Início » Brasil » MPF investiga falhas de segurança de operadoras em invasões de celulares

MPF investiga falhas de segurança de operadoras em invasões de celulares

O MPF quer apurar responsabilidade das operadoras ao permitir acesso facilitado à caixa postal de terceiros

Victor Hugo Silva Por

O método que teria sido usado para acessar contas no Telegram de diversas autoridades será centro de inquérito civil público do Ministério Público Federal em Brasília. O órgão pretende investigar possíveis falhas cometidas pelas operadoras.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, fala à imprensa na solenidade de entrega do Diploma de Mérito Coaf.

A Polícia Federal afirma que os suspeitos usaram VoIP para simular números de celulares usados pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, além de procuradores, juízes, delegados federais e jornalistas.

Em seguida, eles teriam "ligado para si próprios" via VoIP para acessar a caixa postal e ouvir o código de ativação do Telegram Web para cada número. Os invasores teriam usado a mesma estratégia para tentar invadir contas do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Esta vulnerabilidade será o principal alvo da investigação do MPF. A investigação, no entanto, pode ser mais ampla e levar à identificação de outras falhas. Ao TeleSíntese, o SindiTelebrasil, que representa as operadoras, afirmou que as empresas têm diretrizes voltadas à segurança dos dados de seus clientes.

"As prestadoras também alertam para importância de o cliente optar pelos padrões de segurança mais rigorosos", diz o SindiTelebrasil. "As operadoras também informam que desativaram o serviço que permitia acessar a caixa postal ligando para o próprio número".

A investigação do MPF avaliará ainda a atuação da Anatel para proteger a privacidade de consumidores. Ao G1, a agência informou que está colaborando com a Polícia Federal e empregando os instrumentos e equipes técnicas disponíveis. "Para garantir o necessário sigilo à operação, não serão divulgadas mais informações no presente momento", afirmou a Anatel.

Após o suposto método usado na invasão ter sido revelado, as operadoras bloquearam chamadas de um aparelho para o seu próprio número. A medida foi tomada por determinação da própria Anatel como uma tentativa de acabar com a vulnerabilidade exposta pela investigação.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcos Guilherme
Acredito que a questão está mais para segurança de dados mesmo do que a privacidade somente.Não é simplesmente "quem não deve não teme" ou " minha vida é um livro aberto". Segurança, criptografia para mim é a questão aqui.
francisco jansen
Acesse: https://brunoespiao.com.br/... e veja como é facil monitorar um celular...
Antony
Gente, já entendi, um crime justifica outro e pronto, afinal é a minha justiça que é importante!
Veritas
Bom, para quem acredita que o Lula é inocente. ;)
Psico
Para começo de conversa, até agora ninguém provou que o Moro infringiu as leis, o que se houve são apenas latidos de advogadinhos porta de cadeia que se beneficiam de brechas da lei para salvar a pele de mau caráter todos os dias, e independente de qualquer coisa a população está com o Moro pelo fato dele ter nos livrado das mãos da maior facção criminosa que se tem notícia na historia política do Brasil. Entre ficar com as leis que servem para regulamentar e a justiça, nós ficamos com a justiça. Ah, e quem se preocupa mais com o Moro do que com essa quadrilha, boa coisa não é!!!
Jhonatan Paiva
Agora só falta dizer, Lula livre kkkkkkk
VaGNaroK Alkimist
Se um bandido mata sua família e fica em liberdade por falha da justiça, você recorreria, ou faria justiça com as próprias mão caso tivesse a chance?
VaGNaroK Alkimist
Vai lá militante de "lula é preso político", como se as provas dos delatores, e os milhões desviados da petrobrás, bndes, correios e outras fraudes devolvidos aos cofres públicos não fossem provas suficiente para prender o lula molusco e sua quadrilha. Lula ta preso só se conforma para não passar vergonha alheia.
johndoe1981
Mas já tem lunático achando que o molusco cefalópode passou a ser inocente após essas invasões e vazamentos? Falando sério, sem defender partido e político X ou Y, você pode até dizer que não foi ético e profissional Moro e outros juízes ficarem discutindo condenação de político corrupto em conversas pessoais, o que é algo que eu até concordo parcialmente.Mas daí querer extrapolar e acreditar que isso é alguma "evidência" de perseguição política e que o Lula é inocente é demonstração de malícia ou de ignorância, que aliás são características típicas dos fanáticos políticos que não aceitaram até hoje a derrota do seu candidato nas eleições. Pelo amor de Deus, já passou da hora de encerrar essa choradeira.
Marcos Vinícius
mimimi
Diogo
Então tá.
Da Silva
É o comentário mais inteligente deste post. 👏🏽
Antony
Certo que você acredita que os fins justificam os meios.
Psico
Perfeito, vamos confiar apenas nos bandidos, a justiça brasileira não foi feita pra puni-los mesmo, né? Que volte a roubalheira desenfreada! Certeza que será mais vantajoso para todos, ou melhor, para alguns!!!
Daniel R. Pinheiro
Rapaz, já ouviu aquela, "se o Batman tá morto, torça pro Pinguim matar o Coringa"?Poisé. Ninguém lúcido e inteligente confia em alguém, de nenhum lado, mas pelo menos torce pro pior estar fora da jogada...
Ramon
Irresponsabilidade é o perigo que corre o cidadão que confia na autoridade moral de um magistrado e que não tem um julgamento imparcial diante de juiz que não sabe o seu papel que jurou ao art. 1° do CNJ no código de ética e ao Estado democrático de direito.
Andre Kittler
É como todos dizem: quem não tem nada a esconder não tem nada a temer.Opa, é gente do governo.Puts, tem pessoas normais quebrando privacidade de gente do governo?Meu deus, a privacidade é importante, não pode ser assim aberta para todos! Que absurdo!