual você não deve se preocupar: desempenho. Nos modelos que a Samsung trouxe ao Brasil, a empresa sul-coreana optou pelo seu processador proprietário, o Samsung Exynos 9820, em ambos os aparelhos. Nos EUA, os aparelhos da fabricante chegam com Snapdragon 855, com desempenho superior.

A concorrente chinesa também decidiu usar um chip proprietário e lançou mão do Huawei Kirin 980 no P30 e no P30 Pro. No mundo todo, porém, não há mudanças. 

Samsung Galaxy S10+

Samsung Galaxy S10+

Os chips Exynos, Snapdragon e Kirin usados são octa-core. Em comparativos de hardware, os três ficaram muito próximos em processamento variando posições em atividades como editar foto, editar vídeo, manipulação de dados e velocidade.

Galaxy S10

  • Processador: Samsung Exynos 9820
  • RAM e armazenamento: 8 GB + 128 GB ou 8 GB + 512 GB
  • Bateria: 3.400 mAh, Power Share, carregamento rápido sem fio 2.0

Galaxy S10+

  • Processador: Samsung Exynos 9820
  • RAM e armazenamento: 8 GB + 128 GB, 8 GB + 512 GB ou 12 GB + 1 TB
  • Bateria: 4.100 mAh, Power Share, carregamento rápido sem fio 2.0

P30 

  • Processador: Kirin 980
  • RAM: 8 GB e armazenamento: 128 GB
  • 3.650mAh, carregamento rápido de 40 W (Huawei SuperCharge) 

P30 Pro

  • Processador: Kirin 980
  • RAM: 8 GB e armazenamento: 128 GB, 256 GB, ou 512 GB (expansível*)
  • 4.200 mAh, carregamento rápido de 40 W (Huawei SuperCharge) 

*Uma observação importante é que, no modelo P30 Pro a Huawei usa não cartão micro-SD mas um Nano Memory (NM), modelo criado pela chinesa que não é fácil de achar.

Huawei Nano Memory

Quem for fominha pode contar com um modelo do S10+ com 12 GB e 1 TB de espaço interno, mas quem não precisa de tanto pode olhar para os da Huawei tranquilo. 

Vencedor: a critério do comprador.

Bateria

Aqui a Huawei se destaca. Conforme as especificações acima, sempre oferece uma bateria com uma capacidade maior que o aparelho equiparável da Samsung. Durante os testes para reviews do Tecnoblog, a bateria de 4.200 mAh surpreendeu positivamente. A resolução menor da tela e software mais agressivo com aplicativos em segundo plano deu ao celular rendimento maior que a bateria de 4.100 mAh do S10+.

A bateria da Huawei também tem um diferencial que é a velocidade de carregamento. Os dois modelos P30 e P30 Pro vem equipado com o Huawei SuperCharge, um adaptador de impressionantes 40 watts. No modelo Pro, há certificação Qi, para carregamento sem fio de até 15 W. A Samsung, porém, oferece certificação Qi também no S10 e não só no S10+. É um recurso cada vez mais desejado abandonar os fios.

Huawei P30 Pro

Os aparelhos equipados com padrão Qi oferecem carregamento reverso, também, ideal para acessórios ou até para compartilhar bateria com outros celulares. O P30 tem uma capa da própria Huawei, comprada separadamente, com o carregamento wireless.

Vencedor: P30 Pro (o modelo P30 falta com carregamento sem fio).

Preço

Com aparelhos tão bons, acaba que parte da decisão se dá no preço. E, como todo Android, os valores de varejo caem desde o lançamento. A Samsung a anunciou o S10 e o S10+ custando, a partir de R$ 4.999 e R$ 5.499 (*valores da loja oficial Samsung), respectivamente, para combinações mais básicas de memória RAM e armazenamento. Esse preço já caiu e oscila bastante, com o mais barato, na casa dos R$ 3.500.

Já a Huawei lançou no Brasil o P30 Pro a R$ 5.499 (mesmo preço do Galaxy S10+), mas aplicou nas primeiras vendas descontos de, no mínimo, R$ 2 mil, para quem levasse um celular elegível de outra marca na troca e de R$ 1 mil para consumidores de lojas de SP. No varejo, os preços ainda ficam maiores que os das promoções da própria fabricante.

Com preços de lançamento tão similares, fica difícil bater o martelo. Mas, a Samsung, por trazer o S10 ao Brasil, permite optar entre ele o S10+ (que é R$ 1.500 mais caro). A Huawei, trazendo apenas o P30 Pro, limita a sua escolha ao mais caro deles. Caso aproveite um dos descontos, a versão “Pro” sai pelo preço do Galaxy S10 ou até menos.

Com esse posicionamento agressivo, reduzindo o preço do seu aparelho mais caro no Brasil, a Huawei acaba conquistando pelo bolso. Ainda que o lançamento do P30 Pro tenha esfriado com a polêmica envolvendo os governos dos Estados Unidos e da China. 

Vencedor: P30 Pro

Diferenciais no Android

Ambos vem com Android 9 (Android Pie), mas no Galaxy S10 e S10+ você pode contar com a Bixby, a assistente da Samsung que oferece alguns recursos bem interessantes, ainda que não fale português. O botão adicional para a assistente, do lado esquerdo do Galaxy S10+, acaba tendo utilidade limitada. Mas, você pode entrar nas configurações e trocar a função do botão da Bixby para algo mais interessante, como um app Google.

Samsung e Huawei tem a sua maneira de lidar com o Android e as duas são bem boas. A interface da Huawei é a EMUI, que pega emprestado vários detalhes do iOS (iPhone). 

Huawei P30 Pro - Software

Na Samsung a nova interface foi batizada de One UI, que deu uma repaginada nos aplicativos nativos para se adaptar a telas gigantes. Lembrando que, alguns aplicativos ainda ficam estranhos em celulares com telão, seja o aparelho da marca que ele for. 

Samsung Galaxy S10+

A Huawei também inclui uma série de apps pré-instalados, muito parecidos com os do Google: controle remoto, gerenciador de arquivos, navegador com modo noturno, tradutor, notas, calendário e até um otimizador. Você também vai encontrar o AppGallery, uma loja de aplicativos da Huawei com uma penca de apps chineses e jogos.

Conclusão: P30 Pro ou Galaxy S10+?

Talvez o seu resultado não seja parecido com o meu. No que deixei a critério do comprador, optei pelo P30 Pro por causa do design (comprei na cor Aurora), ignorei a câmera de selfie que filma em 4K porque não preciso e optei pela combinação monstra do zoom digital com zoom óptico da Huawei, além de ter conseguido comprar ele no lançamento por R$ 3.100 (desconto que não consegui, na época, com a linha Samsung).

Contudo, isso não quer dizer que ele é melhor ou pior que o Galaxy S10+, por exemplo. Nos itens que deixamos a critério do consumidor, observe qual aparelho se encaixa na sua necessidade e conte em quantos critérios ele venceu ou veja qual é indispensável.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.