Início » Brasil » Prefeitura de São Paulo quer barrar serviço de mototáxi por aplicativo

Prefeitura de São Paulo quer barrar serviço de mototáxi por aplicativo

A Prefeitura diz que o Picap é "clandestino" e promete multas a motociclistas que se cadastrarem no serviço

Victor Hugo Silva Por

O serviço de mototáxi por aplicativo Picap chegou ao Brasil há poucos dias e já está na mira de algumas autoridades. A Prefeitura de São Paulo afirma que o serviço é "clandestino" e promete aplicar multas de R$ 1.000 a motociclistas que usarem a plataforma.

A informação foi publicada pela Folha de S.Paulo, que também aponta a possibilidade de apreensão da moto em caso de reincidência. A Prefeitura pretende adotar as medidas porque uma lei municipal de 2018 proíbe os mototáxis.

À Folha, um dos autores da lei, o vereador Adilson Amadeu (PTB), afirmou que defenderá a proibição do Picap junto aos órgãos competentes. Segundo ele, o aplicativo poderá crescer rapidamente caso não seja impedido.

Os aplicativos como o Picap ganharam a atenção de autoridades da capital paulista devido ao aumento do número de acidentes fatais envolvendo motociclistas. O prefeito Bruno Covas (PSDB) chegou até mesmo a um acordo para iFood e Loggi acabarem com o bônus pelo número de entregas.

O argumento para a proibição de mototáxis é a preocupação com a segurança de pilotos e passageiros. O serviço não oferece roupas de proteção, como jaquetas e luvas, ou orientações para o usuário não se inclinar para o lado contrário em curvas para não desequilibrar a moto.

Segundo a Folha, que testou o Picap, o único item oferecido durante a viagem é o capacete. No trajeto realizado pelo jornal, o motociclista desviou de carros e caminhões para economizar tempo, mas se manteve em velocidade inferior a 50 km/h.

O deslocamento de cerca de 5 km entre o viaduto Jacareí, no centro de São Paulo, e o estádio do Pacaembu custou R$ 12,50. Enquanto isso, uma viagem do mesmo local até a cidade de Santo André custaria pouco mais de R$ 30.

Se fossem realizadas pela Uber, as mesmas corridas custariam R$ 14,69 e R$ 49,20, respectivamente. Apesar do preço, o Picap ainda tem poucos motociclistas, concentrados em regiões mais afastadas do centro, especialmente nas zonas sul, leste e oeste.

Picap é considerado "ilegal" em seu país

O Picap também é questionado por autoridades da Colômbia, onde foi criado em 2016. Com 200 mil usuários por lá, o serviço é classificado como "ilegal" pelo Ministério dos Transportes colombiano por conta da falta de regulamentação.

A pasta chegou a recorrer na Justiça para impedir seu funcionamento. O governo afirma que o Picap não oferece condições mínimas de segurança e contribui para o aumento do número de acidentes no país. O aplicativo soma 850 mil viagens por mês e tem 20 mil motociclistas cadastrados no país.

Ele opera no México desde 2018 e será levado em breve à Argentina e ao Peru. No Brasil, além de São Paulo, o serviço está sendo implementado no Rio de Janeiro, onde os mototáxis são regulamentados, e em Belo Horizonte e Recife, onde o serviço é proibido.

Uma lei federal de 2009 reconhece a atividade de mototáxis, mas a regulamentação do serviço cabe aos municípios. O Picap afirma que seu entendimento vai ao encontro de decisões judiciais que consideram inconstitucional a proibição do mototáxi por municípios.

"Um decreto municipal não pode contrariar uma lei federal, não cabendo aos municípios proibir o serviço, mas somente definir as regras para a sua execução", defende a companhia em resposta à Folha.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leonardo Feelckins
são paulo viverá os 4 anos mais longos de sua vida com esse bruno covas
Porto Velho
Se regularem excessivamente.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Regular é o caminho, mas se regular reclamam...
Alex Temnyk
Ah cara, eu acho bem relativo. Sou motociclista (não motoboy) e ando de forma prudente, sem encurtar meu guidão pra passar em espaço menor, até pq minha moto é custom, então apesar do trânsito de SP ser caótico sim, e mais perigoso que em outras cidades é possível controlar um pouco essa "probabilidade de morte". O ponto é que motoboy e moto de app corre contra o tempo, então vão com certeza a direção será mais agressiva e arriscada, que é um perigo.
 david
Muda a lei ne lixo!!!
Nioshi
seria engraçado se não fosse triste kkkk
Nioshi
nem sempre, tem parte da população que defende o estado ser nosso papai mesmo a gente tendo 50 anos nas costas...
Jorge Luis
o consumo de açúcar deve causar mais custo. melhor proibir tudo que tenha essa substância.
Jorge Luis
interessante esse ponto de vista. levando em consideração que quase todos os acidentes de trânsito são causados por carros e motos, o que vc acha de proibi-los e deixar apenas os transportes coletivos?
Alessandro
Em São Paulo pode até ser, pq a lei proíbe os mototaxi, mas em cidades onde eles são permitidos, qual o problema desse aplicativo?
Antonio Araújo
É Inconstitucional sim. Se quer falar de "segurança", que definam as regras.
Lord Cheetos
Já tentaram:https://g1.globo.com/mundo/...
CtbaBr©
Eu também não, mas quando o "Estado" permitir que eu seja "adulto", quero poder escolher como e com quem andar!
CtbaBr©
Estado x População...No "braziu" sempre foi assim... Até que... Nós mudarmos isso!
Lairton Gomes
Que contrato é esse que não assinei?
Alexandre Roberto
Em 1990 o amigo governo me proibiu de importar uma plsca de video rgb para poder aproveitar meu minitor rgb do mru amiga no meu 286. devia ser perigoso ao resto da populacao por isso eu deveria gastar o que tinha para comprar um monitor vga seguro e nacionalizado.....
Porto Velho
Então é assim? É anarquia ou proíbe?Regula essa porcaria logo então. Não adianta brigar contra isso, vão bater o pé e vão continuar operando.
Paquito78
É isso. Mas os anarco aí embaixo já estão protestando. Galera não pensa um pouquinho...Vida dura.
DDR31600Mhz
A maioria desses idiotas quando lê alguma coisa, lê aquela merda do mises
zephyr1an
ah mas o estado isso, mas o estado aquilo...esses liberteens são muito chatos...deviam se mudar pra algum lugar onde não exista estado, assim seriam felizes para sempreps. aliás, esse pessoal nunca deve ter ouvido falar de Rousseau e o Contrato Social, Hobbes e o Leviatã, Platão e a República, etc etc
Jarbas Coqueiro
Muito rápido, tem rua que o limite é 20
Jarbas Coqueiro
Defendo que cada um tenha possibilidade de suic... Ops, digo, avaliar os riscos e usar ou não o app
John Smith
Com esses
zephyr1an
vixi, só louco pra defender esse negócio...
Mickão
Nem a pau que vou andar em garupa de moto em São Paulo.
Andrei
Patinete motorizado. Por mais absurdo que seja, eu compreendo o motivo. O Brasil é um dos países mais burocráticos do mundo, pois nossa cultura é corrupta e tudo, absolutamente tudo está suscetível a ela, inclusive o patinete. Eu odeio concordar com o estado mais uma vez, mas sim, é necessário.
doorspaulo
Infelizmente, tudo funciona assim: https://uploads.disquscdn.c...
johndoe1981
Difícil é convencer o gado que defende o máximo de Estado na vida do cidadão de porque isso é ruim. Eu não tenho mais paciência hoje, já tentei explicar por A+B mas não adianta, o brasileiro médio não valoriza liberdade individual e mérito próprio, tudo tem que ser regulado pelo governo pra ele.
doorspaulo
Não é sem estado, é estado mínimo.Você acha que é competência do estado regular patinete? PATINETE!!!
2 conto mais barato só (na primeira viagem)Se vc não tiver pressa vale bem mais a pena o uber mesmo..
Andrei
Acredito que nesse caso foi acertado, levando em consideração que mototáxi é proibido. Agora se vc falar que essa proibição não foi benéfica, aí é outros 500 e eu nem moro na capital pra argumentar.
Andrei
Não existe, assim como não existe essa maravilha que é o mundo sem estado.
Trovalds
Me conta um país em que funcionou o Estado tendo domínio total de tudo.
Andrei
Menos estados mais poder na mão das multinacionais, até as mesmas engolir todo o resto*
Henrique Mello
Aqui em São Paulo, já opera há alguns meses um serviço de moto táxi chamado Uper (com P mesmo). Nunca utilizei, só me cadastrei pensando em testar um dia, mas só passo raiva, pois eles adoram um spam por sms. Não é raro receber uns 10 com o mesmo conteúdo por dia. E ignoram minhas reclamações.
raphaela1
Libera logo, se eu passageiro quero e sei os riscos, não é o governo que deve proibir
Daniel Ribeiro
Eu nem sabia que tinha App de Moto taxi! Obrigado pela dica.Eu sempre me perguntei porque em São Paulo não tinha Moto Taxi. O serviço existe em várias outras cidades e funciona bem. Agora vai ter em São Paulo, que legal! :-)
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
O governo interferiu? Sim.Se o governo não interferir o que acontece? Aumento de acidentes: pessoas protestam conta o aumento de mortes no trânsito mas os próprios "vida loka" causam issoAumento de custo pro governo: Custos dos acidentes, custos de hospitais e saúde, custos de indenização de seguros DPVAT, etc etcAumento de funcionários do governo pra tentar fiscalizar: mais aumentos de custos...Resumindo, infelizmente o governo disse: se vc não sabe brincar eu vou proibir vc de brincar...Sou contra a interferência, mas qdo as pessoas não ajudam infelizmente vc não pode deixar elas se matarem, gera protestos e custos...
ribeiro
Se o governo estivesse realmente preocupado com a segurança, por que eles não se posicionam quando um motorista de uber é assaltado ou morre?
Trovalds
No caso a tributação entraria como um "plano b". Se eles não podem proibir, vão dificultar ao máximo tributando direta e indiretamente.
Credulos
Exatamente, estava falando com um amigo ainda agora sobre isso, o governo não esta preocupado com a "segurança", ele esta preocupado em saber se o serviço ou empresa ira gerar uma fonte bruta de tributos.....
Trovalds
Uma coisa correta que li num tweet outro dia: quem está à frente do governo não quer que o povo empreenda. Seja lá de qual forma for. Empreender por conta própria ou com auxílio que não venha diretamente do Estado significa menos dependência (do Estado).A saída é impedir ou pelo menos dificultar bastante a vida de quem tenta fazer isso. Vide Uber, iFood e assemelhados. SEMPRE tem quem vê "problema" neles.O povo tá acordando e vendo que o Estado não é quem diz o que se faz ou não se faz e sim o contrário. E, claro, a raça politica e quem se beneficia disso está com medo. Menos Estado é menos poder concentrado.
Rodrigo Gomes
Estado fazendo estadice, como sempre...
johndoe1981
Acho que nem vale mais a pena gastar teclado pra criticar os abusos que o Estado pratica contra o cidadão, porque se torna cansativo.
Credulos
Nosso querido governo sempre achando um meio de garantir nossa segurança......Mototaxi aqui na cidade existe a décadas, e atualmente é aceito pelas autoridades, mas é um péssimo serviço, com fiscalização zero, um serviço como esse controlado por app digamos que poderia deixar o serviço com o minimo de fiscalização necessária, mas se a ideia não vem de uma grande empresa que empurra milhões no ** dos nossos queridos parlamentares rapidamente é considerado ilegal.