Início » Internet » Instagram paga prêmio para quem descobrir apps que abusam de dados dos usuários

Instagram paga prêmio para quem descobrir apps que abusam de dados dos usuários

Facebook já pagou recompensas de US$ 40 mil para serviços que usam dados de forma indevida

Por
20/08/2019 às 09h46

O Facebook expandiu na segunda-feira (19) o Programa de Caça ao Abuso de Dados, que identifica aplicativos que coletam dados dos usuários e os repassam indevidamente para terceiros. O programa, que pagou recompensas de até US$ 40 mil para descobertas de serviços maliciosos no Facebook, também passa a ser válido para o Instagram.

Instagram IFTTT

Trata-se de uma evolução do programa de recompensas que o Facebook anunciou em abril de 2018, após o escândalo Cambridge Analytica. Na época, 87 milhões de pessoas que fizeram um teste de personalidade tiveram seus dados indevidamente usados por uma empresa de análise para fins comerciais, sendo que Donald Trump, então candidato à presidência dos Estados Unidos, era seu principal cliente.

São elegíveis para denúncia os aplicativos que tenham mais de 10 mil usuários; que ainda não sejam de conhecimento ou objeto de investigação do Facebook; e que acessam e armazenam dados de usuários. O Engadget nota que qualquer aplicativo que solicite o nome de usuário e a senha do Instagram pode ser denunciado; antes, era preciso comprovar que um terceiro estava cometendo abusos.

Caso a denúncia seja aceita, o Facebook tomará ações como “exclusão do aplicativo de nossa plataforma; início de uma auditoria forense de sistemas relacionados; e medidas legais contra a empresa e terceiros relevantes”. As investigações podem demorar de três a seis meses, segundo o Facebook. Não há um valor máximo definido para as recompensas, mas a empresa já pagou US$ 40 mil para abusos de alto impacto.

Você pode denunciar um caso de abuso de dados nesta página do Facebook. É necessário informar o nome do aplicativo, a quantidade de usuários afetados e quais tipos de dados estão sendo coletados.

Mais sobre: ,