Início » Celular » iPhone 11 Pro e Pro Max têm chip Apple A13, câmera tripla e até 6,5 polegadas

iPhone 11 Pro e Pro Max têm chip Apple A13, câmera tripla e até 6,5 polegadas

Novos celulares premium da Apple se chamam iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max e contam com câmera aprimorada

Paulo Higa Por

Além do iPhone 11, a Apple revelou nesta terça-feira (10) dois novos iPhones para substituir seus modelos mais caros. O iPhone 11 Pro é o sucessor do iPhone XS, enquanto o iPhone 11 Pro Max entra no lugar do iPhone XS Max. Eles têm câmera tripla na traseira, telas OLED de 5,8 ou 6,5 polegadas mais brilhantes e processador Apple A13 Bionic.

Apple iPhone 11 Pro

As telas continuam em 5,8 e 6,5 polegadas, mas a Apple mudou o nome: o painel OLED é batizado de Super Retina XDR, para destacar o alcance dinâmico melhorado. Os displays podem atingir picos de brilho de 1.200 nits (o mais alto em um iPhone até o momento), têm contraste de 2.000.000:1, suportam Dolby Vision e estão com eficiência energética 15% superior.

A bateria ganhou melhorias significativas: o iPhone 11 Pro promete até quatro horas de autonomia a mais em comparação com o iPhone XS, enquanto o iPhone 11 Pro Max ganhou cinco horas adicionais em relação ao iPhone XS Max. A Apple também passa a enviar um adaptador de tomada de 18 watts na caixa para recarregar a bateria mais rapidamente.

Apple iPhone 11 Pro

Segundo a Apple, o processador A13 Bionic tem CPU mais rápida que o Snapdragon 855 do Samsung Galaxy S10+ e o Kirin 980 do Huawei P30 Pro. Tanto a CPU quanto a GPU estão 20% mais poderosas que no A12 Bionic, enquanto o novo Neural Engine será utilizado para análise em tempo real de fotos e vídeos, lidando com mais de 1 trilhão de operações por segundo.

iPhone 11 Pro e Pro Max têm câmera tripla com lente ultrawide e telefoto

Mas o destaque está nas câmeras traseiras. Tanto o iPhone 11 Pro quanto o iPhone 11 Pro Max possuem sensores triplos de 12 megapixels, sendo uma principal com estabilização óptica de imagem e lente de abertura f/1,8, uma ultrawide com campo de visão de 120 graus (f/2,4) e uma telefoto com lente de abertura f/2,0, maior que a f/2,4 do iPhone XS.

Apple iPhone 11 Pro

A Apple implantou um modo noturno, que permite capturar mais detalhes e cores vivas mesmo com pouca luz, para competir com aparelhos como o Huawei P30 Pro.

Também está em desenvolvimento um novo recurso de fotografia computacional, o Deep Fusion, que tira nove fotos e usa aprendizagem de máquina para combinar todas elas em uma única imagem com mais detalhes e menos ruído. A novidade, no entanto, só será liberada futuramente em uma atualização de software.

Modo noturno no iPhone 11 Pro

Segundo a Apple, também houve melhorias no Smart HDR, que usa aprendizagem de máquina para reconhecer objetos no quadro e iluminá-los de forma mais inteligente, natural e com mais detalhes, enquanto o flash True Tone está 30% mais brilhante.

Para vídeos, a Apple promete filmagem com estabilização cinemática e zoom de microfone, que aumenta o áudio quando você amplia a imagem. É possível filmar em 4K a 60 quadros por segundo, inclusive na câmera frontal.

Preços do iPhone 11 Pro chegam a US$ 1.449

Apple iPhone 11 Pro

O iPhone 11 Pro e o iPhone 11 Pro Max estarão disponíveis nas cores prateado, cinza espacial, dourado e um novo verde meia-noite. Eles têm "o vidro mais resistente em um smartphone", possuem certificação IP68 para resistência contra água por 30 minutos em até 4 metros de profundidade.

Os preços são salgados, como você poderia imaginar. O iPhone 11 Pro custa US$ 999 (64 GB), US$ 1.149 (256 GB) ou US$ 1.349 (512 GB). Já quem quiser a tela maior do iPhone 11 Pro Max deverá gastar US$ 1.099 (64 GB), US$ 1.249 (256 GB) ou US$ 1.449 (512 GB). Não houve aumento no mercado americano; os valores praticados são os mesmos da geração anterior.

A pré-venda nos Estados Unidos e em outros países, o que não inclui o Brasil, começa na sexta-feira (13), com as entregas se iniciando em 20 de setembro.

Apple iPhone 11 Pro - ficha técnica:

  • Tela: OLED Super Retina XDR de 5,8 polegadas com resolução de 2436x1125 pixels, True Tone, brilho máximo de 1.200 nits, HDR10 e Dolby Vision;
  • Processador: Apple A13 Bionic com Neural Engine de terceira geração;
  • Armazenamento interno: 64 GB, 256 GB ou 512 GB;
  • Bateria: até 18 horas de reprodução de vídeo, 11 horas de streaming de vídeo e 65 horas de reprodução de áudio (carregador de 18 watts incluso);
  • Câmera frontal: TrueDepth de 12 megapixels com lente de abertura f/2,2, estabilização cinemática de vídeo e filmagem em 4K a até 60 fps;
  • Câmeras traseiras:
    • Principal: 12 megapixels (f/1,8) com estabilização óptica de imagem;
    • Ultrawide: 12 megapixels (f/2,4) com campo de visão de 120 graus;
    • Telefoto: 12 megapixels (f/2,0) com estabilização óptica de imagem;
  • Conectividade: 4G LTE Gigabit com MIMO 4x4, Wi-Fi 6 802.11ax com MIMO 2x2, Bluetooth 5.0, NFC, chip de banda ultralarga para reconhecimento espacial, dual chip (eSIM e Nano-SIM), Lightning;
  • Sistema operacional: iOS 13;
  • Peso: 188 gramas;
  • Dimensões: 144x71,4x8,1 mm;
  • Mais: certificação IP68 para resistência à água (profundidade máxima de até quatro metros por até 30 minutos)

Apple iPhone 11 Pro Max - ficha técnica:

  • Tela: OLED Super Retina XDR de 6,5 polegadas com resolução de 2688x1242 pixels, True Tone, brilho máximo de 1.200 nits, HDR10 e Dolby Vision;
  • Processador: Apple A13 Bionic com Neural Engine de terceira geração;
  • Armazenamento interno: 64 GB, 256 GB ou 512 GB;
  • Bateria: até 20 horas de reprodução de vídeo, 12 horas de streaming de vídeo e 80 horas de reprodução de áudio (carregador de 18 watts incluso);
  • Câmera frontal: TrueDepth de 12 megapixels com lente de abertura f/2,2, estabilização cinemática de vídeo e filmagem em 4K a até 60 fps;
  • Câmeras traseiras:
    • Principal: 12 megapixels (f/1,8) com estabilização óptica de imagem;
    • Ultrawide: 12 megapixels (f/2,4) com campo de visão de 120 graus;
    • Telefoto: 12 megapixels (f/2,0) com estabilização óptica de imagem;
  • Conectividade: 4G LTE Gigabit com MIMO 4x4, Wi-Fi 6 802.11ax com MIMO 2x2, Bluetooth 5.0, NFC, chip de banda ultralarga para reconhecimento espacial, dual chip (eSIM e Nano-SIM), Lightning;
  • Sistema operacional: iOS 13;
  • Peso: 226 gramas;
  • Dimensões: 158x77,8x8,1 mm;
  • Mais: certificação IP68 para resistência à água (profundidade máxima de até quatro metros por até 30 minutos)

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

hugo

Os iPhones sempre foram muito elogiados em design, mais esses iPhones 11 Pro e Pro Max tem uma traseira tão feia por causa das câmeras que não da nem para os fanboys da marca defenderem, espero que outras fabricantes não optem em copiar o design desses aparelhos, se não veremos muitas aberrações pela frente.

Rafael Moreira

Um monte de fabricante adotando de 3 a 4 sensores em seus aparelhos. Agora foi a vez da Apple de seguir as demais. Já a Google adota um único sensor no Pixel, preferindo investir no software, aprimorando cada vez mais o HDR e o modo noturno, e demostra que é possível obter efeito boken só com um sensor. Bem, acho desnecessário esse monte de câmera no iPhone, só por causa de zoom e ultra wide. Mais bizarro é falarem que somente com dois sensores é possível obter o modo retrato. Aí depois a Apple lança o iPhone XR com o tal recurso via software e muda de ideia. Os caras demora muito para disponibilizar novos recursos, quando disponibiliza é no modelo mais novo. Por isso que continuo não gostando desses aparelhos, muita grana para o pouco que tem a oferecer.

Adalberto Botelho

Ser fanboy é chato, mas igualmente ruim é ser hater. Pessoal cai em cima como se a única coisa que contasse fosse o design de um smartphone ou o alinhamento das câmeras, e muitas das vezes sem nem ter tocado num iPhone pra ver a diferença gritante que uma arquitetura de SO bem projetada faz na experiência do usuário ou na otimização via software do hardware.

Preço também é outro fator que não conseguem entender que é mais alinhado ao custo Brasil do que necessariamente culpa da Apple, visto que lá fora o preço se assemelha aos flagships da Samsung e outras.

Mas tudo bem, inovar é só hardware mesmo. Só fazer um redesign leve da carcaça e colocar mais memória RAM pra todo mundo aplaudir.

Gente, inovação não é apenas hardware não. 😉

Danilo

Bem, eu uso no modo full e vai até o fim do dia. Agora teve algo que eu fiz que eu notava que o iOS fazia e o meu antigo Android não: assim que peguei esse S9+, eu restringi a atividade em segundo plano de aplicativos que não costumo usar nem quero receber notificações.

Bruno Cavalcanti

o S9+ e o S10+ são maiores e tem baterias maiores. Pode ser por isso.
mas experimente usar um S9 ou S10 no full pra você ver que vergonha. (Sei que a bateria de nenhum flagship é lá essas coisas justamente porque a qualidade da tela é absurda), mas mesmo assim, ainda não encontrei um equilíbrio entre desempenho e consumo que me faça conseguir pelo menos chegar ao fim do dia.

THOMAS WAYNE

Kkkkkkkkk. Só posta merda. Deve ser eleitor do Bozo, kkkkkkkkk. Imbecil

THOMAS WAYNE

Só se chutou a bunda da vaca da sua mãe

THOMAS WAYNE

Deixa de ser jumento e vai viver a vida, bolado

THOMAS WAYNE

Estará na buceta da sua mãe, kkkkkkk

Marco Pacheco

“Rodo tudo o que preciso...”

Traição do corretor automático.

Abraços

Fernando Albuquerque

Não aumentou preço. Começou a sentir que a concorrência não está brincando, mais. Carregador de 18w. Humpf!

Fernando Albuquerque

220g?!? Tijolaço!

ochateador

Todo tudo o que preciso nele sem engasgos.

ou "Rodo tudo..."?

Marco Pacheco

É vero!

Contei o tempo de uso do meu aparelho. Ele pode voltar em 3 anos e meio, pois, como disse, irei usar meu aparelho por 5 anos.

Como assim?

que bitola vc vive heim kkkk

Danilo

Já tem gente reclamando disso, principalmente nessas fotos com varios lado a lado.

Danilo

6s tem 4 anos. S9+ tem 1 ano e meio. Então ele deve voltar em 2 anos e meio.

Danilo

Fiz a mesma troca, para mim ta tudo bem melhor, bateria inclusive. Só tem algo que sinto falta, no iOS as ferramentas nativas de edição de vídeo são bem melhores.

Danilo

Interessante a resposta dele. Troquei meu iphone 6s pelo s9+ e uso tudo no maximo (menos o brilho, pois me incomoda e fica na metade) e chego em caso no fim do dia com pelo menos 35% de bateria... E assim, o dia todo no spotify : /

Danilo

Quem é o fanboy do meio bit? Tou por fora...

Anderson Santos

Como ficou feia essa traseira....

Bruno Cavalcanti

E tem mais uma.. assim que você pega um S9 ou S10 por exemplo, você já tem que por no modo de economia de energia, diminuir resolução da tela, desativar todos os recursos e firulas porque senão a bateria dura 4 horas.

Falei no Samsung Concierge e o rapaz me deu exatamente essa resposta:

"Se deixar tudo ativado mesmo, a média é de 3 a 5 horas. Recomendamos diminuir a resolução da tela, o brilho, desativar gps, bluetooth, dolby atmos e etc pra aumentar a duração da bateria.".

Resumo da ópera.. pra usar o celular no turbo, preciso carregar ele 3 vezes por dia. 1 power bank de 10k quase nao da conta.

Emmanuel Carvalho
Magnosama

touché

Buldego

Tem vergonha.

Zanac_Compile

Trocar para o 8+ é uma ótima pedida, a tela é do mesmo tamanho, tem as duas lentes que fazem fotos espetaculares com efeito de fundo fora de foco e te garante um desempenho melhor.

Concordo sobre o 6S, desempenho, confiabilidade e segurança completa. Totalmente funcional ainda. Uso o 7, um ano mais novo e é exatamente assim, a única diferença é que já tem a câmera paulada duas lentes que o teu não.

Também uso para preparar aula, junto com o pacote o Office é matador, está tudo ali para apresentar as aulas. O único problema é que o conector light/VGA parou de suportar transmitir para a TV, acho que é alguma incompatibilidade com o iOS. Ele não espelha mais a imagem de jeito nenhum. Se tivesse Airplay na universidade, seria uma mão na roda.

VolksW4GNER

Os topo de linha de 2017 já tinham HDR10, como o meu LG G6, que inclusive tem Dolby Vision...ter isso num lançamento de 2019 nem deveria ser destaque, é apenas básico.

Felipe Liʍa

E seu 4s e bom ainda.. roda de boas os app?

RODRIGO

Obrigado pela resposta! É uma lástima que a apple não trouxe esta inovação importante apontada por diversos vazamentos(talvez, foram um pouco equivocados!), já que ela está sem ânimo inovador nos últimos 5 anos!! Lamentável!!

Filipe Espósito

Desde o iPhone 7 tem IP67 e o XS trouxe IP68. Dizem que ficou ainda mais resistente nos novos (mas manteve o IP68, então sei lá o que mudaram na construção para isso).

Filipe Espósito

Não tem.

Marco Pacheco

To com o meu 6s plus de 2015 e não sinto necessidade de trocar.

O aparelho me atende bem nas minhas necessidades. Preparo aulas, uso conector lightning-vga para projetar minhas aulas . Todos os apps que preciso ainda rodam bem.

Gostaria de trocar de aparelho por um modelo mais novo? Sem duvidas! Preciso? Ainda não.

Vou tentar dar um pulo no exterior ano que vem e então pensarei em trocar.

Marco Pacheco

Eu tenho o meu 6S Plus desde o ano do lançamento. Ainda tenho ele! Ainda recebe atualizações do SO. Todo tudo o que preciso nele sem engasgos.

Volte daqui 5 anos e me diga como estará o S9+.

RODRIGO

Uma pergunta importante: estes smartphones tem ou não suporte para apple pencil??? Estou em dúvida, pessoal, já que esse portal não disse se possui ou não!!!!

Fabricio de Oliveira Silva

Dá para fazer café nesse Cook top?

Zanac_Compile

Exatamente. Penso igual. Desanima. Tenho um Samsung também. Além do iPhone.

Zanac_Compile

Tem que ser muito cabeça fechada de não enxergar que as asiáticas fazem isso muito pior, botam recursos inúteis só pra dizer que tem, nada funcionais, morrem, desaparecem com o tempo. O povo é muito bitolado.

Emmanuel Carvalho

É fanboy que diz, né?

André Figueiredo

Queria encomendar um iphone, mas não achei o botão "comprar". :D

Saulo Benigno

Não é um iPhone

Don Ramón

Achei que esse design "olhos de aranha" das câmeras traseiras ficaria pior... Mas já que a moda atual "exige" três câmeras traseiras, o estilo "semáforo" é definitivamente mais harmonioso.

ochateador

Falando sério, me arrependi de ter comprado um Motorola g7 power esse ano (exceto pela bateria), está um autêntico lixo o sistema operacional. Deveria ter guardado a grana e comprado um iPhone XR ou XS.
Samsung S10 é até uma opção plausível, mas só de ver aqueles aplicativos duplicados e que não tem possibilidade de remover já me desanimo.

uB.

esse recurso de foto noturna, vai sair pros iPhones antigos? iPhone 8/X/7?

Daniel R. Pinheiro

"...são recursos monstrinhos pra usuário leigo cair no marketing"

Isso é o que a Apple tem feito de melhor desde sempre. E se garantem nisso...

Cameron Poe

cara, a única parte que defendo lançamento anual de smartphone, é pros antigos (que cada vez mais evoluem) ficarem menos caros e poder comprar a preços bons (vide s9/s9+ hj), pq de resto.... 'i'NOVAÇÃO nota 0)

Taichou12

Acho que em 2022 a Apple chega em 2019 tecnologicamente falando.
Agora vou da uma olhada lá no meiobit pra ver o que o fanboy vai tecer sobre os novos iphones.

Taichou12

Impressionante como esses clichês ainda fazem sentido em 2019.

Leandro Gonçalves

Design horroroso. Mas as câmeras e a bateria tiveram um avanço. Acho que finalmente eles vão parar de passar vergonha nas fotos noturnas em relação à linha S e Note da Samsung e o Huawei P30! Bora ver na prática... Agora a Apple ainda não aterrissou com os preços praticados em Brasil colapsado !! Até mesmo para os fanáticos brasileiros, fazer um financiamento para comprar o Iphone 11 vai ser complicado. A situação não está fácil...

Lucas

Vão vender em parceria com a Gilette, já não basta ser parecido com um barbeador, ainda tem nome de um, iPhone 11 Mach Pro 3.

uB.

Sinceramente, decepcionou! Esperava, pelo menos, a remoção do notch.

N trouxe praticamente nenhuma novidade, só uma lente wide/ultra wide e foto noturna via software.

PS.: n sei se o iPhone já tinha proteção contra água, mas do jeito q o vídeo mostra, é novidade no iPhone.

uB.

Vão sair em Outubro, no Pixel 4

uB.

Eu acho bonito! O do iPhone ficou horrível (mas tem q ver ao vivo pra tirar aquele 1% de dúvida).
O Pixel 4 vai ser similar ao Mate 20 Pro e este é bonitão, serião!

R0gério

Agora tudo faz sentido... https://media1.giphy.com/me...

Puts, tava viu, e olha que meu radar de sarcasmo e ironia é afiado hehe.

Diego Nascimento

Tão sem graça (e feios) quanto os rumores já apontavam.

Zanac_Compile

É muito sutil a diferença.
Quando veio câmera dupla em 2017 no 7 Plus, foi bruxaria, ninguém fazia um negócio daqueles, as pessoas não acreditavam nas fotos que eu fazia, era eleito o fotógrafo de qualquer coisa que reunia mais gente. E a câmera nem era a melhor, porém o efeito era uma sutil diferença que fazia TODA diferença.

Nos últimos 3 anos isso se popularizou. O Google faz com maestria até com uma câmera, sem precisar da dupla.

Em qualidade, se for fazer uma avaliação formal, científica, física, química, alada, com certeza tem câmeras melhores, o iphone não é o líder top das câmeras. Mas não é nada que faça tu escolher outro telefone só por causa disso. A muito tempo não se troca de telefone por causa disso, essa câmera desse iPhone novo parece excelente, tanto quanto da Huawei, Samsung, Sony, MI e todos os outros telefones asiáticos que dominam o mundo.

Zanac_Compile

Ranking de que ? :D

Zanac_Compile

Apenas o iPhone 3GS comprei no Brasil. Depois, nunca mais, não tem condições.

Zanac_Compile

Processador não é melhor.

Pra mim é desempenho, estabilidade e segurança acima de tudo, o resto HDR, 4K, megapixels, 5G, dois chips, FM, TV Digital, Atmos, são recursos monstrinhos pra usuário leigo cair no marketing.

Zanac_Compile

Mas é tradicional, a Apple desde sempre, nunca se atirou em tecnologias como essa, sem o mínimo embasamento, só pra dizer que tem. O 5G está igual o WiMAX, uma promessa incrível que vai revolucionar o mundo, mas vamos esperar pra ver. A Apple está seguindo muito o DNA que a empresa sempre teve.

Acredito que teremos oferta de 5G de fato, em tudo que é grande cidade do Brasil, lá por 2021/2022.

Levando em conta a baixa obsolescência do iPhone, é bem factível que em 2023 este iPhone 11 esteja ainda dando conta, então por este ponto de vista, em um futuro vai fazer falta.

Mas aprofundando o assunto.... como é uma tecnologia ainda engatinhando, sem definição de fabricantes, com tudo ainda em homologação, é bem provável que um 5G de um celular de hoje, não funcione com o 5G que terá no Brasil lá em 2022.

José Vieira

Baita aparelho. Como sempre foram todos os Iphone em seus respectivos lançamentos. O problema é. Hoje não é o melhor design, nunca foi a câmera espetacular que anunciam a marca e seus fãs, o sistema não é mais "aquele"... Será que a marca "apple" vale ainda tanto dinheiro assim dos seus consumidores? Pelo visto, ainda vale... mas, até quando?

Zanac_Compile

kkkkk.... é só zoeira.... pequei todos os clichês do povo.

Tá parecendo muito verdadeiro ? :P

LemmiNoW

verdade

Felipe Medeiros

Tenho um 8 Só troco ano que vem

José Vieira

A certeza ds marca Apple, rs...

Lucas

Estranhamente, o aspecto do celular, em especial as câmeras, superaram o meu preconceito em relação aos protótipos e vazamentos, pois eu sentia que estava faltando algo, mas agora que as imagens e vídeos oficiais foram liberados eu simplesmente não sei do que estava sentindo falta.

José Vieira

No Brasil, a linha chegará custando a partir de 7 mil naros... rs...

Maicon Bruisma

Não sei quanto às câmeras, mas se analisar o pacote todo, sem dúvidas.

P. Herrera

Pode ter certeza! 🤣🤣🤣https://uploads.disquscdn.c...

Maicon Bruisma

São aparelhos excelentes, isso é fato, mas 64 gb por mil doletas é sacanagem.
E também percebe-se que a Apple está apostando mais do sucessor do XR, que foi o que mais apareceu na apresentação e começa a 700 doletas, onde as pessoas irão preferir o de 750 por mais espaço e terão um aparelho que, exceto a tela, é melhor que o XS do ano passado fácil fácil, por isso ela descontinuou o mesmo. Ideia excelente, principalmente pq diminuiu ainda mais as diferenças com os modelos mais caros, vide que ganhou também uma nova câmera e subiu a RAM para 4 gb igual o XS ou o 11 Pro.

TIGOS

Sai do iPhone 6S para um Samsung S9+ ano passado.

O que está sendo apresentado como novidade agora, já tenho no meu S9+ como:
- Dolby Atmos
- HDR10 (O S10 tem HDR10+)
- Sem contar a resolução da tela ser maior também.

S10+ ainda é melhor na minha visão.

Cameron Poe

vão sair em 2023, kkkk

Cameron Poe

acho sacanagem US$ 999 por 64gb, no mínimo já 128gb

Jedielson Almeida

Tô na margem de erro do Datafolha :p

Ytallo F'

Acabei de ver no site que será dia 19. https://uploads.disquscdn.c...

Mateus B. Cassiano

Como eu disse, iPhone tem câmeras boas mas não é mais líder nesse segmento faz anos...

Vinicius Duarte

Baitas inovações de 2015 e 2016. Agora cadê as novidades de 2019?

Paulo Manso

Preços no Brasil pela taxa de câmbio Apple:

iPhone 11 - US$ 699 > R$ 6.999
iPhone 11 Pro - US$ 999 > R$ 9.999
iPhone 11 Pro Max - US$ 1.099 > R$ 10.999

Fabio Santos

Pensei que iriam melhor as aberturas da câmera algo bem significativo.
Já que digamos o foco foi câmera né.

Ok tudo bem, vc entendeu o que eu quis dizer, ele talvez nao fique em primeiro mas quando sai esta la no topo com outros.

Marvin Humorado

prefiro o Note 10+

Matheus Sabadin Bueno

Senti uma leve tripofobia de ver isso...

Ticano

Até agora só eu gostei dessas câmeras com olho de aranha, curti mesmo o visual. O fato de filmar usando todas as câmeras é no mínimo sensacional.

GigoCAP

Na verdade não, o iPhone XS não conseguiu superar o 20 pro, por exemplo. Pode se equiparar ao 30 pro, mas duvido que seja superior à de um Note 10+, Mate 30pro ou de um S105G.

GigoCAP

kkk pois é, vou esperar lançar a atualização do Note 9 pra ver se recebe algumas features do 10.

X-Tudãoᴳᴼᵀ

Ela nunca informa.

Jefferson Rodrigues

Por que a empresa não informou

GigoCAP

Bom, pra uma marca que se considera tão avant garde, pode fazer falta. Uma pessoa um pouco ligada em tecnologia e que já tenha acesso, acaba levando em conta na hora de escolher o próximo smartphone. Principalmente porque o próximo smartphone da Apple, vai ser lançado só ano que vem. E um ano sem essa tecnologia pode fazer com que a marca perca uma camaçada de clientes e potenciais clientes.

Jefferson Rodrigues

Tenho um K10 Power, que já uso há um ano e 3 meses e não pretendo trocá-lo tão cedo. Enquanto isso, o valor do meu próximo smartphone (Galaxy M30) vai perdendo valor de mercado.

Jefferson Rodrigues

5G ainda não faz falta pra um usuário. Usar 5G, por enquanto, é só pra dizer que é moderno.

veja meu comentario abaixo.

Nossa calma, quem disse que ela precisa inovar ? É uma evolução natural e só. Compra quem gosta e pronto.

Jedielson Almeida

Nenhuma menção, mas provavelmente dia 20 junto com os iPhones novos.

Nada a ver. Ainda é um puta aparelho de referencia. Sobre design concordo com vc , apesar de ser subjetivo.

Ja se passou um bom tempo desde o ultimo iphone, mas qunado ele foi lançado ficou no topo. Nao vai ser diferente agora, ate ele novamente, ser ultrapassado e assim por diante. Quero dizer que quando um iphone é lançado ele volta ao topo toda vez.
Achei que isso era bem obvio ver isso...

Mateus B. Cassiano

iPhone tem câmeras boas, mas não é mais líder nesse segmento faz anos...

Alexsandro Peres

Nada tão impressionante.

Hector Bonilla

Acho que vou ficar mais um ano com meu Iphone 4S mesmo, ainda não compensa trocar...

sempre chutou bundas em fotografia, duvido que seja diferente.

Fábio Moser

Eles se inspiraram num barbeador elétrico pra essas câmeras?

Exibir mais comentários