Tecnoblog
Início » Celular » Samsung Galaxy Fold é homologado pela Anatel com melhorias na tela dobrável

Samsung Galaxy Fold é homologado pela Anatel com melhorias na tela dobrável

Samsung Galaxy Fold possui tela dobrável mais resistente; celular virá com os fones de ouvido sem fio Galaxy Buds na caixa

A Samsung atualizou o Galaxy Fold para tornar a tela dobrável mais resistente e evitar que detritos entrem na dobradiça: essa nova versão do celular foi homologada pela Anatel, e sua venda está autorizada no Brasil. O smartphone virá com os fones de ouvido Galaxy Buds na caixa. Ele deve custar US‎$ 1.980 nos EUA, equivalente a R$ 7,8 mil; qual será o preço por aqui?

No Twitter, Everton Favretto aponta que o Galaxy Fold foi homologado novamente pela Anatel com o código SM-F900F. O celular dobrável já havia passado pela agência reguladora em abril, mas sofreu várias mudanças desde então.

A versão antiga do Galaxy Fold tinha lacunas muito grandes nas partes em que a tela dobrável encontrava a dobradiça, permitindo a entrada de partículas que poderiam danificar o display. O aparelho também vinha com uma película que parecia ser removível, mas não era.

Por isso, o Galaxy Fold recebeu quatro melhorias para ficar mais resistente:

Os documentos da Anatel incluem fotos que mostram essas melhorias. O espaço entre a dobradiça e a parte externa está menor do que antes; e a lacuna entre a tela e a dobradiça diminuiu bastante.

Samsung Galaxy Fold vem com fones Galaxy Buds na caixa

Os arquivos da Anatel também incluem o manual de instruções do Galaxy Fold. A Samsung avisa para não deixar o smartphone próximo de cartões magnéticos, relógios analógicos nem dispositivos de armazenamento, devido aos ímãs presentes no aparelho.

O Galaxy Fold tem resistência IP68 a água e poeira, mas a Samsung avisa que "ainda é possível que seu aparelho seja danificado em certas situações". Ela também pede para não dobrar o smartphone ao contrário.

Os fones de ouvido sem fio Galaxy Buds acompanham o Galaxy Fold na caixa; o manual ensina como pareá-los. Este celular não possui entrada de 3,5 mm para fone de ouvido, assim como o Note 10 e Note 10+. Há também um carregador de 15 W (9 V/1,67 A) para as duas baterias que, somadas, têm capacidade de 4.380 mAh.

Não há uma data de lançamento prevista para o Galaxy Fold no Brasil. Ele chegará em setembro a "mercados selecionados"; a Samsung promete revelar mais detalhes no futuro. O celular dobrável foi anunciado por US$ 1.980, e a empresa não diz se esse valor vai mudar.

Trecho do manual do Galaxy Fold: