Em mais um daqueles clássicos momentos de arte que ninguém entende de verdade, o artista plástico alemão Garvin Nolte desenvolveu uma instalação pós-modernista a respeito da interferência da tecnologia no cerne da alma do homem moderno chamada de Crossroads, que na realidade é nada menos do que um vídeo em que dirige com nada menos do que 25 aparelhos de GPS pendurados no para-brisas de seu carro indicando as mesmas direções para os mesmos lugares ao mesmo tempo.

Ao assistir à gravação, que dura longos nove minutos, o que mais surpreende é o fato do motorista não ter ficado de saco cheio e jogado seu automóvel dentro de um rio no meio do caminho. Confira:


(vídeo do Vimeo)

Apenas como registro, bom lembrar que na ocasião em que revelou andar por aí com um Nexus One, Steve Wozniak, nerd-mor e co-fundador da Apple, afirmou que costuma sair de casa também carregando mais dois iPhones, um Motorola Droid e outros dois aparelhos de GPS. FTW!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Hernani
Devido as proporções do diâmetro que o Woz oculpa no espaço é até a justificável a quantidade de gadgets que leva consigo.
Alexandre
Que louco, torrou uma grana em gps pra poder conferir se um está batendo com outro? Ou é um ultimate GPS review from hell!?! O lance é que arte é uma coisa estranha.
BrunoGall
Como ele consegue dirigir assim?