Início » Computador » Como diminuir o uso da CPU

Como diminuir o uso da CPU

Veja como diminuir o uso da CPU, quando o processador atinge mascas altas de até 100%; problema pode surgir por vários motivos

Por
28/08/2019 às 16h09

É importante saber como diminuir o uso da CPU quando a Unidade Central de Processamento atinge níveis altos demais, com o processador trabalhando mais e por longos períodos. Tal cenário pode causar graves danos ao seu computador. Mas, dependendo da origem do problema, isso pode ser corrigido com passos simples.

Bru-nO / placa-mãe e processador / Pixabay

Por que a CPU está com 100% de utilização?

Embora a CPU seja a central de processamento do computador, ela trabalha na maior parte do tempo em baixa capacidade. Programas simples como navegadores, editores de texto, gerenciadores de e-mail e etc., além dos processos do sistema operacional em segundo plano, não forçam o processador, que permanecerá com taxa de uso de até 5%.

Programas mais pesados, como editores de áudio e vídeo ou jogos, exigem mais poder de processamento, fazendo com que a CPU tenha que trabalhar mais, atingindo índices bastante altos em algumas ocasiões. No entanto, ao encerrar tais processos a carga volta a patamares normais. Em repouso, o computador não chega a exigir 1% da CPU.

Windows 10 / Gerenciador de Tarefas / como diminuir o uso da cpu

Exemplo de uso da CPU em atividades normais diárias

No entanto, em alguns casos o uso da CPU pode disparar, chegando a até 100% e permanecendo assim por tempo indeterminado, o que pode ser extremamente prejudicial para o computador. Entre os motivos, podemos destacar:

  • Ocorreu um erro em um programa, desde ficar em “loop” a executar uma ação que ativou um processo que não foi encerrado;
  • Você está rodando muitos programas de uma vez, alguns bem pesados;
  • O computador foi infectado por vírus e/ou malwares;
  • Componentes novos estão em conflito com o hardware (mais comum em desktops);
  • Programas desnecessários estão sendo inicializados junto com o sistema;
  • O processador, memória RAM e placa de vídeo estão defasados em relação aos programas e jogos que você usa.

Como diminuir o uso da CPU

Há uma série de medidas que você pode tomar para diminuir o uso da CPU.

Isso vai depender da fonte do problema:

1. Mantenha o sistema atualizado

geralt / update / Pixabay

Se você possui um desktop e recentemente instalou novos componentes (placa de vídeo, placas acessórias, etc.), é essencial atualizar o Windows 10, para que o sistema reconheça as novas peças e, caso precise, baixe novos drivers. Você pode também instalar os drivers fornecidos pelo fabricante. Em geral, disponíveis no site oficial.

2. Encerre processos desnecessários

Este passo vale tanto para programas que não foram encerrados corretamente, quanto para eliminar programas desnecessários que iniciam junto com o Windows:

  1. Aperte as teclas “Ctrl + Alt + Del” e clique em “Gerenciador de Tarefas”;
  2. Na aba “Processos”, clique em um processo que deseja forçar o encerramento e depois, no botão “Finalizar tarefa”.
  3. Clique na aba “Inicializar”;

Windows 10 / Gerenciador de Tarefas / como diminuir o uso da cpu

  1. Clique no programa que deseja impedir que inicie junto com o Windows 10;
  2. Clique no botão “Desabilitar”.

Você pode desativar de modo seguro todos os programas que iniciam com o sistema, com exceção do Windows Security, importante para monitorar a segurança do Windows. Também não desligue programas de antivírus e firewalls, caso você use.

3. Feche programas e abas do Chrome que não estiver usando

Esta regra é simples, mas faz toda a diferença: se você não estiver usando um programa, feche-o; isso evita o consumo de recursos desnecessários no computador.

Isso vale também para abas do Google Chrome abertas que você não estiver usando, já que cada uma é tratada pelo sistema como um processo em separado, o que leva a um alto consumo de processamento e memória RAM.

4. Use antivírus e firewalls

Vírus, malwares e outras pragas podem aumentar o uso da CPU, por isso é recomendado manter o sistema protegido com programas antivírus e firewalls, além de usar ferramentas para limpeza de registro junto a eles, como o CCleaner.

mohamed_hassan / antivirus / Pixabay

Além disso, evite navegar por sites suspeitos, não clique em links estranhos enviados por e-mail ou redes sociais e não instale programas desconhecidos no computador.

5. Atualize o hardware

Se tudo o mais falhar, é bem possível que o hardware do seu computador (processador, placa-mãe, memória RAM ou placa de vídeo) esteja defasado, com uma das peças ou todas não mais dando conta de suas tarefas diárias. Assim, qualquer programa que você tentar rodar irá forçar a CPU.

Neste caso, só resta atualizar os componentes de seu desktop ou notebook (neste caso, provavelmente apenas a RAM) ou comprar um novo computador.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.