Início » Gadgets » Huawei lança TV Honor Vision com HarmonyOS e câmera retrátil

Huawei lança TV Honor Vision com HarmonyOS e câmera retrátil

Guerra comercial de Donald Trump com o governo chinês pode atrapalhar o lançamento fora da China

André Fogaça Por

A Huawei anunciou o lançamento do primeiro dispositivo que já traz o recente HarmonyOS embarcado e ele não é um smartphone, mas sim uma TV da Honor e que tem o nome de Honor Vision. Um dos recursos mais curiosos deste televisor é a presença de uma câmera retrátil, nos mesmos moldes das câmeras que saltam do corpo de celulares.

TV Huawei Honor Vision

Antes de mais nada, sim, a TV tem exatamente o mesmo nome da subsidiária da Huawei que faz smartphones e acessórios para estes aparelhos. Desta vez a marca criou uma TV de 55 polegadas e que oferece mais recursos inteligentes do que apenas acesso para serviços de streaming.

Ela tira proveito de ferramentas que estão no HarmonyOS, sistema operacional da Huawei que pode substituir o Android nos smartphones e estará em diversos dispositivos da empresa chinesa - o HarmonyOS já circulava pela Huawei desde 2012. Uma delas é a câmera Full HD que sai do corpo da TV e que é capaz de reconhecer o usuário que está no sofá, rastrear a posição do corpo no ambiente e até a postura que a pessoa está fazendo. Além de monitorar o usuário, ela também pode ser utilizada para chamadas de vídeo.

Além disso, a Honor Vision utiliza um sistema de compartilhamento de imagens entre dispositivos que promete ser 100 vezes mais veloz do que a conexão Bluetooth, junto de chip Wi-Fi da própria Huawei e que permite downloads em até 1,7 Gbps - o suficiente para baixar um filme 4K em poucos segundos.

Para isso a TV utiliza um processador Honghu 818 que trabalha com oito núcleos, junto de 2 GB de RAM, que entregam HDR e redução de ruído nas imagens, além de painel que oferece local dimming, recurso que aumenta o contraste em telas que não são OLED. A resolução da tela é 4K e existem dois modelos, sendo um com 16 GB e outro com 32 GB de memória interna.

O preço sugerido no lançamento é de aproximadamente US$ 680 (pouco mais de R$ 2,7 mil) para o modelo com mais memória e US$ 538 (quase R$ 2,2 mil) para a versão com metade do espaço interno. O lançamento na China está marcado para o dia 15 de agosto deste ano, mas como a guerra comercial entre Donald Trump e o governo chinês continua de pé, o lançamento deste a Honor Vision em terras americanas pode não acontecer.

Com informações: Engadget e Mashable.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Genumano

Lembrando que os vídeos educativos com fins científicos podem ser sobre anatomia, exercícios físicos com repetições (agachamento, por exemplo), reações a estímulos visuais e táteis e reprodução humana.

Genumano

Xvídeos ou chantagem, no caso de um hacker e vigilância, no caso do governo.

Genumano

Nada de intimidades na frente da TV, você pode aparecer no Xvideos.
Não sei que tara os órgãos de imprensa tem de ficar insinuando que o HarmonyOS poderá substituir o Android. A própria Huawei já disse que não e mesmo que dissesse que sim, jamais conseguiria.

SmokingSnake

Huawei tem que ser banida mesmo, é um instrumento de espionagem do governo chinês, além da China proibir várias empresas de tecnologia, como o google, lá então que façam o mesmo com as empresas chinesas.

algorges

tudo que esquerdista gosta kkkkkk

arlindo ferreira

A turma conspiracionista vai infartar com esse lançamento, temos ai um super tablet.

Allyson

Que texto estranho kkkk

SR 71 Pássaro Preto

Agora o cidadão chinês vai ter o direito de ser monitorado na própria casa...

Buldego

Dessa vez Pablo Vittar foi longe demais.

Buldego

Gestos.

Ed. Blake

Aquela sensação dahora de você estar sozinho à noite na sala vendo vídeos educacionais para propósitos científicos e, do nada, a câmera levanta... ( ͡° ͜ʖ ͡°)

You've been Huawei'd!

Thiago Calazans

Pra rastrear as pessoas, descobrir quando estão deitadas em seus sofás/camas e coordenar um ataque de chineses na casa dos cidadãos, a fim de dominar países e implantar o socialismo em todo o planeta.

Rodolpho Camargo

"Uma [das ferramentas

Alessandro

Hahaha, eu imaginei que fosse para vídeo chamadas e controle do brilho, mas quando falou que ele percebe o lugar e como o cara tá sentado, não consegui deixar de pensar no grande irmão

Magnosama

Uma coisa que gostei,
foi investir em processador e armazenamento interno,
deixando claro a capacidade de cada um nas caracteristicas da tv,
me parece um caminho sem volta nas tvs, e que é bem confuso nas tvs vendidas atualmente.
Vc nunca sabe claramente qual é a capacidade de armazenamento de uma tv, e muito menos o que o processador dela é capaz de fazer. Inventam um nome pomposo pro processador é é isso...

Exibir mais comentários