Início » Aplicativos e Software » Instagram dobrou número de anúncios no app por ordem do Facebook

Instagram dobrou número de anúncios no app por ordem do Facebook

Instagram teve faturamento superior a US$ 10 bilhões em 2018; usuários e anúncios estão migrando do Facebook

Felipe Ventura Por

O Facebook ordenou o Instagram a dobrar a quantidade de anúncios dentro do app, com o objetivo de aumentar o faturamento à medida que as pessoas deixam de usar o feed de notícias e migram de rede social; é o que revela uma reportagem do The Information sobre os bastidores das duas empresas. O faturamento do Instagram saltou de US$ 1 bilhão para US$ 10 bilhões em apenas dois anos.

Instagram na tela com login do Facebook

Adam Mosseri se tornou chefe do Instagram depois que os cofundadores Kevin Systrom e Mike Krieger se demitiram de seus cargos e deixaram o Facebook. “Nos cerca de 11 meses desde que Mosseri assumiu… o Facebook ordenou que o Instagram dobrasse o número de anúncios no aplicativo”, segundo o The Information.

No final do ano passado, a equipe de anúncios do Instagram recebeu a ordem de aumentar a quantidade de propagandas. Em 2018, o faturamento do Instagram ultrapassou US$ 10 bilhões, um crescimento bastante notável; a receita foi de US$ 1 bilhão em 2016.

O Instagram já tinha anúncios no feed e nos Stories; desde junho, também é possível encontrá-los na aba Explorar. Esta seção é acessada por 50% dos usuários todo mês; segundo a empresa, “é um dos melhores locais para as pessoas descobrirem, comprarem e se conectarem com outras pessoas, negócios e criadores de conteúdo”.

Além disso, o Instagram vem testando a ferramenta Checkout para vender produtos diretamente através do aplicativo, seja através do feed ou dos Stories, com pagamento nativo via cartão de débito ou crédito.

Instagram Checkout

Usuários (e anúncios) migram do Facebook para Instagram

Por que tudo isso? O Facebook ainda depende bastante dos anúncios no feed de notícias, mas sabe que os usuários estão migrando para o Instagram — assim, as propagandas também estão mudando de lugar. Um analista estima que o Instagram terá receita de US$ 15,8 bilhões em 2019, cerca de 23% do total do Facebook.

Os cofundadores do Instagram deixaram a empresa porque Mark Zuckerberg queria exercer mais controle sobre o aplicativo. O CEO conseguiu, é claro: o aplicativo agora adota o nome “Instagram do Facebook” em algumas partes da interface; e o Direct deve ser integrado ao WhatsApp e Messenger. Além disso, funcionários do Instagram e WhatsApp estão sendo migrados para contas @fb.com de e-mail corporativo.

Com informações: Mashable.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

PinPortal ✔️

Então, você percebe que isso é a pura hipocrisia, quando o Tumblr (que era sem anúncios e limpo, como o Instagram e o whatsapp) foi comprado pelo Yahoo e depois pela Verizon. Da mesma forma que whatsapp e Instagram pelo Facebook.

Yahoo colocou anúncios. Verizon continuou com anúncios e restringiu a política de conteúdo pornográfico. Beleza. Aí a Verizon procurava um comprador. A dona do WordPress pagou US$3 milhões por uma rede que o fundador do Tumblr recebeu US$ 1,1 bilhão do Yahoo.

Se eles amassem mesmo o negócio que eles criaram, o próprio fundador do Tumblr teria recomprado o Tumblr por US$ 3 milhões para voltar a sua essência e deixá-lo "legal" novamente. Só que esse legal novamente não paga as contas.

Aplicativo sem anúncios ou sem cobrança de assinatura só vive se tiver milhões de investimento de algum fundo de investimento que acredita naquela empresa e que espera vender as ações para uma grande empresa por bilhões (e com isso cobrir os milhões perdidos até chegar nesse dia).

Se o whatsapp fosse virasse um ICQ com pouquíssimos usuários e o Facebook quisesse vendê-lo, você acha que os fundadores iriam querer comprar? Que nada. Eles querem grana. Uma rede fadada ao fracasso, sem perspectiva de futuro não vale a pena pra eles.

Agora um dos fundadores do whatsapp fez esses discurso pra deletar o facebook, porque espera que milhões de pessoas ouçam ele e migrem para o signal, que ele investiu. Aí supondo que o signal cresça. Ele vai e vende para alguma dessas empresas bilionárias que vivem de anúncios.

Não confie nesses fundadores de startup. Eles vão vender para quem pagar mais. E dane-se a privacidade e a experiência do aplicativo para os usuários depois. É capitalismo. Bilhões no bolso e só isso.

Rodrigo T.

Ainda sonho com uma forma de bloquear os anuncios do IG...do FB tah filé!

ricms

Pi-Hole é vida.

Igor Pissolati

Anúncios no tecnoblog? Rapaz nunca vi isso deixa eu perguntar aqui pro meu Pi-Hole se ele sabe o que é...
É ele também n sabe

Igor Pissolati

Oh shit here we go again

daymon81

Pode encher, pode triplicar eu "amo" redes sociais.

Wellington Gabriel de Borba

Tá tão ruim pra dar like nos boys sem camisa.

Souza

Se deu para minha esposa e filha reclamarem de anúncios abusivos no Instagram, é porque a coisa tá mesmo feia.

Da Silva

Há um tempo atrás, eu tinha um álbum de fotos no celular, no qual eu só adicionava fotos de coisas aleatórias e, que ficavam o mais parecida de uma câmera profissional (eu disse parecida). Até que comecei a observar o instagram como meu álbum de fotos; não alimento todo dia, nem fico com a preocupação de ter que adicionar alguma foto pra "movimentar o feed". Só deixo ele lá, minha prostituta, uso e vou embora.
É um hoby.
Enquanto não tenho uma câmera profissional, vou me divertindo com meu J4+. Sem a preocupação de ter que agradar os outros.

Leandro Amaral

Parei de usar com frequência por isso, virou uma vitrine de shopping; a cada 2 ou 3 stories de amigos pula uma propaganda e muita das vezes com 3 vídeos.

Leandro Amaral

Parei de usar drasticamente Instagram desde que virou essa vitrine de shopping, a cada 2 ou 3 stories pula uma propaganda (e muitas com 3 stories), só tô entrando pra algo pontual.

Frederico Martins

Mais uma rede social para abandonar. Que venha a próxima...

Anakin

Bom, os fundadores, que eu saiba, nunca falaram, tanto que meu primeiro comentário começa assim: "Queria ver... será que se arrependeram?" Sobre o sucesso das redes eu realmente duvido. Tanto o Instagram quanto o Whats já tinham caído em gosto popular bem antes da compra, tanto que o Facebook fez a proposta. Mas como eu disse, nunca saberemos, pois teríamos que mudar o passado, caso exista universos paralelos, um dia saberemos haha

X-Tudãoᴳᴼᵀ

eu nunca prestei atenção, vejo que e anuncio já pulo sem ver do que se trata.

André G

O problema de colocar muitos anúncios é que o usuário acaba não dando mais importância ao anúncio, com o tempo ele passa a ignorar e pular o anúncio sem nem pensar, logo, o anúncio perde a utilidade, pois só serve pra incomodar o usuário e não apresenta um impacto real nos resultados.

Eu não presto mais atenção nos anúncios dos stories, já virou algo automático pular os anúncios. Hoje mesmo devo ter visto pelo menos uns 10 anúncios nos stories e não lembro de nenhum deles.

Exibir mais comentários