Início » Negócios » Dois membros da Associação Libra querem desistir de criptomoeda do Facebook

Dois membros da Associação Libra querem desistir de criptomoeda do Facebook

Os representantes do Facebook estariam irritados com a falta de apoio de parceiros à criptomoeda

Victor Hugo Silva Por

O Libra foi apresentado em junho como um projeto do Facebook com outras 27 empresas, que formam a Associação Libra. A criptomoeda ainda não saiu do papel, mas já corre o risco de perder o apoio de dois parceiros.

Facebook Libra

A informação é do Financial Times, que não revelou quais seriam as empresas. De acordo com o jornal, elas afirmam estar preocupadas com as ações de reguladores dos Estados Unidos e da União Europeia e estudam cortar laços com a Associação Libra.

O grupo inclui empresas como Visa, Mastercard, PayPal, Uber, Lyft, Spotify, eBay, MercadoPago e Calibra, a subsidiária do Facebook para serviços financeiros. Cada uma delas investiu US$ 10 milhões no projeto.

Apesar disso, pessoas próximas à criptomoeda afirmam que a falta de apoio público por integrantes da Associação Libra tem irritado o Facebook. Segundo os relatos, representantes da empresa entendem ser os únicos trabalhando para tirar o Libra do papel.

“Acho que será difícil para os parceiros que querem ser vistos como em conformidade [com seus próprios reguladores] estar lá fora, apoiando [o Libra]”, afirmou um dos parceiros da associação ao Financial Times, que informa que esta é a situação de uma terceira empresa.

O jornal diz ainda que duas das empresas mantêm discussões sobre quais seriam os “próximos passos corretos” a se tomar. Elas estariam preocupadas com reguladores, que questionam riscos do projeto com crimes de lavagem de dinheiro e evasão fiscal.

“Algumas dessas conversas [sobre regulamentação] deveriam ter ocorrido antes do lançamento, para entender como os reguladores pensariam sobre isso, para que não houvesse tanta reação”, disse uma das fontes do FT.

Enquanto o Libra não é lançado, ele já é usado para aplicar fraudes na internet. Segundo o Washington Post, perfis e páginas no Facebook e no Instagram estão usando o material divulgado pelo Facebook para se passarem por canais de venda do Libra.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

johndoe1981

Como cantei a bola, o Facebook não passa nenhuma credibilidade pra encabeçar o gerenciamento dessa criptomoeda.

Tiago Celestino

Pois é. Eu argumentei isso desde do inicio desse negócio. Ñ duvido que seja colocado na lixeira mesmo depois de tanto dinheiro investido.

Igor Pissolati

Eles realmente pensavam que era uma boa ideia financiar uma criptomoeda ligada ao nome do Facebook? Logo o Facebook que é conhecido pela censura e coleta de dados?