Início » Brasil » Mercado Livre abre armazém e faz acordo com Azul para agilizar entregas

Mercado Livre abre armazém e faz acordo com Azul para agilizar entregas

Mercado Livre terá opção de retirada em agência dos Correios; Azul fará entrega via avião em até um dia para 16 capitais

Felipe Ventura Por

O Mercado Livre está tentando agilizar a entrega das compras feitas pelo site: a empresa tem uma nova parceria com a Azul em 16 capitais para transporte aéreo em até um dia; testa um programa em São Paulo para vendedores de marketplace; e oferece a opção de retirada em uma agência dos Correios.

Mercado Livre/Divulgação

A Azul Cargo Express será a responsável pelas entregas aéreas das compras feitas pelo Mercado Livre. O serviço será oferecido inicialmente em 16 capitais (que não foram especificadas) para levar encomendas em um dia — este modelo é chamado de “Next Day”.

“A gente começa a democratizar cada vez mais os serviços de entrega em um dia, que são muito concentrados em São Paulo e Rio de Janeiro”, diz Stelleo Tolda, cofundador do Mercado Livre, em comunicado. “O futuro é a entrega Next Day.”

Em entrevista à Reuters, Tolda afirma que o Mercado Livre planeja realizar ao menos metade das entregas em até 48 horas; para isso, a empresa está fazendo investimentos de R$ 3 bilhões no Brasil ao longo de 2019.

Um desses investimentos é o novo centro de distribuição em Cajamar (SP), mesma cidade onde a Amazon Brasil abriu um armazém. “Estamos avançando no porcentual de entregas em até dois dias; atualmente, 60% das entregas feitas por fulfillment ocorrem neste prazo”, afirma Leandro Bassoi, vice-presidente de Mercado Envios para a América Latina.

Mercado Livre expande opções de entrega no marketplace

O Mercado Livre anunciou o programa Places, que vem sendo testado na cidade de São Paulo: ele habilita locais específicos para receber encomendas de vendedores do marketplace.

Basicamente, o vendedor leva todos os produtos para um só lugar, e uma equipe do Mercado Livre “dá seguimento ao envio ao consumidor de forma mais rápida”. Esse modelo de logística é conhecido como cross-docking: as mercadorias chegam até um centro de distribuição para serem enviadas a cada cliente o mais rápido possível.

Haverá também a possibilidade de envio para retirada nos Correios. Em um e-mail publicado pelo Tudo Celular, o Mercado Livre explica que o vendedor poderá dar essa opção ao cliente; caso aceite, ele deverá se dirigir até uma das 6 mil agências da estatal para pegar a mercadoria.

Com informações: Estadão, Reuters.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ricardo Brites

Pois é, ficou muito pior que com os Correios. Além de demorar MUITO mais que o SEDEX, o rastreamento é da pior qualidade possível. Nem sequer o horário em que os eventos ocorreram é mostrado...

Keaton

É quase certeza, tenho de ver quem e quando trabalhou com a Azul... se foi a Kabum, Cissa, Balão, Americanas/Submarino/Shoptime, ou alguma outra que eu costumava comprar.

Erick de Abreu Gomes

Tem coisa errada nessa reportagem. O armazém do Mercado Livre fica no bairro Vila Guilherme, Zona Norte de SP. A não ser que abriram 2 armazéns.

Bráulio Pinto de Carvalho

Tem certeza ou não? Ou só a impressão mesmo?

Corvo

Quer conhecer o ML de verdade? Vende alguma coisa lá.

Vitor Hugo

por falta de investimento e de interesse (na real é interesse no desmonte mesmo pra criar argumentos pró-privatização). a qualidade flutua bastante hoje me dia, mas em comparação com o que era antigamente piorou muito. já foi modelo mundial de entregas e teve tecnologia de ponta.

Vitor Hugo

ue, entregador dos Correios também já me ligou pra avisar que tava indo entregar (achei até meio desnecessário, mas ok) e pra perguntar sobre o endereço, pq eu tinha colocado errado

Marcvs Antonivs

Adoro o Mercado Livre. Nunca me deu problema!!

Felipe

No meu caso vai ser bom porque já é normal ter que ir retirada em agência dos Correios já que o carteiro frequente mente falando que ou a numeração estava errada ou que ele não foi atendido, como tem uma agência dos Correios praticamente do lado de casa vou lá bem rápido, o problema mesmo é que alem dos caras mentirem que não tinha ninguém em casa tenho que esperar 3 vezes de “tentativas mal sucedidas de entrega“ para só depois poder ir buscar, poderia levar para a agência logo na primeira para polpar tempo

Andrew Kohzito

Uma coisa boa é quem mora sozinho ou a casa fica vazia. Ai a pessoa pode pegar na agencia em um horario especifico

Andrew Kohzito

A experiencia que tive com a Azul foi boa, porém foi mais demorado que os Correios. Porém moro em São Paulo e creio que a Azul vai ser uma maravilha fora do SP/RJ

Leumas Ninguem

Tipo aqui comigo é a mesma coisa

Já tive encomendas estragadas por transportadora, mas nunca tive 1 bo com os Correios

No estado, quando compro no ML, Sedex chega em 1 dia

Leumas Ninguem

Limeira, não Campinas

Vinícius

Mas tem a questão de disponibilidade também. De repente é mais cômodo eu ir aos correios pegar no meu tempo do que ter que ficar esperando entregar "na porta". Pelo menos na minha cidade, na minha região, o objeto "sai pra entrega" onze, meio dia, e só é entregue cinco e tanta da tarde. É praticamente o dia todo esperando. Isso quando não surgem com o papo de "carteiro não atendido", "endereço incompleto" e por aí vai. Nesse caso, prefiro economizar 1 real e pegar na hora que eu quiser. Agência perto, vou a pé e ainda faço uma caminhada.

João

Aqui todas fazem isso, já os Correios se ele não achar a casa ou for novo só com o rastreamento pra saber (e tem vezes q nem atualizam o rastreio).

Exibir mais comentários