Início » Negócios » Nubank aumenta base de clientes mas dobra prejuízo para R$ 139 milhões

Nubank aumenta base de clientes mas dobra prejuízo para R$ 139 milhões

Base de clientes cresceu 150% em um ano; "não gerar lucro nesse momento é uma escolha do Nubank", explica diretor financeiro

Felipe Ventura Por

O Nubank divulgou seu resultado financeiro para o primeiro semestre de 2019: a empresa aumentou sua base de clientes em 150% em relação ao mesmo período do ano passado, considerando a NuConta e o cartão de crédito sem anuidade. O faturamento dobrou para R$ 1 bilhão; no entanto, o prejuízo também cresceu, atingindo R$ 139 milhões.

Cartão de crédito Nubank

Entre janeiro e junho de 2019, o Nubank teve receita de R$ 1 bilhão; no mesmo período do ano passado, foram R$ 503 milhões. Enquanto isso, na primeira metade de 2017, foram 236,8 milhões. Ou seja, o faturamento da empresa está quase dobrando a cada ano.

O número de clientes também cresce de forma acelerada: o Nubank adiciona quase 50 mil usuários a cada dia. No final de junho, a base era de 10 milhões; agora, dois meses depois, já são mais de 12 milhões.

A fintech também destaca que reduziu em 9% sua provisão para créditos de liquidação duvidosa; trata-se do dinheiro reservado para cobrir a inadimplência de alguns clientes. “Em outras palavras, estamos crescendo muito, mas de forma consciente, sem aumentar nosso risco”, diz o diretor financeiro Gabriel Silva em comunicado.

Não gerar lucro “é uma escolha do Nubank”

No entanto, o Nubank segue tendo prejuízo: desta vez, foram R$ 139 milhões, contra R$ 51 milhões no mesmo período de 2018 — as perdas mais que dobraram no último ano. “Isso é consequência do crescimento, e é esperado; o lucro poderia chegar amanhã se decidíssemos que este é o momento, mas não é”, explica o diretor financeiro.

“Crescer de forma sustentável e, portanto, não gerar lucro nesse momento, é uma escolha do Nubank”, diz Silva. Além disso, ele afirma que a empresa gera caixa desde 2017, ou seja, “não consome dinheiro para se manter”.

O executivo se concentra em outra métrica: trata-se do NPS (Net Promoter Score), usado para avaliar o grau de satisfação dos clientes. Primeiro, a empresa pergunta: “de 0 a 10, qual é a probabilidade de você nos recomendar a um amigo?”. Então, os usuários são divididos em três grupos: promotores (notas de 9 a 10), passivos (notas de 7 a 8) e detratores (notas de 0 a 6).

O NPS corresponde à porcentagem de “promotores” menos a porcentagem de “detratores”, e por isso varia entre -100 e 100. A pontuação do Nubank é 86.

Na primeira metade de 2019, o Nubank expandiu a função débito da NuConta; passou a testar empréstimo pessoal; abriu escritório no México, onde vai lançar um cartão de crédito sem anuidade; e inaugurou filial na Argentina.

Recentemente, a fintech foi avaliada em mais de US$ 10 bilhões após uma rodada de investimento. Desde 2013, ela levantou US$ 820 milhões de investidores. A empresa ganha dinheiro de duas formas: recebendo uma porcentagem de cada transação feita no cartão de crédito, e cobrando juros de crédito rotativo.

Com informações: Nubank.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Cleyton

Não achei. Resumiu o conteúdo do texto perfeitamente. Os 2 pontos-chave do texto estão lá.

JK perverso

Sim, e eu só quis dizer que a análise na concessão de crédito é falha (ao meu ver). Pessoas com score alto, um bom histórico financeiro não conseguem!! Já na "contramão", pessoas com baixo score e finanças enroladas conseguiram!! E o Dark falou que "se não conseguiu é pq tem perfil ruim e quem conseguiu tem perfil bom..." resumidamente falando. De qualquer forma peço desculpas a ele e aos demais.

ludiaz

O cara subiu nas tamancas sem motivo nenhum.

Concordo com tudo que você falou. Inclusive dele.

ludiaz

Troquei Nubank pela Credicard, pois adotei "severamente" o Samsung Pay.

Não vou ficar esperando promessa que nunca se concretiza.

Fica agora encostado pra uma eventual emergência. E só.

Wesley

Nubank não me passa segurança de solidez financeira. E se tiver uma mudança regulamentar do Banco Central e eles não tiverem dinheiro suficiente pra dar um aporte e manter as operações diante dessa mudança? Da última vez que isso aconteceu o Nubank ameaçou fechar as portas.

ricms

Até antes. Se o governo der calote nos títulos de tesouro foi pq todo o resto foi pro saco.

ricms

Ahaha Next está longe de ser algo bom. Mesmo com o Bradesco pelas costas não consegue nem entregar uma conta sem tarifa e TED ilimitado. O app tem aquelas frases forçadas tentando ser jovem mas é bem travado para navegar.
Tenho e só uso para aproveitar os 20 de uber por mês ou uma mcoferta, pq não me oferece nada mais q isso.
BB sempre entregou o melhor APP e vou na agência só para sacar. E também tem opção de cartão sem anuidade desde que gaste mais que 100 por mês.

ricms

O comentário do Dark para ler a matéria é de quê o prejuízo não é referente a má gestão da carteira e sim pq está investindo todo o lucro e mais um pouco para ampliar a carteira e o nro de clientes.

JK perverso

Menosprezou não só a mim como também os demais que não conseguiram o cartão. Não fui eu que não "interpretei" direito, foi vc que não soube se expressar...e não preciso me reafirmar, só me defendi!!! E desculpa se ofendi, não é (e nunca foi) minha intenção!

DarkxHeero

Você precisa aprender a interpretar texto.

Eu em momento algum falei qualquer coisa sobre você, falei sobre a politica do nubank não ter burocracia, e o resto tava no texto,

Você precisa de ajuda, ta muito na defensiva, e precisa se alto afirmar dizendo que tem coisas (provavelmente tudo mentira).... isso é muito coisa de gente insegura, procura um psicologo.

JK perverso

Ô animal...provavelmente não me aceitam pq tenho 8 cartões de crédito! Inclusive 2 Platinun's, um Gold e um Black. É chamado de "risco de crédito" e pro seu governo eu uso todos e pago todos em dia ou antecipadamente!!! Otário...só deve ter um cartãozinho e feliz com 1.000 reais!!!

DarkxHeero

... lê a matéria que ta bem explicado.

E sobre burocracia, não existe burocracia alguma, clientes com perfil bom é aceito em minutos, os ruins são recusados em minutos.

DarkxHeero

A Amazon fez essa mesma estrategia por mais de 10 anos. Hoje sabemos o resultado de tanto investimento sem lucro.

Mas a ideia do título foi esse mesmo, o interesse em denigrir a imagem do Nubank é um mistério.

phsodre

Esses serviços digitais que vc fala existirem sempre foram péssimos. Eu uso apps de banco faz pouco menos de 10 anos. Eles sempre tentaram ser digitais, te prendendo por pequenas coisas a ir a uma agência. O Nubank de fato mudou por completo esse conceito e eles ainda nem oferecem tudo que podem, mesmo depois de serem ensinados sobre como fazer. O Bradesco foi o único até agora que levou a lição a sério e criou o Next. O Banco do Brasil é o que tem mais potencial, uma vez que tem o app mais organizado e segue melhorando muito os serviços digitais, mas ainda assim ficou pra trás!

Paulo #

Já existiam vários cartões sem anuidade, conta digital e aplicativos completos muito antes do Nubank sonhar em existir.
A empresa só aplicou marketing sobre esse tipo de serviço que os bancos de verdade têm (ou timham) mas não consideravam rentável (apenas um segmento de entrada de público).

Exibir mais comentários