Início » Celular » Anatel homologa Asus Zenfone Max Pro M2 com 5.000 mAh e Android puro

Anatel homologa Asus Zenfone Max Pro M2 com 5.000 mAh e Android puro

Asus Zenfone Max Pro (M2) foi homologado pela Anatel com bateria de 5.000 mAh e Android 9 Pie puro sem ZenUI do Zenfone 6

Por
26/07/2019 às 13h20

A Anatel homologou nesta semana um celular bem interessante da Asus: trata-se do Zenfone Max Pro (M2) com bateria de 5.000 mAh e a experiência pura do Android 9 Pie, sem a ZenUI do Zenfone 6. Este smartphone intermediário foi lançado na Índia pelo equivalente a R$ 700. A agência também aprovou a comercialização no Brasil do Xiaomi Mi 9T.

Asus Zenfone Max Pro (M2)

O certificado de homologação foi encontrado por Cesar Cardoso do Pinguins Móveis. Trata-se do aparelho ZB631KL, chamado comercialmente de Zenfone Max Pro (M2) e lançado em dezembro do ano passado.

Este poderia ser apenas mais um intermediário se não fossem por duas características: uma delas é a bateria de 5.000 mAh, bem maior do que encontramos em outros celulares, que promete autonomia de até dois dias. O celular possui suporte a carregamento rápido de 10 W através da porta microUSB — em vez de USB-C, provavelmente para reduzir custos.

Além disso, o Zenfone Max Pro (M2) roda o Android 9 Pie com a “experiência do Android padrão” do Google. Na verdade, ele foi lançado com Oreo e recebeu uma atualização alguns meses depois. O aparelho traz também 100 GB grátis por um ano no Google Drive.

A câmera traseira é dupla com sensor principal Sony IMX486 de 12 megapixels e sensor secundário para capturar dados de profundidade, permitindo um efeito bokeh que desfoca o plano de fundo. A câmera frontal, por sua vez, tem 13 megapixels e flash LED.

Asus Zenfone Max Pro (M2)

A tela IPS do Zenfone Max Pro (M2) tem 6,3 polegadas e resolução Full HD+. Por dentro, encontramos um processador Snapdragon 660 octa-core, até 6 GB de RAM e até 128 GB de armazenamento expansível por microSD. A bandeja de chip é tripla: ela comporta dois SIM cards e o cartão de memória ao mesmo tempo. E o leitor de digitais fica na traseira.

A Asus ainda não informa detalhes sobre o lançamento do Zenfone Max Pro (M2) no Brasil. Ele chegou à Índia para concorrer com a Xiaomi, começando em 12.999 rúpias (equivalente a R$ 700) pela versão com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento.

Asus Zenfone Max Pro (M2) – ficha técnica:

  • Tela: 6,3 polegadas, Full HD+ (2280 x 1080), LCD IPS, 19:9, 90% de aproveitamento frontal, brilho de 450 nits, vidro Corning Gorilla Glass 6
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 660 octa-core (4 x 2,2 GHz, Kryo 260 + 4 x 1,8 GHz, Kryo 260), chip gráfico Adreno 512
  • RAM: 3 GB, 4 GB ou 6 GB LPDDR4x
  • Armazenamento: 32 GB, 64 GB ou 128 GB, expansível por microSD de até 2 TB, 100 GB no Google Drive por um ano
  • Câmera traseira: sensor principal de 12 megapixels, Sony IMX486, f/1,8, 1,25 μm; sensor de profundidade de 5 MP
  • Câmera frontal: 13 megapixels, f/2,0, Softlight LED Flash
  • Bateria: 5.000 mAh, carregamento de 10 W
  • Sistema operacional: Android 9 Pie
  • Conectividade: microUSB, entrada 3,5 mm para fone de ouvido, Wi-Fi 802.11 b/g/n de 2,4 GHz, Bluetooth 5.0, localização (GPS, Glonass, BDS, Galileo, QZSS), bandeja tripla para dois chips 4G e cartão microSD
  • Sensores: leitor de digitais na traseira, luz ambiente, proximidade, acelerômetro, bússola, giroscópio
  • Dimensões: 157,9 x 75,5 x 8,5 mm; 175 g

Asus Zenfone Max Pro (M2)