Início » Celular » Samsung promete centenas de apps otimizados para tela do Galaxy Fold

Samsung promete centenas de apps otimizados para tela do Galaxy Fold

A Samsung diz que apps como Facebook, Office365 e Amazon Prime Video oferecem experiência adaptada ao Galaxy Fold

Por
10/09/2019 às 11h58

Apesar de uma série de dificuldades, a Samsung finalmente lançou o Galaxy Fold. E o celular dobrável, que foi disponibilizado na Coreia do Sul e será levado para mais países nos próximos dias, contará com centenas de aplicativos adaptados para sua tela.

Em comunicado, a Samsung destacou o trabalho realizado com parceiros para chegar a uma experiência otimizada para o Galaxy Fold. O Google, por exemplo, realizou mudanças para que o Android suportasse as características do smartphone.

O sistema operacional foi atualizado para permitir que os aplicativos sejam facilmente redimensionados. Ele também recebeu uma atualização em seu emulador para desenvolvedores verificarem como seus aplicativos ficarão no celular dobrável.

A Samsung afirma que os apps otimizados para o Galaxy Fold estarão disponíveis na Google Play Store e na Galaxy Store. Entre eles, estão Facebook, Office365, Amazon Prime Video, Spotify, Twitter, VSCO, iHeartRadio e App in The Air.

Curiosamente, adaptar o Android para o Galaxy Fold não foi o maior desafio da Samsung. Aempresa teve de lidar com erros de projetos que foram notados rapidamente por jornalistas que receberam unidades de teste e a forçaram a adiar o lançamento do aparelho.

Algumas unidades mostravam faixas pretas na tela do celular com poucas horas de uso. Em outras, surgiam elevações na região da dobra. Em alguns casos, os testadores retiraram uma película importante  para o funcionamento da tela por entenderem que se tratava de uma proteção adicional.

A Samsung fez diversas mudanças e parece ter finalmente corrigido esses problemas. O Galaxy Fold foi lançado na Coreia do Sul pelo equivalente aos US$ 1.980 voltados aos Estados Unidos. Já homologado pela Anatel, o smartphone pode chegar ao Brasil no futuro.

Com informações: Samsung, The Next Web.