Início » Aplicativos e Software » YouTube encerra recurso de envio de mensagens e irrita jovens

YouTube encerra recurso de envio de mensagens e irrita jovens

Área de mensagens é utilizada por jovens que estão com apps de redes sociais bloqueados pelos pais

Por
21/08/2019 às 18h25

O YouTube encerrará a ferramenta de envio de mensagens dentro da própria plataforma de vídeos. O fim deste recurso está marcado para o dia 18 de setembro deste ano, mas pode acontecer com alguns usuários antes mesmo da data oficial divulgada pela própria empresa.

fim youtube mensagens

O fim do serviço está na área de mensagens de todas as pessoas, mas a nota oficial do YouTube não diz qual motivo fez a plataforma desistir do chat interno entre usuários. Nela o YouTube diz que até o compartilhamento de vídeos via mensagens deixará de existir, oferecendo apenas uma ferramenta do próprio Google para baixar todo o histórico de mensagens.

“Há dois anos, lançamentos um recurso para compartilhar vídeos por meio de mensagens diretas no YouTube. Desde então, também nos concentramos em conversas públicas com atualizações nos comentários, posts e stories. Estamos constantemente reavaliando nossas prioridades e decidimos descontinuar o recurso de mensagens diretas do YouTube enquanto focamos nas melhorias de conversas públicas”, diz a nota publicada.

youtube mensagens

Chama atenção a brevidade da vida do Mensagens, que foi lançado em agosto de 2017 e está disponível tanto na versão do YouTube em apps para smartphones e tablets, como para o site que é acessado nos computadores. O foco em conversas públicas está relacionado com os comentários, que recentemente foram alinhados para até ficarem escondidos no app para Android.

O curioso é que muitos jovens estão reclamando na área de comentários do aviso do YouTube, afirmando que este era o único meio de comunicação virtual com outros amigos. Alguns alegam que como não podem utilizar redes sociais, acabam escolhendo o YouTube como mensageiro oficial. Certamente o bloqueio para apps como Facebook e Twitter vem dos pais, que não sabem que o site de vídeos do Google também conta com uma área para conversas particulares.

Com informações: TechCrunch e 9to5Google.

Mais sobre: