Início » Computador » Anac recomenda a proibição do MacBook Pro de 15″ em voos nacionais

Anac recomenda a proibição do MacBook Pro de 15″ em voos nacionais

Os modelos de computadores afetados são os fabricados entre 2015 e 2017

André Fogaça Por

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) emitiu um alerta para companhias aéreas brasileiras restringirem a entrada do MacBook Pro de 15 polegadas em aviões comerciais. A restrição já está em vigor em alguns países, graças aos problemas de superaquecimento que o notebook apresentou em alguns modelos.

Apple MacBook Pro

Na nota, a agência orienta que os passageiros evitem levar o MacBook Pro de 15 polegadas até mesmo na bagagem de mão, que não é despachada e segue com o viajante na cabine da aeronave. Os modelos acometidos com o problema são os fabricados entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017. A preocupação acontece por problemas de aquecimento descontrolado das baterias internas, que traz lembranças desagradáveis do que aconteceu com o Galaxy Note 7.

“Reforçando as medidas de segurança adotadas pelas principais autoridades de aviação civil do mundo, a ANAC encaminhou nesta semana recomendação às companhias aéreas do país quanto à proibição do transporte do MacBook Pro de 15 polegadas,” diz a nota. O objetivo desta parte é de fazer com que as empresas que operam no Brasil proíbam a entrada do computador em suas aeronaves, como regra na hora do check-in.

Agências de aviação dos Estados Unidos (FAA) e da Europa (EASA) já implementaram a mesma proibição, com ressalva para que o passageiro possa viajar com o computador na cabine – desde que ele permaneça desligado e fora da tomada que está presente em assentos das aeronaves.

A Apple já reconheceu a falha e iniciou um programa mundial de recall para troca das baterias. Se você tem um MacBook de 15 polegadas, basta entrar neste link e seguir as instruções para prosseguir com o processo de substituição do componente.

Com informações: Anac.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Renato Salvador

Pior que é, ficou todo deformado

Leonardo Feelckins

é sério isso? se foi uma piadinha eu ri bastante kk

Renato Salvador

O meu explodiu hoje, e é de 2011, a Apple disse que lamenta muito

paulo yan

Vão conferir o número de série de um por um?

Luizzz

Eu acho que vão barrar é todos os MacBook Pro. O meu é de 2014, onde que eles olham externamente se é ou não é de um determinado ano? Nem eu sei olhar isso.

Roberto Furutani

Fiz o recall, meu comprovante de ordem de serviço serve para voar tranquilo sem ser importunado?

Charles Kingsworth

boa! um jeito mais fácil de fazer uma checagem visual, o meu é com USB-C mesmo!

Valeu!!

André Dias

Pelo jeito nem o Tecnoblog leu o comunicado direito.
Somente os modelos afetados pelo recall estão proibidos de serem utilizados nos aviões.

https://www.anac.gov.br/not...

Fonte: Anac

André Dias

A Materia está incompleta.

Somente os modelos que estão na lista de Recall que estão barrados.
Leve impressa a lista que diz que seu modelo não está em Recall.

Se forem os modelos USB-C estão todos livres, somente o modelo anterior está envolvido.

André Dias

A Materia está incompleta.

Somente os modelos anteriores ao atual (que tem um monte de portas) e que **estejam** dentro da lista de recall é que estão proibidos. Os modelos com USB-C não estão na lista de recall independente de ano.

Marina C Silva

Isso é foda... Síndrome do ctrl-c ctrl-v sem nem ler o comunicado do FAA

Alessandro

O modelo de 2015 a 201, e só agora vieram proibir o uso? Pelo tempo já teriam caído vários aviões

Eric Viana

Você comprou aqui ou fora? Se comprou fora eles atendem a assistência da máquina aqui no Brasil?

Vitor

O ISIS curtiu Macbooks q explodem

Dayman Novaes

Me fudi também. Meu Mac é de 2016 mas não está no programa de reparo. E eu nunca despacho bagagem...

Exibir mais comentários