Início » Celular » Samsung anuncia câmera de 108 megapixels que estará em celular da Xiaomi

Samsung anuncia câmera de 108 megapixels que estará em celular da Xiaomi

Samsung Isocell Bright HMX se aproxima de câmeras mirrorless; sensor para celular grava vídeo 6K e pode estar no Xiaomi Mi Mix 4

Felipe Ventura Por

A Samsung trabalhou de perto com a Xiaomi para criar um sensor de 108 megapixels para smartphones: o Isocell Bright HMX se aproxima de câmeras mirrorless com seu tamanho de 1/1,33 polegada, capaz de capturar mais luz e selecionar o nível de ISO mais adequado para cada situação. Ah, e ele consegue gravar vídeos em resolução 6K. O componente estará em um futuro celular da Xiaomi, provavelmente o Mi Mix 4.

Samsung Isocell Bright HMX

O Samsung Isocell Bright HMX é o primeiro sensor para celulares a ultrapassar os 100 milhões de pixels. Claro, mais megapixels não são garantia de melhor qualidade de imagem, mas podem ajudar. A tecnologia Tetracell combina quatro pixels de 0,8 μm para funcionarem como um só de 1,6 μm, gerando fotos de 27 MP; a ideia é capturar mais luz.

Este também é o primeiro sensor para celulares com 1/1,33 polegada (ou 0,75 polegada). Seu tamanho chega próximo ao de sensores de 1 polegada presentes em câmeras mirrorless como a Sony RX10 IV, Canon PowerShot G7 X Mark II e Panasonic Lumix DC-ZS200. Resta ver, no entanto, como será sua qualidade de imagem.

O Isocell Bright HMX também possui um mecanismo chamado Smart-ISO, que promete identificar a iluminação do ambiente para ajustar o ISO. Em lugares com muita luz, ele baixa o ISO para melhorar a saturação e produzir imagens mais vívidas. Enquanto isso, em cenas mais escuras, ele aumenta o ISO.

Em se tratando de vídeo, o sensor é capaz de chegar à resolução 6K (6.016 x 3.384) a 30 quadros por segundo. Enquanto isso, as fotos chegam a até 12.032 x 9.024 pixels.

Samsung Isocell Bright HMX

Xiaomi trabalhou com Samsung em sensor de 108 MP

Lin Bin, cofundador e presidente da Xiaomi, diz em comunicado que sua empresa trabalhou em estreita colaboração com a Samsung “desde o estágio conceitual inicial até a produção que resultou em um inovador sensor de imagem de 108 megapixels”.

A Xiaomi confirmou que lançará um smartphone com o sensor de 108 megapixels da Samsung, sem revelar mais detalhes. Rumores dizem que este será o Mi Mix 4 com processador Snapdragon 855 e leitor de digitais embutido na tela. O Isocell Bright HMX começará a ser produzido em massa ainda em agosto.

Com informações: Samsung, Gizmochina.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Hector Bonilla

Affffffff..... você quer em português, Vamos lá, quatro sites diferentes com Noticias do S7, S8 e S9, sendo que a ultima é de Portugal.

Mas se você continua tendo como fonte "vozes na minha cabeça", tudo bem é um direito seu.

https://www.tecmundo.com.br...

https://www.tudocelular.com...

https://mundoconectado.com....

https://androidgeek.pt/sams...

Fabio Santos

Até aonde sei a Samsung na câmera principal dos high end sempre usaram Sony, mais vamos lá então ver no tudocelular dos EUA, kkk.
Abraço

Hector Bonilla

Amigo, por favor... apaga que dá tempo. S5, S6, S7, S8, S9 e consequentemente a linha Note. Todos foram lançados tanto com sensor Sony como com sensor Isocell da própria Samsung. Era questão de Loteria, peguei um S6 com Sony, depois um S7 com Isocell e a diferença de qualidade era praticamente imperceptível.

https://www.phonearena.com/...

rmcrys

A Sony vende sensores de topo e não usava nos seus smartphones. Todo depende da estratégia da empresa e não da capacidade.

Eu acredito que o Note 10 foi o último smartphone de topo com sensor de 12 a 16 MP e que o S11 vai estrear algo de 20 a 30 MP com ainda mais qualidade. Se for um sensor de 108 megapixels com boa luz e que fica com 27 megapixels em pouca luz e com boa performance, então é muito bom.

Na realidade o que eu quero são uns 20-30 megapixels e ainda zoom ótico real de 5x mas lançado pela Samsung.

Fabio Santos

A Samsung desde o Galaxy S1 nunca teve coragem de usar seu sensor próprio os high end creio que não vai mudar, agora.

rmcrys

Na realidade o que se "precisa" é um tema dúbio. Um Renault Clio chega para andar, ir para o trabalho, mas um BMW é muito melhor, confortável, potente.

Para mim que tenho um S9 Plus, algo inferior não é aceitável. Com um (bom) sensor de 20 - 108 MP e zoom ótico, você tem uma câmara "profissional" sempre no bolso. 95% das minhas fotografias (e muitas foram usadas para impressão ou para algo profissional) foram tiradas com um S8 ou S9, isso porque no momento não tinha a minha câmara profissional.

Para atividade profissional você precisa de uma câmera profissional, mas também de um bom smartphone para tirar fotos naqueles momentos que a câmera não está lá, e até para editar as fotos.

Não esqueça que muitos sensores de smartphones de topo (Note 10, iPhone, P30 Pro) custam tanto ou mais que sensores de câmaras de 1" e o chip é muitíssimo mais potente que de muitas câmaras...

rmcrys

Está claro que a diferença entre 360p e 720p é muito maior que 1080p para 4K, mas só numa tela de smartphone não dá para ver a diferença! Numa TV, 1080p vs 4K é bem visível, então acima das 46" nem se fala...

Mas você esquece muita coisa no tema: quando você filma em 6K ou 8K, você pode cortar a imagem (crop) ou eliminar movimentos e ainda assim terminar com um vídeo (real) 4K. Se você faz o mesmo num vídeo 4K, então na realidade você terá um vídeo com 2.x a 3.x K "puxado" para 4K.

As Sony A7R3 ou 4 e muitas outras, elas filmam 4K mas a imagem é a total do sensor (5K ou mais) comprimida em 4K. O resultado é muitíssima mais informação mesmo sendo 4K.

Felipe Liʍa

Ou eles podem usar esta parceria para aperfeiçoar o seu sensor pra lançar eles nos seus aparelhos

Corvo

Já está num ponto que as resoluções estão ultrapassando a "qualidade" da visão humana, 4k, 6k, 10k, tanto faz, acima de 1080p pra mim tudo já parece praticamente a mesma coisa..

Matheus Pratta

Na real depende muito, qualidade em fotografia é algo super relativo hoje em dia. Tem quem ache que o celular é melhor só por ter um modo retrato ligeiramente melhor, enquanto outros preferem ver megapixels. No fundo, a quantitade de luz que atinge o sensor continua a mesma, exceto que com mais megapixels, cada pixel vai absorver menos luz, que pode acabar prejudicando fotos em baixa luz. Mas como disse, é relativo. Meu celular anterior era um Mi 5s, com sensor traseiro de 12MP idêntico ao do Pixel 1, atualizei esse ano para um Poco F1, com sensor traseiro de 12MP também idêntico ao do Pixel 3, e notei uma melhora considerável de qualidade, mesmo a resolução se mantendo a mesma.

E não é necessariamente porque uma pessoa não usa uma determinada função que outras não usem. A variedade está aí justamente para atender quem precisa ou não de mais ou menos funcionalidades :)

Fabio Santos

Hoje tudo é correria tecnológica, parece muitas vezes que recebemos vários betas kkk.
Mais sempre que usei os sensores da Samsung em câmera não gostei.

The ßaluart

Problema dos fabricantes ultimamente é disputa por que vai lança primeiro, e não procurar oque realmente o consumidor quer. Lança smart com furo na tela, modem 5G, tela curvada, etc. Poucas coisas úteis, só tamanho e designer. Quem realmente precisa de um sensor com 108 Mp compra uma câmera profissional. Certo ou estou errado?

Aucimar Santos

Não é que ela confia, ela vende, o engraçado é que a Samsung fábrica quase tudo, e monta seus tops, cheio de problemas, cada lançamento um novo problema.

Uriel Dos Santos Souza

Essa corrida é uma besteira. Tem coisas melhores para fazerem com os sensores!

Fabio Santos

Nem a Samsung confia no sensor da marca nos high end ai já viu.

Exibir mais comentários