Início » Curiosidades » O que significa Samsung?

O que significa Samsung?

Descubra de uma vez por todas o que significa a palavra "Samsung", nome de uma das maiores companhias de tecnologia do mundo

Por
29/08/2019 às 13h05

Todo mundo conhece a Samsung, mas nem todo mundo sabe o que significa o nome da companhia sul-coreana. Como toda empresa, um nome é um reflexo da missão e ideais de uma companhia, e com a gigante sul-coreana isso não é diferente. Saiba mais a seguir.

Sede da Samsung / o que significa samsung

O que significa a palavra “Samsung”?

A palavra “Samsung” em coreano é escrita como 삼성, composta por dois ideogramas do alfabeto hangul. Em uma tradução direta, o nome da gigante coreana significa “três estrelas”, mas todo nome há uma razão de ser.

Segundo o fundador da Samsung Lee Byung-chul (1910-1987), o “três” indica a força em números, “algo grande, numeroso e poderoso” segundo Lee Byung-chul (1910-1987), fundador da empresa. Para a companhia hoje, o número simboliza “o poder em muitos”, a união de diversas pessoas, de funcionários a executivos em prol dos objetivos da companhia.

Já a palavra “estrelas” pega emprestado a essência dos corpos celestes, que perduram por bilhões de anos e não se extinguem por completo, mas se transformam em outras coisas (pulsares, as chamadas estrelas de nêutrons, ou anãs brancas). O termo que a Samsung usa para se referir ao significado do segundo caractere é “persistência perene”, resiliência ao lidar com adversidades e a concorrência, procurando sempre ficar à frente dos rivais.

Logos da Samsung / o que significa samsung

Logos da Samsung no decorrer dos anos

Para a Samsung, o nome é uma afirmação de sua missão, o de “desafiar barreiras com a ajuda e persistência de muitos”.

Como a Samsung surgiu?

A Samsung foi fundada por Byung-chul em 1938 na cidade de Daegu, na época em que a Coreia era um território do Japão Imperial. Originalmente a companhia era uma distribuidora de alimentos, lidando com produtos como peixe seco, farinha, macarrão e arroz, e conforme o negócio prosperou, a empresa se mudou para a capital Seul em 1947.

Com o início da Guerra da Coreia, Byung-chul fugiu de Seul e fundou outra empresa, a refinaria de açúcar Cheil Jedang, hoje o conglomerado alimentício CJ Group, independente desde 1990. A partir de 1954, o grupo Samsung começou a diversificar os negócios para diversas áreas, entrando no setor de eletroeletrônicos na década de 1960. Nos anos 80, a gigante entrou de cabeça nas telecomunicações.

K-9 Thunder

Tanque K-9 Thunder, From Samsung With Love. Ainda se acha com sorte, Apple?

Hoje, Samsung desenvolve celulares, TVs, dispositivos vestíveis e semicondutores, além de possuir divisões de construção civil, moda, indústria naval e por um tempo, fabricou até tanques de guerra. Hoje a divisão Samsung Techwin é uma empresa independente, chamada Hanwha Techwin.

Mais sobre: