Início » Computador » Microsoft pode anunciar Surface com duas telas em 2 de outubro

Microsoft pode anunciar Surface com duas telas em 2 de outubro

Microsoft deve atualizar Surface Book, Surface Go e Surface Pro; rumores mencionam "Centaurus" com tela dupla e Windows 10 Lite

Felipe Ventura Por

A Microsoft enviou convites para um evento em Nova York no dia 2 de outubro, época em que ela anuncia novos produtos de hardware: esperamos ver atualizações para o Surface Book, Surface Go e Surface Pro; rumores também dizem que teremos um dispositivo de codinome “Centaurus” com duas telas e Windows.

Convite da Microsoft

Segundo o The Verge, a Microsoft demonstrou um Surface de tela dupla para seus funcionários este ano. É um sinal de que o dispositivo está quase pronto para lançamento; fontes dizem que a empresa quer levá-lo ao mercado em 2020.

Rumores afirmam que a Microsoft prepara um dispositivo chamado internamente de “Centaurus”: ele possui duas telas e é “capaz de se transformar em um tablet, laptop, livro digital, um tablet maior”, de acordo com o Windows Central.

A consultoria IHS Markit diz que, segundo “informações da cadeia de suprimentos”, o novo Surface será lançado no primeiro semestre de 2020 com duas telas de 9 polegadas e proporção 4:3. Ele viria com a plataforma Intel Lakefield, uma placa-mãe pequena que inclui processador, memória e Wi-Fi.

O Surface de duas telas deve ser lançado com Windows Lite, uma versão do Windows 10 com menos componentes legados e uma interface diferenciada. Ela seria capaz de rodar programas Win32 da loja, além de apps universais.

Surface Go e Surface Book podem ser atualizados

Mesmo que a Microsoft não apresente um dispositivo de duas telas em outubro, ela certamente terá novidades de hardware para divulgar. O Surface Go, lançado há pouco mais de um ano, poderia receber uma atualização. O mesmo vale para o Surface Book, com tela destacável e chip gráfico da Nvidia, que não recebe um upgrade há dois anos.

No ano passado, a Microsoft anunciou o Surface Pro 6, o Surface Laptop 2, o tudo-em-um Surface Studio 2 e os fones de ouvido Surface Headphones. Eles são vendidos em dezenas de países, incluindo EUA, Reino Unido, França, Alemanha, Japão, China, Índia e Coreia do Sul — mas não no Brasil.

A linha Surface traz bastante dinheiro para a Microsoft: essa divisão faturou cerca de US$ 1,2 bilhão no segundo trimestre, alta de 14% em relação ao mesmo período de 2018.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Doug

Se pelo menos tivesse garantia mundial..

Luís Felipe

Continuum do Windows 10 Mobile (para dispositivos baseados em ARM 32bits) acabou se tornando o próprio WOS (Windows On Snapdragon) conhecido como Windows 10 ARM 64bits.

Luís Felipe

móvel se ressume apenas a smartphones? Pois HoloLens, Linha Surface (alguns modelos), hibridos com WOS (Envy x2, NovaGo, Miix 630 etc) e notebook´s convencionais.. todos são produtos móveis.

P. Herrera

Restrito ao mundo desenvolvido.
Se bem que por aqui seria talvez tão ou mais caro que os Macs. 🤷‍♂️

Maicon Bruisma

Foi um delírio coletivo dos usuários mais aficionados pelo WP. Não era generalizado, nem todos esperavam algo do gênero, e quando lançou o recurso Continuum nem todos acharam útil.

Luizx

Ta ai um produto que queria oficialmente no Brasil com um preço competitivo um Surface

Breno

Será interessante observar o quanto está disposta a Microsoft no mercado de dispositivos móveis. Pelo jeito o Surface Phone foi um delírio coletivo. Ou não...