Início » Celular » Google Assistente ganha linha telefônica para usuários sem internet na Índia

Google Assistente ganha linha telefônica para usuários sem internet na Índia

Os usuários que não têm acesso à internet poderão fazer ligações gratuitas para a linha do Google Assistente

Victor Hugo Silva Por

O Google Assistente se tornou mais acessível na Índia e pode ser usado até mesmo por quem não tem acesso a um smartphone ou à internet. Isso porque o serviço também está disponível por meio de ligações telefônicas gratuitas.

A linha criada pelo Google funciona 24h por dia e esta disponível aos usuários das operadoras Vodafone e Idea na Índia. Com o serviço, disponível em inglês e hindi, eles terão acesso às mesmas informações exibidas para quem usa o Google Assistente de forma convencional.

É possível ligar para fazer perguntas sobre assuntos como o placar do jogo, a situação do trânsito e a previsão do tempo. De acordo com o Google, o objetivo é chegar às centenas de milhões de usuários no país que não possuem smartphone.

Um dos mercados mais importantes do mundo, a Índia conta com uma população de mais de 1,3 bilhão de pessoas. No entanto, apenas 460 milhões contam com acesso à internet, segundo dados do Google. A linha com o Google Assistente levará informações rápidas para uma parcela maior do país.

Vale lembrar que, além de smartphones, notebooks e alto-falantes, o Google Assistente também passou a ser oferecido no sistema usado por celulares básicos da Nokia. Popular na Índia, o KaiOS oferece apps como Maps, YouTube e Google Search.

Os investimentos com foco na Índia não ocorrem à toa. Segundo mais populoso do mundo, atrás apenas da China, onde o Google não atua, o país garante boa parte da base de usuários da companhia. O hindi, idioma oficial, é o segundo mais utilizado no Google Assistente, por exemplo.

Com informações: Google, TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

RODRIGO

Também falta o google station(que distribui sinal Wi-Fi gratuito por 30 minutos em locais movimentados!) e o nest hub(tela inteligente com suporte a google aasistente!)

Raphael Duprat

Ainda tem o aparelho do Google Home Assistant que ainda não está em idioma português do Brasil.

Jairo ☠️

Eles como nos, também serem um país subdesenvolvido tem seus grandes desafios pela frente , apenas gostaria de poder adquirir pelos preços hindus os oppo , Huawei etc etc no Brasil , a diferença de preço é dantesca .

Douglas B

Vc acha esse serviço uma vantagem para a Índia? Cara, por lá ainda predomina a conexão 2G, os dumbphones que a gente usava aqui em 2010 eles ainda usam lá em peso. Tanto que a Nokia lançou novidades por lá e não lançou por aqui, e essas novidades são aparelhos de 2005 repaginados.
Enquanto 85% do Brasil vive em meio urbano, na Índia 60% da população é rural, onde só pega 2G.
Aqui, já podemos dizer que quase todo mundo tem smartphone, nem que seja um Galaxy J2 ou Moto G3, e a maioria desses smartphones tem internet 3G ou 4G, sendo que a maioria já é 4G. Sem contar que a fibra ótica já tá chegando a cidades pequenas devido aos provedores pequenos.
Nossa população é muito menor e é muito mais fácil levar as coisas. Um serviço como esse por telefone não vingaria por aqui, pois estamos muito mais avançados que a Índia nesses quesitos. A Índia é o Brasil de 10 anos atrás em muitos aspectos.
https://www.businesstoday.i...

RODRIGO

E o YouTube TV, chromecast 4 K!!!

Jairo ☠️

Além da linha Nexus

RODRIGO

Se esta novidade vier para cá, as pessoas ficarão a vida eterna na linha telefônica perguntando tudo que é tudo, isso se tiverem uma boa disposição financeira para linha pré-paga do smartphone!!!

RODRIGO

Acho que o grupo google nem importa-se conosco, por exemplo, ainda não lançaram o YouTube TV por aqui, pois aqui tem potenciais consumidores para isso!!!

Jairo ☠️
Seria ótimo se o Brasil merecesse a atenção que a Índia tem não somente da Google mas de inúmeras fabricantes de celulares
Jairo ☠️

Seria ótimo se o Brasil merecesse a atenção que a Índia tem não somente da Google mas de inúmeras fabricantes de celulares