Início » Celular » Apple reduz preços do iPhone XR, 8 e 8 Plus no Brasil com anúncio do iPhone 11

Apple reduz preços do iPhone XR, 8 e 8 Plus no Brasil com anúncio do iPhone 11

iPhone XR pode ser adquirido por R$ 4.299, menos que os R$ 5.199 antes do anúncio dos novos modelos

Paulo Higa Por

A Apple aproveitou esta terça-feira (10) para reajustar os preços dos iPhones antigos no Brasil enquanto os novos modelos não chegam ao país. O iPhone XR foi um dos que sofreu a maior redução, passando de R$ 5.199 para R$ 4.299 na versão de entrada, com 64 GB de armazenamento. O iPhone 8 e o iPhone 8 Plus também ficaram mais acessíveis.

iPhone XR

Na versão brasileira da loja online da Apple, já é possível encontrar os novos iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max, ainda sem preço ou data de lançamento, além de três modelos antigos: iPhone XR, iPhone 8 e iPhone 8 Plus.

Achou a lista pequena? Isso mesmo: a empresa tirou de linha o iPhone XS, o iPhone XS Max, o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus, sinalizando que eles deverão sumir das prateleiras das lojas brasileiras quando os estoques acabarem.

O modelo de 256 GB do iPhone XR foi descontinuado, mas ainda é possível adquirir as versões mais básicas com preços menos salgados. O iPhone XR de 64 GB passa a ter preço oficial de R$ 4.299 (contra R$ 5.199 antes do reajuste), enquanto o de 128 GB sai por R$ 4.599 (ante os R$ 5.499). A redução média foi de 17% no país, apesar da recente disparada no dólar.

Apple iPhone XR

Também é possível comprar os iPhones de 2017, ainda com botão Home e leitor de impressões digitais Touch ID. O iPhone 8 de 64 GB passa a ser o celular mais em conta da Apple no mercado brasileiro, com preço oficial de R$ 3.399, menos que os R$ 3.999 cobrados antes do evento desta terça-feira (10), enquanto o iPhone 8 Plus de 64 GB sai por R$ 3.999.

A Apple ainda lançou versões de 128 GB de seus modelos de dois anos atrás: o iPhone 8 com essa capacidade sai por R$ 3.699, enquanto o iPhone 8 Plus custa R$ 4.299.

Enquanto isso, seguimos esperando os novos iPhones desembarcarem no mercado brasileiro. O iPhone 11 Pro Max, o mais caro de todos, custará até US$ 1.449 nos Estados Unidos. Será que teremos mais um recorde de preços por aqui?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Paulo Neto

Se você está tentando economizar ao máximo num negócio de alguns milhares de reais pesa um pouco hehehe foi mais ou menos nesse sentido, de fato a taxa é razoável para os serviços!

André G

Sim, estou.
Obviamente a tecnologia evoluiu e uma IPS atual é melhor que uma IPS de 2013, mas as especificações da tela do XR são iguais a do Moto G 1st.

Hemerson Silva

tá de tiração q vc tá comparando a tela do XR com a merda da tela do Moto G 1st hahaha

Hemerson Silva

11-16%, não é tão absurdo, principalmente se vc for parcelar.

André G

Nossa, até parece que depois de 2 anos o celular se tornará inútil.
A Samsung não atualiza mais a versão do Android depois de 2 anos, mas eles ainda mantém suporte com atualizações de segurança por um tempo. Algo parecido com o que a Microsoft faz, ela dá suporte com updates de segurança pro Windows 7 mesmo sendo uma versão ultrapassada.
E no Android também tem a Google Play Services, o Galaxy S2 Lite que é um aparelho intermediário lançado em 2011 até hoje tem a Google Play Services atualizada. A Google Play Services é como se fosse uma parte do Android que continua sendo atualizada, recebendo alguns updates de segurança e também fazendo com que novos recursos de apps sejam compatíveis.
É claro que não é algo tão completo como as atualizações do iPhone, mas o smartphone que mais usei foi um Sony Xperia Z2 que durou 3 anos e eu troquei porque a bateria perdeu autonomia e o touch começou a dar problema, não foi por causa da versão do Android.

Almirante Golfinho

Pior q a resolução é o brilho, eu coloquei no máximo e parecia metade do meu A50

𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

- Quanto vamos cobrar no Brasil?
- R$ 11.499.
- Esse preço tá muito "complexo".
- Verdade, vamos arredondar um pouquinho pra cima pra colocar uns 0s.
- Que tal R$ 20.000?
- Ótimo!

Maicon Bruisma

Não digo 20k, mas 11 sim

𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

Meu Zeus do Olimpo, MIL QUATROCENTOS E QUARENTA E NOVE DÓLARES por um celular oO!!!!!!!!!!!

Não duvido que custe quase R$ 20 mil no Brasil.

Rafael Moreira

Exato no meu caso não vale. Sou desenvolvedor, único produto da Apple que me interessa é o MacBook. Celular prefiro continuar usando Pixel.

Daniel Ribeiro

iPhone 6S, lançado em 2015, é suportado pela Apple até hoje e vai receber o iOS 13 junto com todos os outros iPhones mais recentes.

No mesmo ano de 2015 o Galaxy Note 5 era o celular lançado pela Samsung... Mas a Samsung deixou de suportar esse aparelho apenas 2 anos depois, e ele parou no Android 7.0.

Quando você compra um celular da Samsung, a única garantia que você tem é a de que ele vai durar pouco.

Daniel Ribeiro

Exatamente. Pra você provavelmente não vale. Mas para uma blogueira de moda ou fitness que usa muito a câmera para fazer Stories no Instagram, para um reporter de campo que precisa gravar e enviar as imagens rapidamente, para um executivo que precisa que o telefone esteja sempre pronto para usar, para alguém que simplesmente não quer se preocupar com o telefone, quer apenas usar ele, vale.

Tem que se lembrar que no Brasil, 80% das pessoas que usam internet usam exclusivamente no celular. Um PC não substitui um celular... Mas o celular substitui o PC para a maioria das pessoas.

Então, PRA VOCÊ, talvez não valha... Mas não dá pra medir o mundo com a própria régua.

Rafael Moreira

Só aguardar que irá diminuir. Tem gente que arrisca e trás para o Brasil via redirecionador. Declara acessórios para celular e passa. Questão de sorte.

Paulo Neto

Pois é, o mercado livre cobra uma taxa absurda, tem que procurar importadores independentes mesmo..

André G

O Note 9 custa pouco mais da metade desse preço e oferece uma tela melhor que a do XS, duas câmeras, 128gb e foi lançado na mesma época do XR.

Exibir mais comentários