Início » Celular » Como transformar o cartão SD em memória interna

Como transformar o cartão SD em memória interna

Aprenda como transformar um cartão SD em memória interna mesmo se o Android não exibir a opção nas configurações

Por
13/08/2019 às 16h41

É possível transformar um cartão SD em memória interna do seu celular Android, de modo que ele passe a ser usado como uma extensão do espaço padrão ao invés de uma unidade separada. O processo é bem simples, desde que a opção esteja habilitada.

Entrada para cartão microSD / como transformar cartão sd em memória interna

Como transformar um cartão SD em memória interna

O recurso para unificar o espaço de memória interna o celular e o de um cartão microSD foi introduzido no Android 6.0 Marshmallow. Portanto, seu smartphone deve rodar esta versão ou posterior. Dê preferência a cartões de memória de qualidade e próprios para a instalação de apps, como os categoria A1, como já explicamos.

Com tudo em mãos, vamos transformar o cartão SD em memória interna.

Android / como transformar cartão SD em memória interna

  1. Abra o app Configurações e toque na opção “Armazenamento”, Armazenamento e USB” ou equivalente (varia conforme o fabricante);
  2. Toque em “Cartão SD”;
  3. Toque em “Opções” (os três pontinhos) e depois em “Configurações”, “Configurações e armazenamento” ou correspondente;
  4. Toque em “Formatar como interno” e depois em “Limpar e formatar”, “Formatar cartão SD” ou a opção correspondente.

E pronto.

Ao fazer isso, seu cartão SD será transformado numa extensão do espaço interno do seu celular Android, armazenando tanto arquivos quanto apps.

Para voltar a usar o cartão SD como uma memória separada, faça o seguinte:

  1. Abra o app Configurações e toque na opção “Armazenamento”, Armazenamento e USB” ou equivalente (varia conforme o fabricante);
  2. Toque em “Cartão SD”;
  3. Toque em “Opções” (os três pontinhos) e depois em “Configurações”;
  4. Toque em “Formatar como portátil” e depois, em “Formatar”.

E pronto.

A opção não aparece, e agora?

Muitos fabricantes escondem a opção de formatação do cartão SD como memória interna, mas ainda é possível usa-la. Para isso você vai precisar de um computador Windows 10 e do pacote ADB e Fastboot, ferramentas usadas também para instalar outras ROMs no celular Android, como o LineageOS.

Primeiro, você terá que ativar a depuração USB em seu celular Android:

Android / depuração USB / como transformar cartão SD em memória interna

  1. Abra o app Configurações e toque em “Sobre o telefone”;
  2. Toque em “Informações do software”;
  3. Toque várias vezes sobre “Número da compilação” ou “Número da Build” (varia conforme o fabricante), até o celular informar que você agora é um desenvolvedor;
  4. Volte para a tela principal de Configurações e toque em “Opções do desenvolvedor/programador”;
    Em alguns aparelhos, a opção está dentro do menu “Sistema”;
  5. Ligue a chave “Depuração USB” e confirme.

Feito isso, é hora de forçar o Android a exibir a opção de formatação como memória interna:

ADB e Fastboot no Prompt de Comando / como transformar cartão sd em memória interna

  1. Acesse developer.android.com e baixe o pacote com ADB e Fastboot;
  2. Extraia o pacote para a pasta raiz do seu computador;
    Para facilitar o processo, renomeie a pasta “platform-tools” para “adb”;
  3. Conecte o seu celular Android ao computador;
  4. Digite “cmd” (sem aspas) no campo de busca do Windows 10 e tecle “Enter”;
  5. No Prompt de Comando, digite “cd\adb” (sem aspas) e tecle “Enter”;
  6. Para confirmar que o celular foi reconhecido, digite “adb devices” (sem aspas) e tecle “Enter”.
    O prompt deverá retornar uma mensagem com a palavra “device” e um número, indicando que ele reconheceu o aparelho;
  7. Digite “adb shell” (sem aspas) e tecle “Enter”;
  8. Digite “sm set-force-adoptable true” (sem aspas) e tecle “Enter”;
  9. Digite “exit” (sem aspas) e tecle “Enter” para fechar o adb.

Feitos esses passos, você já pode desconectar o celular do computador e realizar o procedimento, pois a opção para formatar o cartão SD como memória interna estará disponível de forma permanente.