Início » Celular » Motorola lança Moto E6 com bateria menor e sem leitor de digitais

Motorola lança Moto E6 com bateria menor e sem leitor de digitais

Moto E6 tem processador Snapdragon 435 mais rápido que no Moto E5, mas bateria diminuiu e leitor de digitais foi removido

Felipe Ventura Por

O Moto E6 foi alvo de alguns vazamentos nos últimos meses, e agora a Motorola está anunciando oficialmente seu mais novo celular básico: ele traz um processador melhor que no Moto E5, mas a bateria diminuiu de tamanho, o leitor de digitais foi removido, e a câmera frontal perdeu o flash LED. O smartphone tem preço sugerido de US$ 150 nos EUA, sem previsão de chegar ao Brasil por enquanto.

Dentro do Moto E6, encontramos o processador Snapdragon 435 de 64 bits (não de 32 bits, como diziam os rumores). A Motorola diz que ele é 50% mais rápido que o chip presente no Moto E5 para um "desempenho octa-core sem lag".

No entanto, o Moto E6 é um downgrade em relação ao Moto E5 em muitos aspectos. A tela LCD mantém a resolução HD+ (1440×720 pixels) e proporção 18:9 de seu antecessor, mas ficou ligeiramente menor com 5,5 polegadas (antes eram 5,7"). Ele mantém um queixo grande com o logotipo da Motorola.

Assim como antes, temos aqui 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento expansível por microSD. A bateria, no entanto, ficou menor: são 3.000 mAh, contra os mais generosos 4.000 mAh do Moto E5. E o leitor de impressões digitais que ficava na traseira foi removido.

Motorola Moto E6

A câmera traseira mantém os 13 megapixels da geração anterior; seus pixels são maiores, assim como a abertura da lente, e a Motorola promete desempenho melhor em pouca luz. Além disso, há um modo retrato para borrar o plano de fundo; isso funciona inclusive com a câmera frontal de 5 MP (que perdeu o flash LED dedicado).

A Motorola destaca que o Moto E6 roda Android 9 Pie e traz alguns recursos como o gesto para ativar a lanterna, botões para pausar e avançar música direto da tela de bloqueio, e a navegação por gestos que substitui os botões Voltar, Home e Multitarefa. Vale lembrar que a empresa não atualiza o Android da linha Moto E, então este aparelho não receberá a versão Q.

O Moto E6 foi lançado nesta quinta-feira (25) nos EUA, em operadoras e varejistas, com preço sugerido de US$ 149,99. Ele vai chegar ao Canadá ainda neste trimestre. A Motorola não confirma um lançamento no Brasil por enquanto.

Motorola Moto E6

Motorola Moto E6 - ficha técnica:

  • Tela: IPS LCD de 5,5 polegadas, HD+ (1440 × 720), 296 ppi, 18:9
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 435 octa-core de 1,4 GHz
  • RAM: 2 GB
  • Armazenamento: 16 GB, microSD de até 256 GB
  • Câmera traseira: 13 megapixels, f/2,0, 1,12 um, PDAF (detecção de fase), flash LED
  • Câmera frontal: 5 megapixels, f/2,0, 1,12 um
  • Bateria: 3.000 mAh, removível, carregador de 5 W
  • Sistema operacional: Android 9 Pie
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11n dual-band (2,4 GHz e 5 GHz), Bluetooth 4.2, sem NFC
  • Mais: revestimento P2i repelente à água, porta microUSB, entrada 3,5 mm para fone de ouvido, rádio FM
  • Dimensões: 149,7 x 72,3 x 8,57 mm, 159 g

Motorola Moto E6

Com informações: Motorola.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Anônimo
Tão inútil quanto o Redmi A com mediatek ou a linha K da LG, já gostei muito da Motorola mas hoje vejo ela como uma empresa qualquer nesse enorme mercado
Anônimo
Por porcarias assim que empresas como Samsung pisam em cima da motinha
Anônimo
Normal da Motorola, as fotos sempre foram amarelas kk
Antony
Se curtisse, não teria problema nenhum, afinal cada um faz o que quer da vida, inclusive vir em uma piada expressar desejos reprimidos
Miguel Martins
a Motorola tá só retrocedendo os aparelhos. queria entender a lógica.
Celso
Agora é esperar pra ver se teremos um Moto E6 Plus, se ele virá com processador Mediatek Helio P22, se o Moto E6 e o Moto E6 Plus virão pra cá com processador da Mediatek ao invés de Qualcomm Snapdragon (como já aconteceu na 4ª geração), e se ainda teremos um Moto E6 Play com Android Go Edition.
Celso
É até estranho esse aparelho vir com o Android normal, e não o Android Go.Além de que o design retrocedeu muito com relação a geração passada.Acho até que esse Moto E6 deveria ter sido lançado como Moto C2, já que o design lembra mais um Moto C do que um Moto E.
Celso
Considerando que a geração anterior foi lançada mais cedo, o evento foi aqui no Brasil, e o aparelho parece ser uma baita downgrade da geração anterior, não será surpreendente se esse aparelho não vier pra cá.E não será a primeira vez que isso acontece com um Moto E, já que o Moto E3 e Moto E3 Power também não vieram pra cá.
Antony
Modelo do vídeo com os dentes amarelados, logo o aparelho não presta.
Felipe Ventura
Sim! https://www.motorola.com/us...
High Autoo
Creio que não será lançado no Brasil, o moto g7 play está substituído ele por aqui, já que ele está sendo vendido mais barato que a moto e5 no lançamento...
celular pra vó. se vier por 500 laranjas ta valendo.
Miguel Martins
que bela porcaria.
Franco Luiz
Por porcarias assim que existem os xiaomimiminios
Jairo ☠️
Nem precisa lançar este qbostex por aqui , já tem demais.
Ramon
Prevejo o nome Xiaomi em 9 de cada 10 comentários desse post.
avinicius
Wi-Fi Dual Band? Tá certo mesmo?