Início » Computador » Samsung Galaxy Book S suporta 4G e oferece até 23 horas de bateria

Samsung Galaxy Book S suporta 4G e oferece até 23 horas de bateria

O novo notebook da Samsung conta com o processador Qualcomm Snapdragon 8cx

Victor Hugo Silva Por

A Samsung lançou nesta quarta-feira (7) o Galaxy Book S, que segundo a própria empresa, “aproveita a mobilidade e a conectividade de um smartphone e a poderosa produtividade de um PC”. O dispositivo suporta redes 4G e oferece até 23 horas de bateria.

Samsung Galaxy Book S

A fabricante afirma que o Galaxy Book S reproduz vídeos de forma ininterrupta nesse período por conta de sua bateria de 42 watts-hora (Wh). Para não depender de redes Wi-Fi, o notebook utiliza um cartão Nano SIM.

Ele possui tela touch de 13,3 polegadas com resolução Full HD, acabamento em alumínio anodizado e pesa apenas 960 gramas. Há ainda um leitor de digitais e um sensor de iluminação que liga e desliga as luzes do teclado automaticamente.

O Galaxy Book S usa o processador Snapdragon 8cx, lançado em dezembro pela Qualcomm. De acordo com a Samsung, na comparação com o Galaxy Book 2, apresentado em 2018, o desempenho de CPU é 40% melhor e o desempenho gráfico é 80% melhor.

O aparelho tem 8 GB de RAM e será vendido em versões de 256 GB e 512 GB de armazenamento. Ele oferece suporte para cartões microSD de até 1 TB de armazenamento. O notebook ainda conta com uma porta USB-C e sai de fábrica com Windows 10.

Disponível nos Estados Unidos a partir de setembro, o Galaxy Book S será vendido nas cores prata e ouro por a partir de US$ 999 (aproximadamente R$ 3.965). Ainda não há informações sobre quando ele será lançado no Brasil.

Samsung Galaxy Book S

Samsung Galaxy Book S

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodrigo Sena

Sou burro para caceta, o Windows 10 que nem nessa bela maquina, é aquele que tem a capacidade de usar esse Snapdragon para emular rotinas do x86?

Lukasss

O orçamento: Com toda certeza....kkkkkk

Lukasss

Cara Mac é um ponto totalmente fora da curva...pode ser que a um tempo atrás ele fosse vendido para um nicho bem específico....mas na minha mais sincera opinião hoje é puro status....não posso afirmar com certeza, pois nunca tive um....e com os valores cobrados, nem penso em ter.....o problema é que mesmo os notebooks mais ásicos, hoje, estão ficando caros.....sei la, é dífícil falar....

Gabriel Leontine

Windows 10 S

Buldego

Aí já quer demais de mim.

tuneman

Essa lógica do notebook de US$1000 aplica-se também a quem compra um Mac?

Cortann

Windows 10 S, Pro ?

Thiago Rabelo

Impossível chegar no preço do F30. Ele custa US$ 400 e esse US$1000. Se usarmos a mesma conversão de preço do F30, esse virá por pelo menos R$ 5000.

Buldego

"e sai de fábrica com Windows 10."

tfpvzt

Qual o SO? Faltou falar

Luciano Zveiter

O problema desses dispositivos é o preço. Por enquanto só snapdragon topo de linha e eles são caros demais, não há custo benefício. Atende um nicho de mercado muito específico e a performance ainda não é legal.

Luciano Zveiter

Por ser snapdragon, que usa memória RAM e Storage no mesmo chip, pode ser que essa memória seja do tipo UFS 2.1 ou 3.0, que é levemente mais rápida que um SSD SATA III

Cazalbé

Incontextavelmente bonito!
Mas me parece mais vantajoso comprar um S10+ e usar com o módulo DEX.

Thiago Lopes

Não há a menor possibilidade de chegar a 23horas de duração fazendo um disquinho rodar a 5400 rpm...

X-Tudãoᴳᴼᵀ

Pela espessura dele com certeza não é um HD comum.

Exibir mais comentários