Início » Negócios » Apple é a maior empresa de tecnologia no ranking da Fortune; Xiaomi estreia na lista

Apple é a maior empresa de tecnologia no ranking da Fortune; Xiaomi estreia na lista

Ranking da Fortune lista as 500 maiores empresas do mundo; Walmart tem o maior faturamento

Paulo Higa Por

A Fortune Global 500, lista das 500 maiores empresas do mundo em faturamento, teve sua edição de 2019 publicada nesta segunda-feira (22) com nomes conhecidos: o Walmart segue liderando o ranking, a Apple permanece como a maior do setor de tecnologia e os brasileiros continuam sendo representados principalmente pela dupla Petrobras e Itaú.

Tim Cook tá feliz

Mas há alguns destaques. A Xiaomi apareceu no ranking pela primeira vez, na 468ª posição. O gigante do varejo Alibaba Group foi um dos que mais cresceu: subiu 118 posições, para ocupar a 182ª colocação. E as empresas chinesas passaram a dominar: são 129 companhias na lista, contra 121 dos Estados Unidos.

Estas são algumas das maiores empresas na Fortune Global 500:

Posição Empresa Faturamento Lucro
1 (manteve) Walmart US$ 514,4 bilhões US$ 6,7 bilhões
11 (manteve) Apple US$ 265,6 bilhões US$ 59,5 bilhões
13 (subiu 5) Amazon US$ 232,9 bilhões US$ 10,1 bilhões
15 (caiu 3) Samsung US$ 221,6 bilhões US$ 39,9 bilhões
23 (subiu 1) Foxconn US$ 175,6 bilhões US$ 3,2 bilhões
37 (subiu 15) Alphabet US$ 136,8 bilhões US$ 30,7 bilhões
60 (subiu 11) Microsoft US$ 110,4 bilhões US$ 16,6 bilhões
61 (subiu 11) Huawei US$ 109 bilhões US$ 9 bilhões
84 (subiu 9) Dell Technologies US$ 90,6 bilhões -(US$ 2,3 bilhões)
116 (caiu 19) Sony US$ 78,2 bilhões US$ 8,3 bilhões
131 (caiu 17) Panasonic US$ 72,2 bilhões US$ 2,6 bilhões
135 (subiu 11) Intel US$ 70,8 bilhões US$ 21,1 bilhões
173 (subiu 17) HP US$ 58,5 bilhões US$ 5,3 bilhões
182 (subiu 118) Alibaba US$ 56,1 bilhões US$ 13,1 bilhões
184 (subiu 90) Facebook US$ 55,8 bilhões US$ 22,1 bilhões
185 (caiu 7) LG US$ 55,8 bilhões US$ 1,1 bilhão
212 (subiu 28) Lenovo US$ 51 bilhões US$ 0,6 bilhão
237 (subiu 94) Tencent US$ 47,3 bilhões US$ 11,9 bilhões
307 (caiu 5) Oracle US$ 39,8 bilhões US$ 3,8 bilhões
466 (caiu 9) Nokia US$ 26,6 bilhões -(US$ 0,4 bilhão)
468 (nova) Xiaomi US$ 26,4 bilhões US$ 2 bilhões

Algumas detalhes na lista chamam a atenção. A Apple continua sendo uma máquina de fazer dinheiro: ela foi a segunda empresa com o maior lucro em 2018, perdendo só para a petrolífera Saudi Aramco, mesmo após vendas consideradas fracas do iPhone. A Samsung também impressiona: só existe o maior banco da China (ICBC) entre os coreanos e a Apple na lista das mais lucrativas.

Também vemos a tendência de queda das japonesas e a ascensão das chinesas. A Toshiba caiu 45 posições, a Sony 19 e a Panasonic 17. Por outro lado, a Xiaomi estreou no ranking, a Tencent subiu 94 posições e o Alibaba ganhou 118. Aliás, percebeu que o Alibaba, apesar da receita menor, teve mais lucro que a Amazon? Não é pura sorte: em 2018, os chineses lucraram mais que o triplo da empresa de Jeff Bezos.

É interessante notar como o mercado muda. Se voltarmos dez anos, para 2009, quase não havia empresa de tecnologia entre as maiores do Fortune Global 500. A líder em receita era a Shell, seguida pela Exxon Mobil. Em eletrônicos de consumo, a maior era a Samsung (e ela estava só na 40ª posição). A Apple comandada por Steve Jobs era respeitável, mas faturava US$ 32,5 bilhões, suficiente apenas para um 253º lugar.

E as brasileiras? Todas perderam posições em relação a 2018, menos a Caixa Econômica Federal, que não ganhou nem perdeu. A Petrobras, que já chegou a ser a 28ª maior do mundo em 2015, aparece apenas em 74ª em 2019. As empresas nacionais são muito penalizadas por causa da desvalorização do real: o lucro do Itaú, segunda maior do Brasil no ranking (em 191ª), praticamente só sobe a cada ano, mas era o equivalente a US$ 9,2 bilhões em 2014 e US$ 6,8 bilhões em 2018.

Aqui tem o ranking completo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eduardo Vozniak
Engraçado que nessas empresas a corrupção está em alta e os lucros em baixa.Inclusive com brasileiros envolvidos em corrupção e prisões rolando solta.A pergunta que faço é: Quem ganha com uma estatal forte?Uma estatal grande geralmente gera monopólio e no longo prazo péssimos serviços e baixa competitividade.O estado não existe para manter empresas e obter lucro, isso deve ser papel da sociedade.
gbitte
A duas ião falindo até o brasileiro corrupto e preso no Japão assumir a presidência. Então não empresa estatal não é motivo de orgulho.
Uriel Dos Santos Souza
Apple surfa no hype até hoje!
Uriel Dos Santos Souza
Ta muito bem o Facebook
Keaton
Quem diria que a Xiaomi, com menos de 20 anos, já valeria algo próximo da Nokia... hahaha(Tá longe da Apple, mas ainda sim é impressionante.)
joaoserpa
Tem alguma empresa com relação faturamento / lucro melhor que o Facebook? 39,6% de todo o faturamento é lucro.. na tabela acima a que chega mais perto é a Intel com 29,8%.
Buldego
É impressionante como a Apple ainda surfa no hype criado há anos.
Fabio Santos
Hoje ganhos com propaganda e marketing são imbatíveis a Microsoft me surpreende em ganhar muito com serviços das nuvens e o seu foco inicial software cada dia encolher mais.
Fabio Santos
Na época de glória da Nokia ela já era forte em redes.Celular digamos que ela cresceu por naquela época estar bem à frente da geração, mais dormiu no tempo em não evoluir o sistema operacional e foi que foi.
Fabio Santos
Este é aquele momento dos fanboys brigarem e no mundo real as gigantes sentarem e ver da área mega vip o quanto todos consumidores são tapados.
Marcelo Neri
Deixa eu rir bastante de você...Kkkkkkkkkkkkkkk...
Louis
Fala menos besteira. Japão e França, por exemplo, tbm tem empresas estatais gigantescas de carros.A Coréia do Sul fez um investimento milionário em grupos de K-Pop.Agora pergunta qual desses países têm vergonha de ter investimento público?Só tem vergonha trouxa que não conhece nada sobre economia, posta bobagem e ainda se acha "inteligente"...
Paulo Higa
Margem de varejista é baixa.
Daniel R. Pinheiro
A Nokia trabalha com redes desde a década de 80, não só de agora...
Eduardo Vozniak
Uma estatal no ranking das maiores empresas do mundo é motivo de orgulho pra vc?Com o cofre do estado é fácil inflar qualquer empresa, quanto maior a empresa maior o potencial pra corrupção.
zephyr1an
"A Petrobras, que já chegou a ser a 28ª maior do mundo, aparece apenas em 74ª em 2019"que coisa né...mas ainda bem que agora lá não tem mais corrupçãops. em 2003 ela não aparecia nessa lista...começou a aparecer durante o governo do Lula...como diria o bozonarco naquele vídeo do golden shower, tirem suas conclusões
Comentário Mil Grau℗
O que me espanta é ver a Nokia ainda na lista de cima msm atuando agora em redes.
S Y N T H W A V E + L O V E R
Pra mim ficou claro o quanto Intel e Apple superfaturam seus produtos, que chega ao ridículo versus empresas do mesmo setor.PS.: O Walmart ali, não erraram uma vírgula ali, não?
Jairo ☠️
Interessante acompanhar o sobe e desce do ranking das gigantes , algumas surpresas (para mim ) penssava que o lucro da MS era maior que a do alphabe