Início » Celular » Uma olhada de perto no LG G8S ThinQ e os gestos no ar

Uma olhada de perto no LG G8S ThinQ e os gestos no ar

LG G8S ThinQ tem sensor 3D na frente, Snapdragon 855, 6 GB de RAM e câmera traseira tripla

Paulo Higa Por
19 semanas atrás

O LG G8S ThinQ é o novo celular premium da LG no mercado brasileiro. Ele tem esse nome não porque é uma versão mais nova do G8 ThinQ lançado nos Estados Unidos e em outros países, mas sim porque deixou alguns recursos caros de lado, como o DAC Hi-Fi para fones de ouvido de alta qualidade e o Boombox Speaker, que vibra a tela para emitir som.

Só que o preço não é muito diferente dos outros topos de linha comercializados por aqui: o G8S ThinQ está sendo lançado no Brasil por R$ 4.299, mesmo valor de tabela do Samsung Galaxy S10e e menos que os R$ 5.199 sugeridos do iPhone XR mais básico. A grande dúvida — que só deve ser respondida no review completo — é se esse posicionamento de preço da LG faz sentido.

Hands-on do LG G8S ThinQ em vídeo

O marketing da LG é muito focado na câmera frontal do G8S ThinQ, que tem um sensor de tempo de voo (ToF) — a empresa fez questão de ressaltar que esta é a primeira vez que a tecnologia é usada na frente de um smartphone. O sensor ToF, que está presente no Huawei P30 Pro e no Samsung Galaxy S10 5G, emite feixes de luz infravermelho para detectar profundidade com mais precisão e até criar um mapa 3D de um objeto.

LG G8S ThinQ

A LG decidiu aproveitar esse sensor de várias formas. A mais óbvia, que é fazer reconhecimento facial com mais segurança, está no G8S ThinQ, mas a LG também adicionou um tal de Hand ID, que reconhece o padrão das veias da sua mão para desbloquear o aparelho. E o destaque é um recurso chamado Air Motion, para controlar o aparelho por meio de gestos no ar.

LG G8S ThinQ

E aí temos a primeira questão: na área de demonstração no evento de lançamento do G8S ThinQ, muita gente não conseguia usar o recurso direito — inclusive eu. Para ativar a navegação por gestos, você precisa aproximar a palma da sua mão aberta da câmera frontal e esperar até que o celular indique que o Air Motion está lendo seus comandos. Depois, rapidamente, basta fechar um pouco a mão ao estilo Chico Xavier e deixá-la a cerca de 20 centímetros de distância do sensor.

LG G8S ThinQ

Então, com uma certa dose de técnica e sorte, o controle do Air Motion aparece na tela. Depois, é preciso mover a mão para a esquerda ou para a direita, ainda com a mão levemente fechada, para executar algum comando — se você estiver na tela inicial, pode abrir um aplicativo; se estiver no YouTube ou em um player de música, pode pausar a reprodução ou aumentar o volume. Os gestos precisam ser feitos rapidamente; caso contrário, o Air Motion desaparece da tela.

Entendeu como são muitas variáveis para conseguir fazer esse negócio funcionar? Só com o tempo que o G8S ThinQ leva para iniciar a leitura de mão, daria para simplesmente tocar na tela, como estamos fazendo há cerca de uma década. Mas veremos como o recurso vai se comportar no mundo real — talvez ele possa realmente ser útil ao dirigir ou quando você estiver com as mãos ocupadas, por exemplo.

LG G8S ThinQ

Mas a câmera ToF pode ser mais interessante para tirar selfies com fundo desfocado, já que o sensor consegue recortar seu rosto e os fios de cabelo com precisão. E, falando em câmeras, são três na traseira, para capturar fotos ultrawide, normal ou com zoom de 2x. Aqui, vale lembrar que o G8 ThinQ, que tem especificações de câmera melhores que as do G8S ThinQ, não foi tão bem nos primeiros testes no exterior, sendo considerando inferior às câmeras do iPhone X e Galaxy S9+ (que são de 2017 e 2018).

LG G8S ThinQ

E um recurso bacana do G8S ThinQ é o desfoque de fundo em vídeo em tempo real — o Barba quase gritou quando isso foi apresentado no palco. A Qualcomm destacou bastante a função no lançamento do Snapdragon 855, mas nós não chegamos a ver isso em um celular vendido no Brasil até então. A LG sempre deu um pouco mais de atenção no quesito filmagem nos celulares premium, então as expectativas são altas.

LG G8S ThinQ

LG G8S ThinQ

De resto, o G8S ThinQ entrega o que esperamos de um celular mais caro: 6 GB de RAM, 128 GB de armazenamento, tela OLED de 6,2 polegadas com resolução Full HD+ (menos que o Quad HD+ do G8 ThinQ, mas não chega a ser um defeito), bateria de 3.550 mAh e proteção contra água, com certificação IP68. A resistência militar contra quedas, variações de pressão e vibrações, que a LG também coloca na linha K, está presente aqui.

Claro que o preço de lançamento de R$ 4.299 do G8S ThinQ é muito alto, mas todos sabemos o que acontece com o valor de um LG depois de alguns meses no mercado: o varejo derruba o preço pela metade. Sem repetir o erro do G5 SE, que tinha hardware inferior no Brasil, o G8S ThinQ talvez seja uma alternativa entre os topos de linha vendidos no país — saberemos mais no review completo. O que você quer saber sobre ele?

LG G8S ThinQ - ficha técnica:

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 855 octa-core
  • Tela: OLED de 6,2 polegadas com resolução de 2248×1080 pixels (proporção 18,7:9)
  • Memória: 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno
  • Câmeras:
    • Traseiras: 13 megapixels ultrawide (f/2,4, campo de visão de 137 graus), 12 megapixels (f/1,8, campo de visão de 78 graus) e 12 megapixels telefoto (campo de visão de 48 graus, f/2,6 — boo!)
    • Frontal: 8 megapixels (f/1,9, campo de visão de 80 graus) e Z Camera (ToF)
  • Bateria: 3.550 mAh
  • Dimensões: 155,3 x 76,6 x 8 mm
  • Peso: 181 gramas
  • Sistema operacional: Android 9.0 Pie
  • Conectividade: 3G, 4G, Wi-Fi 802.11a/b/g/n/ac, Bluetooth 5.0, NFC e USB-C 3.1
Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.