Início » Computador » Mais armazenamento: Samsung vai ter SSDs V-NAND com mais de 100 camadas

Mais armazenamento: Samsung vai ter SSDs V-NAND com mais de 100 camadas

Nova versão da tecnologia V-NAND também vai melhorar velocidade dos SSDs; produção já começou

Emerson Alecrim Por

Os SSDs ainda têm custo por gigabyte mais alto que o dos HDs, mas pelo menos a capacidade de armazenamento tem crescido em bom ritmo. A Samsung acaba de dar mais um passo nessa direção: anunciada nesta terça-feira (6), a sexta geração da tecnologia V-NAND da empresa vai permitir que os chips de seus SSDs tenham mais de 100 camadas de células.

SSD Samsung V-NAND

O V-NAND (Vertical NAND) é uma técnica que aumenta a capacidade de armazenamento do chip "empilhando" células em vez de mantê-las apenas "lado a lado". Quanto mais camadas de células, mais dados podem ser armazenados, consequentemente. Outros fabricantes se referem a essa técnica como 3D NAND.

A primeira geração do V-NAND era formada por 24 camadas de células. O número foi aumentando progressivamente:

  • 1ª geração (julho de 2013): 24 camadas
  • 2ª geração (agosto de 2014): 32 camadas
  • 3ª geração (agosto de 2015): 48 camadas
  • 4ª geração (dezembro de 2016): 64 camadas
  • 5ª geração (maio de 2018): 9x camadas
  • 6ª geração (julho de 2019, apesar de anunciada em agosto): 1xx camadas

Nas palavras da Samsung, a sexta geração do V-NAND adiciona 40% mais células à estrutura de armazenamento em comparação com a quinta geração. Isso significa que os primeiros chips com a nova tecnologia poderão contar com 136 camadas de células.

Ainda de acordo com a Samsung, os novos chips consomem 15% menos energia que a geração anterior e são 10% mais rápidos na transferência de dados.

Para evitar que esses avanços tornem os chips mais suscetíveis a erros de leitura e problemas de latência, a companhia desenvolveu um projeto de circuito que otimiza a transferência de dados sem comprometer o desempenho: as taxas ficam abaixo de 450 microssegundos nas operações de gravação e 45 microssegundos nas leituras.

SSD Samsung

Graças a esse processo de otimização, a Samsung estima que poderá implementar mais de 300 camadas na próxima geração do V-NAND sem prejudicar a confiabilidade ou o desempenho dos chips.

Quando a nova tecnologia chegará ao mercado? A Samsung ainda não revelou datas, mas diz que já iniciou a produção de SSDs de 250 GB baseados nos novos chips V-NAND — cada um deles armazena três bits por célula e têm capacidade total de 256 gigabits. A intenção é lançá-los até o fim do ano.

Também há planos de produzir neste semestre os novos chips V-NAND em versões de 512 gigabits e levar a tecnologia ao padrão eUFS (chip de armazenamento voltado a celulares).

Mais sobre: , ,