Início » Negócios » Segway-Ninebot lançam patinete elétrico que vai sozinho à estação de recarga

Segway-Ninebot lançam patinete elétrico que vai sozinho à estação de recarga

O patinete elétrico KickScooter T60 será vendido a partir de 2020 com foco em empresas como Uber e Lyft

Por
19/08/2019 às 15h49

Muitos serviços de compartilhamento de patinetes elétricos adotam o modelo dockless, em que usuários não precisam ir à estação de recarga no início ou no final de seus trajetos. O formato obriga as empresas a recolherem os veículos, mas a tarefa pode acabar com um novo patinete da Segway-Ninebot.

Batizado de KickScooter T60, ele consegue voltar sozinho para sua estação de recarga. Com o patinete semi-autônomo, Segway-Ninebot pretendem dispensar o trabalho manual que as empresas têm para organizar seus patinetes nas estações.

O modelo, que conta com duas rodas dianteiras e uma traseira, depende inteligência artificial e controle na nuvem para se dirigir a um ponto de recarga. À Reuters, o CEO da Ninebot, Gao Lufeng, afirmou que ele pode melhorar radicalmente o mercado de patinetes compartilhadas.

O KickScooter T60 deverá passar a ser vendido apenas no primeiro trimestre de 2020 e não será barato: o equipamento deverá ser vendido por 10 mil yuans (cerca de R$ 5,7 mil). Para se ter uma ideia, o preço dos patinetes convencionais da Segway-Ninebot varia de R$ 400 a R$ 1.200.

Segundo a fabricante, Uber e Lyft demonstraram interesse no novo patinete. A Lyft afirmou à Reuters que está sempre interessada em ver inovações de parceiros como Segway-Ninebot, mas esclareceu que não assumiu compromisso com o produto. A Uber preferiu não se pronunciar.

A criadora do KickScooter T60 foi fundada em 2015 pela união da fabricante chinesa de eletrônicos Ninebot e da companhia americana de mobilidade Segway. Juntas, elas se tornaram as maiores fabricantes de patinetes elétricos e chegaram a vender 1,6 milhão de equipamentos em 2018.

Com informações: The Verge,.