Início » Computador » Intel Comet Lake são os novos processadores da 10ª geração de chips Core

Intel Comet Lake são os novos processadores da 10ª geração de chips Core

São oito chips Core i3, i5 e i7 nesta leva, todos ainda baseados em 14 nanômetros

Emerson Alecrim Por

A décima geração de processadores Core não se limita aos chips Ice Lake que a Intel apresentou no início do mês. A companhia escolheu esta quarta-feira (21) para anunciar outra parte da família: os processadores Intel Core i3, i5 e i7 Comet Lake de séries U e Y.

Intel Core de décima geração

Os chips Ice Lake marcam a chegada da Intel ao segmento de processadores de 10 nanômetros. Isso nos leva a pensar que, a partir de agora, a Intel vai aposentar a tecnologia de 14 nanômetros, certo? Só que não é bem assim: tal como alguns rumores anteciparam, os modelos Comet Lake trazem uma versão ainda mais otimizada dessa litografia.

Além de mais um refresh da tecnologia de 14 nanômetros, esta leva de modelos Comet Lake é caracterizada por chips com até seis núcleos e 12 threads, frequência máxima de 4,9 GHz, até 12 MB de cache, GPU integrada UHD Graphics e TDP de até 25 W.

Fora isso, os novos processadores da Intel trazem suporte a memórias DDR4 de até 2.666 MHz, LPDDR3 de até 2.133 MHz e LPODDR4x de até 2.933 MHz na série U. Já a série Y suporta chips LPDDR3 de até 2.133 MHz.

Intel Comet Lake

Assim como os processadores Ice Lake de 10 nanômetros, os chips Comet Lake são voltados principalmente a ultrabooks e laptops conversíveis, mas têm mais ênfase em produtividade e atividades profissionais (enquanto os Ice Lake são mais indicados para estudos, vídeos e jogos casuais, por exemplo). Isso sugere que esses processadores deverão cobrir uma variedade maior de computadores, incluindo equipamentos para uso corporativo.

Estamos falando de oito modelos:

Série U Núcleos / Threads Clock (GHz) Cache (MB) Gráficos (EUs)  Clock máx. gráficos (GHz) TDP
Core i7-10710U 6 / 12 1,1 / máx. 4,7 12 UHD (24) 1,15 15-25 W
Core i7-10510U 4 / 8 1,8 / máx. 4,9 8 UHD (24) 1,15 15-25 W
Core i5-10210U 4 / 8 1,6 / máx. 4,2 6 UHD (24) 1,1 15-25 W
Core i3-10110U 2 / 4 2,1 / máx. 4,1 4 UHD (23) 1 15-25 W
Série Y Núcleos / Threads Clock (GHz) Cache (MB) Gráficos (EUs)  Clock máx. gráficos (GHz) TDP
Core i7-10510Y  4 / 8 1,2 / máx. 4,5 8 UHD (24) 1,15 4,5-9 W
Core i5-10310Y 4 / 8 1,1 / máx. 4,1 6 UHD (24) 1,05 5,5-9 W
Core i5-10210Y 4 / 8 1 / máx. 4 6 UHD (24) 1,05 4,5-9 W
Core i3-10110Y 2 / 4 1 / máx. 4 4 UHD (24) 1 5,5-9 W

Em comum com os modelos Ice Lake, os chips Comet Lake trazem suporte a até quatro portas Thunderbolt 3, padrão de conexão que permite taxas de transferência de dados de até 40 Gb/s (gigabits por segundo), e ao Wi-Fi 6 (Wi-Fi 802.11ax), sucessor do Wi-Fi 802.11ac (agora chamado de Wi-Fi 5).

PCI Express 4.0? Não foi dessa vez: o PCIe 3.0 continua reinando soberano aqui.

A Intel diz que, na comparação com as gerações anteriores, os processadores Comet Lake série U e Y têm desempenho até 41% superior na execução do Office 365. Esse ganho é de 16% se consideramos o desempenho geral.

Os primeiros computadores baseados nos novos processadores serão lançados até o fim do ano por marcas como Lenovo, Asus e Dell. Entre eles estarão modelos compatíveis com o Projeto Athena, programa que visa trazer ao mercado uma categoria de laptops tão ou mais avançada que a dos ultrabooks.

Não há comentários por parte da Intel, mas rumores indicam que os processadores de arquitetura Comet Lake-S, voltados a desktops, serão anunciados no primeiro ou segundo trimestre de 2020. Fala-se que esses chips terão até dez núcleos, TDP de 125 W e um novo socket.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sergio Kraemer
"parece"?
MalarKeY
Ai meu dels, socket novo, de novo. Eu entendo a situação, mas deveriam ao menos tentar em aproveitar o socket da da geração anterior. Parece que fazem de propósito.
Thiago Mobilon
Desativamos aqui formatos que podem ocupar muito espaço de tela no Mobile. Chequem aí!Só não temos controle quando uma rede infiltra um ad interstitial. Aí temos que bloquear manualmente
doorspaulo
Só a título de curiosidade, uso o Firefox no smart, e as propagandas são menos invasivas.
Thiago Mobilon
Entendi! Vou ver o pq desses ads enormes estarem entrando, não era pra estar assim. Estou anotando tudo aqui pra ajustar.
Thiago Mobilon
Se você estiver interessado em fazer uma crítica construtiva, eu vou te ouvir. Esse comentário de hater eu só vou ignorar.
Saotome Ranma
o problema eh q o spectre / meltdown afetam a arquitetura Core[o problema tah numa funcionalidade de prediçao de carga (q o processador aumenta a performance conforme a carga q ele "acha" q vai receber)
Firmino Gomes
ainda há brechas no nível de spectre ou meltdown? já não foram "mitigadas" com as novas revisões de mircro-code, e até a nível de software? tipo, c++ et al?
Firmino Gomes
não sei qual o problema da galera com os 14nm... o povo fala como se fossem suuper esclarecidos sobre litografia, e que de fato, a intel lançar um processador com 10 ou menos nanômetros de litografia seria a melhor coisa do mundo... o 9th GEN de 14nm até o momento é o melhor processador que já tive, com desempenho e o mínimo de problemas em compilações complexas. tenho um de 7th gen que é terrível em instruções por clock, e pior ainda em eficiência térmica. Deixa os caras refinarem o 14nm, e quando vir, um de litografia menor, que seja melhor que o 9th gen.
Neolantic
Em pleno 2019 e a intel ainda faz notebook com placa integrada fraca pra cara*** quando poderiam estar colocando umas dedicadas tipo MX 940 e por ai vai. Desperdício de investimento e burrice
Keaton
Os da série Y também não eram ruins. Claro, eram feitos pra baixissimo consumo, não alto desempenho.
ochateador
Apenas avisando que quando o chrome para Android resolve carregar em AMP o site fica uma bela bosta de usar.Preciso editar a url manualmente para remover o AMP e forçar navegação "normal" e o site ficar usável.
Saotome Ranma
soh desligue o HyperThreading do seu processador pra mitigar as brechas d segurança dele 😅
Mateus B. Cassiano
O problema é no layout móvel (sem ser a versão AMP). Todo artigo tem pelo menos 2 ads gigantes desse da foto no meio do texto, a diferença é que aqui aparece apenas um espaço em branco por conta do bloqueador de propagandas, que infelizmente não tem mais condições de ficar desligado no Tecnoblog...
Thiago Mobilon
Oi Michael, tudo bem?Eu to tentando entender que anúncio é esse, já que não veiculamos formatos grandes assim. Você estava no layout móvel, app ou AMP?
Diogo
E tome novo socket
Michael Batista
Como é que dá pra ler o conteúdo com está propaganda enorme no mobile, aí fica difícil acompanhar o ótimo conteúdo de vocês, por favor revisem isso por gentileza !!!https://uploads.disquscdn.c...
biscoitao
"...refresh da tecnologia de 14 nanômetros""...TDP de 125 W e um novo socket."Nada de novoArquitetura 14+++++++++++++++Pega a quantidade de + na arquitetura e multiplica por quatro. O resultado é a quantidade de soquete diferente
Credulos
Mas não falei nada da U, pelo contrario disse que esta bem interessante, o problema ai é na Y.
Fabio Santos
A Intel ainda insiste nesta tecnologia optane investe melhor no marketing da ssd próprias que já são fantásticas.
Diego Oliveira
14 nanômetros ainda?
Keaton
Os U de nona geração não eram tão ruins.
Fabio Santos
Feliz com meu i5 7200u chega de ficar toda vida mudando para novidades kkk.
avinicius
Skylake Refresh Refresh Refresh Refresh
Credulos
Esses series U estão bem interessantes, mas esse TDP da serie Y sem duvidas não vai da pra esperar muita coisa deles, vai ser baixo, muito baixo consumo de energia, agora é saber o quanto isso ira refletir no desempenho.
Luizx
O cometa chegou 😄
Anderson Silva
Sim, a Intel está avançando e melhorando seus SKUs mas fica evidente o quanto ela ficou pra trás em relação à AMD, nesses últimos anos.