Início » Celular » Samsung Exynos 980 tem 5G integrado para celulares intermediários

Samsung Exynos 980 tem 5G integrado para celulares intermediários

Samsung Exynos 980 tem o primeiro processador com núcleos Cortex-A77, suporte a câmeras de até 108 megapixels e chip neural

Felipe Ventura Por
04/09/2019 às 11h39

A Samsung anunciou seu primeiro sistema-em-um-chip com 5G integrado: trata-se do Exynos 980, que será usado em futuros celulares intermediários. Ele tem o primeiro processador com núcleos Cortex-A77; há suporte a câmeras de até 108 megapixels, codificação de vídeo 4K a 120 quadros por segundo, e processamento neural através de um NPU dedicado.

O Exynos 980 tem um processador octa-core com dois núcleos Cortex-A77 de 2,2 GHz para tarefas pesadas, e seis núcleos Cortex-A55 de 1,8 GHz para processos menos exigentes. Segundo a ARM, o Cortex-A77 tem "desempenho comparável aos notebooks tradicionais de hoje".

Ainda assim o Exynos 980 não é pensado para tops de linha, e sim para intermediários premium. Trata-se de um sucessor para o Exynos 9610, presente no Galaxy A50 e Motorola One Vision. Além da CPU mais rápida, ele tem um chip gráfico Mali-G76 MP5 e uma NPU (unidade de processamento neural) embutida para tarefas de inteligência artificial.

Exynos 980 combina 4G e 5G para chegar a 3,55 Gb/s

O novo sistema-em-um-chip (SoC) da Samsung possui um modem 5G integrado, reduzindo o consumo de energia e o espaço ocupado na placa-mãe do celular. Ele tem capacidade máxima teórica de 2,55 Gb/s para download e 1,28 Gb/s para upload em frequências abaixo de 6 GHz; não há suporte à tecnologia mmWave de ondas milimétricas.

O modem também permite conexões 4G com download a até 1 Gb/s; e consegue usar redes 4G e 5G ao mesmo tempo, atingindo um máximo teórico de 3,55 Gb/s no downlink. Além disso, ele é compatível com o padrão 802.11ax, também conhecido como Wi-Fi 6, que tem capacidade teórica máxima de 14 Gb/s.

Samsung Exynos 980

E quanto às câmeras, o Exynos 980 tem suporte a um sensor único de até 108 megapixels; a Samsung já tem o Isocell Bright HMX que será usado em celulares da Xiaomi. No caso de câmera dupla, o chip fica limitado a 20 MP + 20 MP.

O ISP (processador de sinal de imagem) suporta até cinco sensores individuais e é capaz de processar três deles simultaneamente. Também encontramos aqui suporte a codificação e decodificação de vídeo 4K a até 120 quadros por segundo (fps), além de HDR10+ com mapeamento dinâmico para cores mais brilhantes.

O Exynos 980 deve começar a ser produzido em massa até o final do ano, utilizando a tecnologia de processo FinFET de 8 nanômetros.

Com informações: Samsung, Anandtech.

Mais sobre: , ,