Tecnoblog
Início » Negócios » Amazon Prime avisa se houver produto mais barato com frete pago

Amazon Prime avisa se houver produto mais barato com frete pago

Amazon Prime dá frete grátis em pedidos da loja, acesso ao Prime Video, dois milhões de músicas no Prime Music e Twitch Prime

O Amazon Prime, lançado recentemente no Brasil, oferece diversos benefícios por uma assinatura de R$ 9,90 mensais: um deles é frete grátis para todo o país, incluindo Norte e Nordeste. No entanto, pode acontecer de um produto do marketplace com frete ser mais barato; neste caso, a Amazon avisa o cliente que há "um preço menor através de outros vendedores".

Um exemplo disso é o Xiaomi Redmi Note 7. Ele sai por R$ 1.039,29 dentro do Prime, ou seja, com entrega grátis para quem é assinante. No entanto, a página do produto inclui o seguinte aviso:

Observação: Este item está disponível antes ou por um preço menor através de outros vendedores que não oferecem Prime.

Ao clicar no link, você é levado para uma página com alternativas mais baratas que no Amazon Prime, considerando o preço já somado ao frete. Neste caso, há um vendedor oferecendo o smartphone por R$ 953 mais R$ 19,84 de entrega (total de R$ 972,84).

No desktop, alguns dos preços nessa lista aparecem também na página do produto, na caixa "Ofertas de vendedores na Amazon":

A ideia é que o Amazon Prime não seja uma forma de cobrar mais caro pelo produto para "embutir" o frete. Se houver uma opção com frete pago que seja mais barata, o cliente será avisado.

Em comunicado ao InfoMoney, a Amazon diz: "os vendedores podem definir seus próprios preços para os itens que eles oferecem na Amazon.com.br e preços de itens podem variar de acordo com o vendedor. O fato de um produto ser elegível para o Amazon Prime não afeta seu preço".

Amazon compara preço do Prime com produtos novos

A Amazon leva em consideração a soma entre preço e o frete para sugerir um produto de seu marketplace. Por exemplo, ela vende o jogo God of War 4 para PlayStation 4 por R$ 107,29 com entrega grátis pelo Prime. Outra loja vende o mesmo produto por R$ 89,99 mais R$ 20,32 de frete, resultando em um total de R$ 110,31. Como isso é mais caro, a Amazon não sugere essa alternativa aos assinantes do Prime.

Vale notar que a Amazon faz essa comparação apenas com produtos novos, sem levar em consideração os itens usados do marketplace. Afinal, eles provavelmente custarão menos, mas não terão o mesmo estado de conservação.

Por exemplo, há um vendedor que oferece God of War 4 por R$ 95 mais R$ 5,12 de frete, totalizando R$ 100,12 — um valor mais barato. No entanto, este é um item "de colecionador" classificado "como novo". (A empresa pede que a condição de jogos usados seja classificada como "bom", "muito bom" ou "como novo" seguindo os critérios deste link.)

A diferença entre preços de produtos dentro e fora do Prime ficou evidente com um exemplo que circulou nos últimos dias nas redes sociais: um kit de caligrafia pode sair por R$ 19,90 mais R$ 8,59 de frete (total de R$ 28,49), ou por R$ 49,90 e frete grátis dentro do Prime.

Neste último caso, o site avisa que que há "um preço menor através de outros vendedores que não oferecem Prime". Esta mensagem fica logo abaixo do preço, tanto no PC como no celular; e aparece somente quando você está logado com sua conta do Amazon Prime.