Início » Celular » Huawei tenta explicar como vai lançar Mate 30 sem Google

Huawei tenta explicar como vai lançar Mate 30 sem Google

Huawei Mate 30 e 30 Pro não podem ter aplicativos do Google pré-instalados, o que dificulta lançamento fora da China

Paulo Higa Por

Direto de Munique — A Huawei renovou a linha Mate com câmeras aprimoradas para filmagem, processador mais rápido e uma tela OLED enorme com curvatura acentuada no modelo mais caro, mas há um problema: o Mate 30 e o Mate 30 Pro não podem vir com nenhum aplicativo do Google, devido às sanções americanas. Como a empresa vai lidar com isso? O CEO tentou explicar a situação.

Huawei Mate 30

Apesar de não ser um entrave na China, onde a Huawei continua vendendo bem, a ausência da Play Store é grave no ocidente, onde a dependência da gigante das buscas (e das empresas americanas em geral) é maior. Como a fabricante chinesa está impedida de fazer negócios com o Google, o Facebook, a Uber ou o Twitter, é difícil até mesmo popular sua loja de aplicativos própria, a AppGallery.

Por isso, não é de se espantar que o cronograma de lançamentos do Mate 30 ao redor do mundo… não exista ainda. Como destaca o GSMArena, o CEO Richard Yu confirmou que o Mate 30 será vendido inicialmente no continente asiático, já que a aceitação de um Android sem Google é maior nessa região. Já na Europa, outro mercado importante para a marca, os smartphones não têm nem previsão de lançamento, embora os preços tenham sido revelados no palco em euros.

Huawei Mate 30 Pro

A subsidiária latino-americana da Huawei também mudou sua estratégia de mídia. Até então, quando um novo smartphone premium era lançado, como no caso do P30 Pro, unidades de teste eram fornecidas aos veículos especializados logo após o evento de lançamento global, o que também agilizava a produção dos reviews. Desta vez, o produto será emprestado apenas nos países dos respectivos jornalistas em um momento indefinido no futuro.

Yu também declarou que “existem muitos aplicativos de terceiros e lugares onde você pode fazer download de qualquer aplicativo”, uma referência às lojas alternativas à Play Store, como a Aptoide — que afirma ter mais de 200 milhões de usuários ativos e pagar mais aos desenvolvedores, cobrando no máximo 19% de comissão para compras dentro de aplicativos, contra 30% ou 50% de outras lojas.

Huawei estuda desbloquear bootloader do Mate 30 e 30 Pro

Huawei Mate 30 Pro

Mas o problema é mais profundo: certos aplicativos são dependentes não apenas das APIs de código aberto do Android, mas também de componentes proprietários do Google, que precisam ser licenciados. O exemplo mais óbvio são os jogos: alguns exigem que você instale o Google Play Games para serem executados. O mesmo vale para serviços de streaming de mídia ou que usem mapas do Google. E aí, como fica?

Nesse caso, é preciso instalar o Google Play Services. Como lembra o Android Authority, a única forma de fazer isso em um Mate 30 ou Mate 30 Pro, que não trazem nenhum componente do Google de fábrica, é com um bootloader desbloqueado. Não basta simplesmente fazer o download de um APK em um site aleatório e instalá-lo como se fosse um aplicativo comum.

A Huawei tem desencorajado os usuários a desbloquearem o bootloader de seus smartphones desde o ano passado, com a justificativa de que a prática de instalar uma ROM alternativa pode causar “falhas no sistema, travamentos, desempenho inferior de bateria e risco de comprometimento de dados”. Bom, parece que isso vai mudar.

“Nós limitamos [o desbloqueio de bootloader] porque queríamos garantir mais segurança aos consumidores. Mas desta vez daremos mais liberdade aos usuários para que eles possam fazer personalizações por conta própria. Então, estamos planejando permitir que os consumidores façam isso”, diz Yu ao Android Authority — sem explicar exatamente como funcionaria o processo de desbloqueio.

A conclusão é que nem mesmo a Huawei bateu o martelo final em sua estratégia de lançamento do Mate 30 na Europa ou nas Américas. Por enquanto, a empresa se esforça com o que tem: um celular que promete tirar fotos impressionantes, gravar em câmera ultra-lenta e atingir velocidades no 5G que nenhum outro aparelho consegue. Mas com um software que precisa de gambiarras para funcionar direito no ocidente.

E, como disse no hands-on, uma empresa desse tamanho não consegue sobreviver no ocidente vendendo para meia dúzia de entusiastas de tecnologia com milhares de reais no bolso para comprar um smartphone — para o usuário comum, é melhor simplesmente ir à loja e adquirir um aparelho que funcione.

Paulo Higa viajou para Munique a convite da Huawei.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcus Araújo

Brasil
O ano é 2060

Ao ouvir uma crítica ao Bolsonaro, alguém grita "mas e o Luuuuuula, e o petêêêê"

The ßaluart

Esta bem claro no lançamento as limitação do aparelho. Br que investir em um aparelho desse vai ser muito fan, pois sabemos que no nosso cotidiano não vai rolar. Apesar que a vários apps rivais com o funcionamento parecido com o da google, que não depende da Play store, e outros que podemos utilizar no navegador via web. Porém todos sabem dos problemas. Triste

Fabio Santos

Lula já chamou mulher de grelo duro, zoou com gays em vídeo, Ciro já humilhou velha por questionar o problema é quando o governante vai contra o sistema e a mídia daí vocês perdem a mamata e ficam tentando se vitimar.
Dói a verdade mais infelizmente é está senhor Marcus

Marcus Araújo

WP foi uma bela de uma porcaria. Digo isso como ex-usuário, que foi meu celuar principal por anos, não como achismo de quem brincou com o sistema por meia hora. Nem o despertador funcionava direito.

Marcus Araújo

Isso pq o Bolsonaro já disse pra cagar dia sim, dia não...

John Faber

uma pena que os comentários do tecnoblog ultimamente tão tendendo pra isso https://uploads.disquscdn.c...

Alex Edelweiss

Cara, pior que esses chineses são fogo. Recentemente trocamos um firewall da empresa que era um Cisco ASA por um da Huawei. Acontece que o equipamento precisa ter uma conta de usuário inserida no grupo de Admins. do domínio, segundo a documentação da Huawei. Para que uma conta de serviço precisa desses privilégios todos? E no AD estão os usuários de sistemas, usuários de banco de dados, de VPN... Enfim, esse requerimento da Huawei vai contra todas as boas práticas de segurança recomendadas pela Microsoft. Esses dias também fomos configurar o SSO desse mesmo firewall da Huawei e pasmem, a documentação dela manda instalar uma aplicação nos Domain Controllers. Isso daí já beirava o absurdo da violação de boas práticas de segurança, então supervisor de separado segurança da informação resolveu criar um servidor separado apenas para o serviço de SSO da Huawei.

Rod

O bootloader é bloqueado.

Rod

Tem que instalar como app do sistema, e o bootloader é bloqueado.

Geraldo Lopes
Ian Santos

São só especulações, nada foi provado, diferentemente do coleta absurda de dados do Google que todo mundo só conhece pela ponta do iceberg. Eu não confiaria plenamente também porque são uma empresa chinesa, mas vejo o que aconteceu como uma coisa boa porque isso vai incentivar outras fabricantes a fazer o mesmo.

Cameron Poe

tenso que foi a própria ms que matou o wp, infelizmente

Luizx

Ue mas a Huawei está em escândalo de privacidade então com Google ou sem da no mesmo

Guilherme Henrique

Acredito que muitos vendedores vão colocar o gapps, um exemplo disso é o mi pad 4, ele não tem versão global, mas você consegue comprar ele com os apps do Google instalado, aí fica mais fácil para quem não sabe como fazer a instalação.

Christopher Corrêa

Gosto muito do WP, mas daria ruim do mesmo jeito, pois a MS também é americana. Mas concordo contigo que deveria ter mais players.

Exibir mais comentários