Início » Telecomunicações » Onde ficam as antenas das operadoras de celular

Onde ficam as antenas das operadoras de celular

Saiba verificar a localização das antenas de celular de cada operadora no mapa e saiba qual empresa tem mais antenas na sua cidade

Por
03/09/2019 às 11h29

Vivo, Claro, TIM, Oi, Nextel… Escolher uma operadora é uma tarefa que não envolve apenas a escolha de planos, mas também avaliar a cobertura das empresas e saber qual chip é o mais adequado. Para ajudar na sua escolha, explicamos aqui como verificar onde ficam localizadas as antenas das operadoras de celular nas cidades.

A Anatel mantém gratuitamente a plataforma Serviço Móvel, que está disponível no navegador e em forma de app para iOS e Android. É uma ótima ferramenta para saber qual operadora pode ter o melhor sinal de celular no seu bairro, cidade ou área rural.

Encontrando as antenas de celular

  1. Abra o site ou aplicativo do Serviço Móvel e digite o nome da cidade na busca. Você também pode colocar o endereço completo para verificar a cobertura em um determinado bairro ou região em função da quantidade de Estações Radio Base.
  2. Com o município encontrado, clique no menu no canto superior direito do site. Será exibida uma lista com todas as operadoras disponíveis no município. Selecione uma operadora específica ou marque todas.
  3. Feita a seleção, o mapa será atualizado com as marcações das localizações das ERBs. Cada alfinete representa a antena de uma operadora. É possível clicar na antena e verificar quais as tecnologias disponibilizadas (se 2G, 3G ou 4G).

Muitas vezes, é possível perceber que antenas de diferentes operadoras estão aglomeradas no mesmo lugar. Isso acontece porque uma única torre pode ser compartilhadas por diferentes operadoras de celular ao mesmo tempo.

Quantas antenas uma operadora possui por cidade

Outro recurso da plataforma Serviço Móvel é a exibição dos indicadores. No menu lateral, ative a opção “Mostrar indicadores”. Um relatório será exibido com a quantidade de antenas (ERBs) de cada operadora, separadas por tecnologias (2G, 3G e 4G).

Mais antenas significa melhor cobertura?

É preciso atingir um meio termo quando se trata de presença de antenas para oferecer a melhor cobertura de celular. As ERBs precisam ser estrategicamente posicionadas para atingir o maior número de pessoas e nem sempre isso é possível.

Além disso, a frequência utilizada pela operadora é fundamental para saber o desempenho de sinal. Duas operadoras podem utilizar a mesma torre e operar com as mesmas tecnologias. Mas, se uma utiliza 4G na frequência de 1.800 MHz e outra utiliza a frequência de 700 MHz, a experiência do usuário pode ser bem diferente em cada uma.

Quanto menor a frequência utilizada, maior o raio de cobertura celular. Isso significa que o 4G de 700 MHz atinge uma cobertura muito superior em relação a frequências maiores, como 1.800 MHz, 2.100 MHz e 2.600 MHz, e funciona melhor em estradas e ambientes fechados, como estacionamentos, elevadores e interiores de edifícios.

Ao mesmo tempo, quanto maior a frequência, maior a capacidade disponível, suportando um maior número de usuários simultâneos. Dessa forma, a frequência de 2.600 MHz funciona muito melhor do que frequências menores em um locais com grande circulação de pessoas, como estádios de futebol, shoppings, aeroportos, etc.

Infelizmente a Anatel não disponibiliza uma plataforma fácil e intuitiva como o Serviço Móvel que permita consultar a frequência utilizada por cada uma das ERBs. Neste caso, o ideal é conferir o mapa de cobertura das operadoras (Claro | Oi | VivoTIM Nextel), que costumam ter maior precisão na hora de determinar as áreas cobertas.